Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5570
Tipo: Dissertação
Título: Uso de probiótico em rações de frangos de corte: desempenho, digestibilidade e energia metabolizável
Título(s) alternativo(s): Utilization of probiótico in diets of broilers chickens: performance, nutrients digestibility and metabolizable energy
Autor(es): Silva, Carla Rodrigues da
Primeiro Orientador: Rostagno, Horácio Santiago
Primeiro coorientador: Albino, Luiz Fernando Teixeira
Segundo coorientador: Gomes, Paulo Cezar
Primeiro avaliador: Barreto, Sérgio Luiz de Toledo
Segundo avaliador: Pupa, Júlio Maria Ribeiro
Abstract: Dois ensaios foram conduzidos no setor de avicultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Viçosa, com o objetivo de determinar o desempenho de frangos de corte (Experimento I) e a digestibilidade de nutrientes e os valores energéticos de rações para aves (Experimento II). Nestes experimentos, determinaram-se o desempenho de frangos de corte, a digestibilidade ileal de nutrientes e os valores de energia metabolizável aparente (EMA) e aparente corrigida (EMAn), de rações formuladas com dois níveis de energia, suplementadas ou não com o probiótico Gallipro® (Bacillus subtillis - 8 x 105UFC/g). No experimento I utilizou-se 800 pintos de corte da linhagem Ross, de 01 a 41 dias de idade, distribuídos em quatro tratamentos e oito repetições de 25 aves, e no experimento II utilizou-se 160 pintos de corte distribuídos em quatro tratamentos com oito repetições de 5 aves. Em ambos os experimentos utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial 2 x 2 sendo dois níveis de energia metabolizável e adição ou não de probiótico. Os tratamentos foram: T1(C) = Controle positivo; T2(C+Gal) = T1 + Gallipro® ; T3(CN) = Controle Negativo; T4(CN+Gal) = T3 + Gallipro® . As dietas foram formuladas de acordo com os níveis nutricionais de cada tratamento, segundo as exigências preconizadas por Rostagno et al. (2005), exceto para os tratamentos T3 e T4 que continham 96% da exigência de energia metabolizável (EM). Os tratamentos suplementados com o probiótico receberam inclusão de 500g/ton de Gallipro®. As aves foram desafiadas sanitariamente aos 7, 14, 20, 28 e 35 dias de idade com o fornecimento em bebedouros tipo copo de pressão de uma solução contendo cama reutilizada e água na proporção de 15g/L, respectivamente. As mesmas permaneceram alojadas em boxes com cama de maravalha reutilizada e sem prévia desinfecção das instalações durante todo o período experimental. Os parâmetros de desempenho avaliados foram: ganho de peso (GP), consumo de ração (CR), conversão alimentar (CA) e índice de eficiência produtiva (IEP). Não houve interação significativa entre os níveis energéticos e a adição ou não de probiótico sobre as variáveis estudadas. Verificou-se que, no período de 1 a 41 dias de idade, a suplementação de Gallipro® às dietas (P<0,05), independente do nível energético proporcionou melhor CA (-1,81%), não afetando os demais parâmetros avaliados. O CR e a CA foram afetados pelo nível de energia da dieta, sendo melhores para o nível de 100% da EM em 2,17% e 3,48%, respectivamente. No ensaio de digestibilidade foi utilizado o método de coleta total de excretas e o método de coleta ileal, usando o óxido crômico como indicador fecal. No período de 21 a 31 dias de idade, as aves foram alojadas em baterias, sendo cinco dias de adaptação e cinco dias de coleta total de excretas. Aos 31 dias de idade, todas as aves foram abatidas para obtenção da digesta do íleo terminal. Foram determinados os valores dos coeficientes de digestibilidade ileal da matéria seca (CDMS) e da proteína bruta (CDPB); os valores de retenção de nitrogênio (RN), EMA e EMAn. A adição de Gallipro® nas dietas experimentais melhorou (P<0,05) o CDPB em 3,13%. Os valores energéticos das dietas suplementadas com Gallipro® aumentaram (P<0,05) em média 92 kcal/kg ou 2,7% quando comparados às dietas sem suplementação. A RN pelas aves nos tratamentos com Gallipro® foi melhorada (P<0,05) em 3,1%. O CDMS não foi influenciado pelos fatores estudados. Os valores obtidos de EMAn das rações confirmaram a diferença entre os níveis de 100% da EM e 96% da EM. Conclui-se que a suplementação de Gallipro® na dieta proporciona melhor conversão alimentar das aves e aumento da digestibilidade da proteína da ração, enquanto o maior nível de energia proporciona melhor desempenho das aves apesar de não haver influencia sobre as características de digestibilidade estudadas.
Two trials were conduced at the UFV Animal Science - department of Aviculture, to determine performance, nutrients digestibility and energetic values in poultry feed. Broilers performance, nutrients ileal digestibility and apparent metabolizable energy (AME) and apparent corrected (AMEn) of diets formulated with two levels of energy, supplemented or not with Gallipro® probiotic (Bacillus subtilis 8 X 105 UFC/g). At the performance trial, 800 broilers, Ross, 01 to 41 days of age, were randomly distributed in 4 treatments, 8 replicates, 25 birds per replicate. At digestibility trial, 160 broilers were distributed in 4 treatments, 8 replicates, 5 birds per replicate. At both trials, a casual 2 X2 fatorial design was used. The treatments are: T1 (C) = positive control; T2(C + GAL) = T1 + Gallipro® ; T3( NC) = Negative Control; T4 (NC + GAL) = T3 + Gallipro® . The diets were formulated to anchieve the nutritional levels in each treatment. It was considered the nutritional requirements reported by Rostagno et al. 2005, except for the T3 and T4 that attempt 96% of metabolizable energy (ME) requirement. Suplemented treatments with probiotic received 500g/ ton of Gallipro® . The birds were submitted by sanitary challenge at 7, 14, 20, 28 e 35 days of age offering a solution made with used bedding chicken plus water at a 15g/l proportion, throw pressure cup drinkers. The birds were allocated in boxes filled with used wood bedding at non disinfected facilities during all the experimental period. The evaluated performance parameters were: weigh gain (WG), feed intake (FI), feed conversion (FC) and index of productive efficiency (IPE). The results from 1 to 41 days of age, with probiotic supplementation (P<0,05) showed better feed conversion FC (-1,81%) independent of energetic levels, not affecting other evaluated parameters. FI and FC were affected by energy levels of diets with better results at 100% ME in 2,17% and 3,48%, respectively. There wasn´t significant interaction between the energetic levels and the addiction or not of probiotic over the studied parameters. At digestibility trial was used the total collection method of excreta and the Ileal collection, using Chromic Oxid as fecal marker. From 21 to 31 days of age, the birds were lodged in batteries, allowing adapting for 5 days. During five days, total collection of excreta was performed. At 31 days of age, all birds were slaughtered to collect the digesta from the terminal ileum. The values of ileal digestibility coefficient of dry matter (DMDC) and of crude protein (CPDC); the values of nitrogen retention (NR), apparent metabolizable energy (AME) and apparent corrected by nitrogen balance (AMEn). The inclusion of Gallipro® in the experimental diets improved (P<0,05) CPDC in 3,13%. The energetic values in Gallipro® supplemented diets improved (P<0,05), in average, 92 kcal/kg or 2,7 when they re compared to diets without probiotic inclusion. The Nitrogen retention by the birds fed with Gallipro® supplemented diets improved (P<0, 05) in 3,1%. Dry matter ileal digestibility coefficient was not affected by the studied factors. The obtained values of AMEn diets confirmed the differences between the levels of 100% ME and 96%ME. It can be concluded that the inclusion of Gallipro® in diets provides a better bird feed conversion and improved the protein diet digestibility, meanwhile the higher energy level provides better birds performance although not influenced the studied digestibility caracteristics.
Palavras-chave: Probiótico
Frango de corte
Alimentação animal
Probiotics
Broilers chickens
Animal nutrition
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL::AVALIACAO DE ALIMENTOS PARA ANIMAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: SILVA, Carla Rodrigues da. Utilization of probiótico in diets of broilers chickens: performance, nutrients digestibility and metabolizable energy. 2008. 77 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5570
Data do documento: 18-Fev-2008
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf186,84 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.