Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5545
Tipo: Dissertação
Título: Agricultura urbana na cidade de Rio Branco, Acre: caracterização, espacialização e subsídios ao planejamento urbano
Título(s) alternativo(s): Urban agriculture in the city of Rio Branco, Acre: characterization,espacialization and subsidies to the urban planning
Autor(es): Carmo, Lúcio Flávio Zancanela do
Primeiro Orientador: Schaefer, Carlos Ernesto Gonçalves Reynaud
Primeiro coorientador: Lani, João Luiz
Segundo coorientador: Ferreira Neto, José Ambrosio
Primeiro avaliador: Fernandes Filho, Elpídio Inácio
Segundo avaliador: Francelino, Márcio Rocha
Abstract: A rápida urbanização dos países subdesenvolvidos e o êxodo campocidade aumentaram a necessidade das cidades de prover emprego e condições de vida adequadas à crescente população. A agricultura urbana e periurbana (AUP) mostra-se como uma atividade viável para a melhoria da qualidade de vida das populações urbanas, principalmente das camadas mais pobres. Rio Branco, capital do estado do Acre, é uma cidade típica da Amazônia brasileira, situada na bacia do rio Acre, cuja formação foi atrelada ao crescimento da extração e comercialização da borracha. Rio Branco apresentou crescimento urbano e populacional acelerado nas ultimas décadas, resultando em falta de planejamento urbano e desigualdades na forma de ocupação dos espaços urbanos. O principal objetivo deste estudo foi elaborar um diagnóstico do uso dos solos na cidade de Rio Branco, com vista ao planejamento de ações públicas que incrementem ou restrinjam formas de uso e maximizem a renda familiar nas condições de solo e ambiente da cidade em estudo. Como hipótese, considerou-se que padrões distintos de uso agrícola do solo urbano em Rio Branco mostram estreita relação com o processo de ocupação da região, com variações culturais dos migrantes que ali se instalaram, e com os tipos de solos. Os solos do estado do Acre, bem como de Rio Branco, apresentam gênese influenciada por sedimentos da Cordilheira dos Andes, e a maior parte possui caráter eutrófico e argila de atividade alta. Foram selecionados três bairros de estudo, distribuídos em toposequência, ao longo do sítio urbano. Dentro de cada bairro selecionaram-se cinco pontos de amostragem, também em toposequência. Nos materiais de solos foram realizadas análises físicas, químicas, mineralógicas e de elementos-traços. Realizou-se o mapeamento de uso e cobertura do solo e das classes de solo, com posterior cruzamento destes mapas, para os três bairros estudados. O bairro de Placas, localizado na parte mais alta e com melhor drenagem, apresentou um parcelamento e uso do solo mais adequados que os bairros Jardim Primavera e Cidade Nova. Esse último bairro apresentou as piores condições de parcelamento e uso do solo, com poucas áreas de vegetação arbórea e grandes áreas impermeabilizadas e em solo exposto. De forma geral, todos os solos ao longo da seqüência altimétrica mostram-se eutróficos e ricos em nutrientes, com exceção de um ponto no bairro Jardim Primavera. Todas as classes de solo são influenciadas pelo lençol freático, ora de forma mais marcante, como nos solos gleicos e flúvicos, ora menos, como nos solos com plintita. Em geral, os solos não apresentaram restrições nutricionais, e mostraram-se aptos ao cultivo agrícola. Em muitos dos pontos amostrados constatou-se aportes antropogênicos, com teores anômalos de P, K, Ca, Mg e alguns micronutrientes, como Fe, Zn e Cu, além da presença de entulhos e dejetos. As maiores restrições ao uso agrícola dos solos urbanos estudados foram: a altura e variação do lençol freático e a fragmentação e uso dos lotes urbanos.
The fast urbanization of the underdeveloped countries and the exodus field-city increased the ability of the cities to attend this new demand to provide job and appropriate life conditions to growing population. The urban agriculture and around of urban areas shown as a viable activity for the improvement of the quality of life of the urban populations, mainly of the poorest layers. Rio Branco, the capital of the Acre state, is a typical city of the Brazilian Amazon, located inthe Acre river basin, whose formation was influenced to the growth of the extraction and commercialization of the latex. Rio Branco presented an accelerated urban and population growth in last decades, resulting in inefficient urban planning and inequalities in the form of occupation of the urban spaces. The main objective of this study was to elaborate a diagnosis of the use of the soils in the city of Rio Branco, with the approach of the public actions planning that increase or restrict use forms and maximize the family income in the soil conditions and atmosphere of the city in study. As hypothesis, was considered that different patterns from agricultural use of the urban soil in Rio Branco, shows relationship with the process of occupation of the area, with the cultural migrants variations that there fixed, and with the soils types. The soils of the Acre state, as well as of the Rio Branco, presents influenced genesis by sediments of the Andes Cordillera, and most possesses eutrophic characteristics and clay of high activity. Three study sites were selected, distributed in topographic sequence, along the urban area. Inside of each neighbourhood were selected five sampling points, also in topographic sequence. In the materials of soils were accomplished physical, chemical, mineralogical and heavy-metals analysis. After that was elaborated a land use cover and the soil types mapping, with subsequent geoprocessing operations, for example, crossing different maps, for the three studied neighbourhoods. The Plates neighbourhood is located in the highest part and has better soil drainage. This site presented most appropriate land use than the others neighbourhoods, Jardim Primavera and New City. That last neighbourhood presented the worst land use conditions, with few areas of arboreal vegetation and great impermeable areas and exposed soil. In general, all the soils along the topographic sequence have eutrophic characteristics and rich in nutrients, except in only one point located in the Jardim Primavera neighbourhood. All of the soil types are influenced by the freatic surface, for now in a more outstanding way, as in the gleic and fluvic soils, now minus, as in the plintita soils. In general, the soils did not present nutritional restrictions, and they were shown capable to the agricultural use. In many of the sample points, anthropogenic contributions was verified, with anomalous tenors of P, K, Ca, Mg and some micronutrients, as Fe, Zn and Cu, besides the presence of dumps and dejections. The largest restrictions to the agricultural use of the studied urban soils were: the height and variation of the freatic surface and the fragmentation and use of the urban lots.
Palavras-chave: Solos urbanos
Agricultura urbana
Solos da Amazônia
Urban soils
Urban agriculture
Soils of the Amazônia
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,
Programa: Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas
Citação: CARMO, Lúcio Flávio Zancanela do. Urban agriculture in the city of Rio Branco, Acre: characterization,espacialization and subsidies to the urban planning. 2006. 133 f. Dissertação (Mestrado em Fertilidade do solo e nutrição de plantas; Gênese, Morfologia e Classificação, Mineralogia, Química,) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5545
Data do documento: 8-Jun-2006
Aparece nas coleções:Solos e Nutrição de Plantas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.