Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5491
Tipo: Dissertação
Título: Fósforo extraído com resinas trocadoras de íons e Mehlich-1 de Latossolos, submetidos a fontes e doses de fósforo e tempos de contato
Título(s) alternativo(s): Phosphorus extracted from Oxisols after application of P sources and levels and contact times with ion exchange resins and Mehlich-1
Autor(es): Freitas, Irio Fernando de
Primeiro Orientador: Novais, Roberto Ferreira de
Primeiro coorientador: Neves, Júlio César Lima
Segundo coorientador: Barros, Nairam Félix de
Primeiro avaliador: Martinez, Hermínia Emília Prieto
Segundo avaliador: Cantarutti, Reinaldo Bertola
Abstract: Apesar do grande número de publicações voltadas para a avaliação da disponibilidade de P por diferentes métodos de extração, persistem ainda muitas indagações sobre o assunto. O objetivo deste trabalho foi comparar os extratores Mehlich-1, Resina Aniônica e Resina Mista, quanto à avaliação da disponibilidade de P em diferentes solos, utilizando fertilizante solúvel e fosfatos naturais reativo e não reativo, em diferentes doses de P e tempos de contato. O experimento foi conduzido em condições de laboratório em temperatura ambiente (25 a 35 oC), nas dependências do Departamento de Solos da Universidade Federal de Viçosa, em blocos casualizados, no fatorial [(3 × 3 × 2) +3]x 4, com quatro repetições, sendo três Latossolos com diferentes constituições texturais: um LV, muito argiloso; um LVA, franco-argilo-arenoso e um LA, franco-arenoso; três fontes de P: superfosfato triplo, fosfato reativo de Gafsa; e fosfato natural de Araxá, em duas doses de P: 75 e 150 mg dm-3 , mais a dose 0 para cada solo; e em quatro tempos de contato fosfatosolo: 15, 30, 60 e 120 dias. As amostras dos solos foram coletadas na profundidade de 0 a 20 cm, passadas em peneira de 2 mm, homogeneizadas e submetidas à caracterização física e química. A acidez dos solos foi corrigida de acordo com o método da saturação por bases, elevando-a para 60 % com a aplicação de CaCO3 e MgCO3, na relação molar de 4:1, sendo que para o LA não houve necessidade de correção. Essas amostras foram mantidas por 30 dias com a umidade na capacidade de campo. Após esse período, os solos foram secos e destorroados e fracionados em porções de 1 dm3 para aplicação dos tratamentos. Foram coletadas amostras nos tempos de contato estabelecidos e determinadas as concentrações do P-disponível pelos três extratores. Verificou-se, de modo geral, redução no teor do P-disponível pelos extratores Mehlich-1, Resina Mista (RM) e Resina Aniônica (RA), com o aumento do tempo de contato das fontes de P com os solos. Considerando-se as três fontes de P, essas reduções dos teores foram mais pronunciadas quando se utilizou o superfosfato triplo, com o fosfato reativo em posição intermediária e o fosfato de Araxá o menos sensível ao efeito do tempo. Observou-se que a RA extraiu menores teores de P, nos três solos, quando as fontes foram os fosfatos naturais, ao passo que a RM aproxima-se dos valores obtidos pelo extrator Mehlich-1, no LV(argiloso) e LVA (textura média), para o fosfato reativo. Para o fosfato de Araxá, observaram-se valores de P bem mais elevados para o extrator Mehlich-1 do que para as Resinas, devido ao caráter ácido desse extrator. Para o superfosfato triplo, ambas as Resinas extraíram teores mais elevados de P do que o Mehlich-1, em decorrência do desgaste deste extrator, de modo particular no LV e LVA.
Although numerous publications have tried to determine soil available P by different extraction methods, a number of questions remain unsolved. The objective of this study was to compare the Mehlich-1, Anion Resin, and Mixed Resin methods, to assess P availability in different soils, after application of soluble fertilizer and reactive and non-reactive phosphates, at different P rates and contact times. The laboratory experiment was conducted at room temperature (25 - 350C), at the Department of Soil Science of the Federal University of Viçosa, in randomized blocks in a [(3 × 3 × 2) +3]x 4 factorial design with four replications. Three Oxisols with different soil texture were tested: a very clayey LV,; a sandy clay loam LVA, and a sandy loam LA; with three P sources: triple superphosphate, Gafsa reactive phosphate rock, and natural phosphate from Araxá at two P rates (75 and 150 mg dm- 3), plus no treatment (0 dose) for each soil, after four phosphate - soil contact periods (15, 30, 60, and 120 days). Soil samples were collected from the 0 - 20 cm layer, sieved (2 mm), homogenized, and the physical and chemical properties analyzed. Soil acidity was corrected by raising base saturation to 60% with the application of CaCO3 and MgCO3 at a 4:1 molar ratio (LA required no correction). These samples were maintained at field moisture-capacity for 30 days. Thereafter, the soils were dried, crumbled and separated in 1-dm3 portions for the treatments. After the contact periods, the available-P concentrations in the samples were determined by the three extractors. Generally, the available P-content assessed by Mehlich-1, Mixed resin (MR), and anion resin (AR) decreased with increasing soil-P source contact time. For the three P sources, this reduction was most pronounced when using triple superphosphate, intermediate for reactive phosphate and phosphate Araxá was least sensitive to time effects. It was observed that AR extracted lower P levels from all three soils when the sources were phosphates, while MR extracted values close to Mehlich-1 in LV (clay) and LVA (medium texture) for reactive phosphate. For Araxá phosphate, much higher P values were determined by Mehlich-1 than by the resins, because of the acidity of the extractor. For triple superphosphate, both resins extracted higher P levels than Mehlich-1, due to the consumption of the extractor, especially from LV and LVA.
Palavras-chave: Extratores de P-Disponível
Fósforo
Resina
Available P-extractors
Phosphorus
Resin
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas
Citação: FREITAS, Irio Fernando de. Phosphorus extracted from Oxisols after application of P sources and levels and contact times with ion exchange resins and Mehlich-1. 2012. 43 f. Dissertação (Mestrado em Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5491
Data do documento: 18-Mai-2012
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,09 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.