Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5540
Tipo: Dissertação
Título: Qualidade do solo em sistemas de integração lavoura, pecuária e floresta em Sinop, MT
Título(s) alternativo(s): Soil quality in crop, livestock, forest integration systems in Sinop, MT
Autor(es): Moreira, Guilherme Musse
Primeiro Orientador: Fernandes, Raphael Bragança Alves
Primeiro coorientador: Rocha, Genelício Crusoé
Primeiro avaliador: Oliveira Neto, Silvio Nolasco de
Segundo avaliador: Mattiello, Edson Marcio
Abstract: Os sistemas de integração lavoura, pecuária e floresta (ILPF), ou sistemas agrossilvipastoris, têm sido largamente estudados, difundidos e utilizados no Brasil como uma nova proposta de uso do solo na agricultura brasileira. Estes sistemas apresentam como vantagens a melhoria no aproveitamento do solo, maior produção e rentabilidade por área, maior diversidade de componentes, melhor aproveitamento de nutrientes entre outras. Neste sentido, o estudo do componente solo dentro destes sistemas é de grande relevância para o sucesso desta atividade. O objetivo deste trabalho foi avaliar as características químicas e físicas de solo num sistema de integração lavoura, pecuária e floresta e em outras propostas de uso do solo, assim como realizar uma análise detalhada do componente arbóreo dentro do sistema ILPF e propor um método de amostragem de solo específico para este sistema. O trabalho foi realizado em um sistema de integração lavoura, pecuária e floresta e em outras propostas de uso e manejo do solo com cultivos solteiros implantados na área experimental da Embrapa Agrossilvipastoril, localizada no município de Sinop, norte do estado de Mato Grosso numa região de Cerradão. Os tratamentos consistiram de cinco sistemas de uso do solo: floresta plantada, sistema de integração lavoura, pecuária, floresta, pastagem dispostos em blocos casualizados e mata nativa como testemunha. Os atributos físicos de solo foram avaliados em duas camadas, 0-10 e 10-20 cm de profundidade, os atributos químicos foram avaliados em quatro camadas 0-5, 5-10, 10-20 e 20-30 cm de profundidade. Foi realizada uma amostragem detalhada do sistema ILPF da qual foram coletadas amostras de solo em diferentes posições em relação ao renque de eucalipto, 0, 3, 6, 10 e 15 metros de um lado e de outro do renque sendo que cada distância foi definida como tratamento independente para avaliação das características químicas de solo nas quatro supracitadas. Com um ano de implantação não houve variação nos atributos físicos relacionados a granulometria e pouca variação nos relacionados a estrutura com efeito sobre a qualidade do solo mais marcante no tratamento lavoura. A resistência do solo à penetração foi o fator que se mostrou mais preocupante no tocante ao manejo da qualidade do solo nos sistemas avaliados. O solo nos sistemas floresta plantada e ILPF apresentaram qualidade mais próxima da mata na camada mais superficial. Na avaliação dos atributos químicos, as variações os nos sistemas de cultivo refletiram as adubações. A lavoura e a integração apresentaram os maiores teores de P e K. Não houve grande variabilidade nos teores Ca e Mg entre os sistemas cultivado. A mata apresentou os piores valores do ponto de vista da fertilidade do solo entre todos os sistemas com exceção da matéria orgânica e capacidade de troca catiônica. Houve redução dos teores de nutrientes e estoque de carbono orgânico em profundidade. Os estoques de carbono foram superiores na mata em todas as camadas avaliadas. Na análise do sistema ILPF foi possível observar que não houve influência diferenciada do renque de eucalipto sobre os teores de nutrientes na face sul e norte, contudo, quando se avaliou apenas as posições do lado norte o K foi maior próximo do renque nas camadas superiores e o Al e m teve o mesmo comportamento nas camadas inferiores.
Integrated crop-livestock-forestry systems (ILPF) have been widely studied, disseminated and used in Brazil as a new proposal for land use in Brazilian agriculture. These systems have the advantages of improve land use, increase production and profitability per area, provide greater diversity of components, and provide better utilization of nutrients. In this context, the soil component within these systems is crucial for the success of this activity. The objectives of this study were to evaluate the soil chemical and physical characteristics under integrated crop-livestock-forest systems in comparison with other land use systems, as well to promote a detailed analysis of the tree component within the ILPF system and propose a soil sampling method specific for this system. The study was carried out in an integrated crop-livestock-forestry system and other land use and management systems with single crops in the experimental area of Embrapa Agrosilvopastoril, located in the municipality of Sinop, Northern Mato Grosso state, Brazil. The treatments evaluated were five land use systems: planted forest, crop-livestock- forestry integration, crop, pasture, and native forest as a control in a randomized block design. The physical soil properties were evaluated in two layers, 0-10 and 10- 20 cm depth, and the chemical attributes were evaluated in four layers 0-5 , 5-10 , 10-20 and 20-30 cm depth. In the ILPF system, soil samples were collected at different positions relative to the row of Eucalyptus, 0, 3 , 6, 10 and 15 meters in the both sides of the row, with each distance being considered as an independent treatment. One year after the establishment of the experiment, no variation was found in the physical attributes related to particle size and little variation in those related to structure with effect on soil quality, which was most notable in the crop treatment. The soil resistance to penetration was the most worrying factor regarding to soil quality management in the evaluated systems. The soil in the planted forest and ILPF treatments showed quality nearest to native forest in the most superficial layer. The assessment of chemical attributes showed that the variations in the cropping systems reflected the fertilizations. The treatments crop and ILPF presented the highest levels of P and K. There was great variability in the Ca and Mg contents among the systems. The native forest showed the worst soil fertility among all systems, except for organic matter and cation exchange capacity. There was reduction in the contents of nutrients and organic carbon stock in depth. Carbon stocks were higher in the native forest in all layers evaluated. The analysis of the ILFP system showed that there was no influence of the eucalyptus row on the nutrient contents in the south and the north faces. However, when assessing only the positions of the north face, the K content was higher near the row in the upper layers and the Al and m index had the same behavior in the lower layers.
Palavras-chave: Solos - Manejo
Física do solo
Fertilidade do solo
Agrossilvipastoril
Soil - Management
Soil physics
Soil fertility
Agrosilvopastoral
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas
Citação: MOREIRA, Guilherme Musse. Soil quality in crop, livestock, forest integration systems in Sinop, MT. 2014. 96 f. Dissertação (Mestrado em Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5540
Data do documento: 24-Fev-2014
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,35 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.