Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/560
Tipo: Tese
Título: Avaliação ergonômica de processos e produtos na fabricação de estofados
Título(s) alternativo(s): Ergonomic evaluation of processes and products in upholstered furniture manufacture
Autor(es): Fialho, Patrícia Bhering
Primeiro Orientador: Souza, Amaury Paulo de
Primeiro coorientador: Minette, Luciano José
Segundo coorientador: Silva, José de Castro
Primeiro avaliador: Fiedler, Nilton César
Segundo avaliador: Gomes, Elaine Cavalcante
Abstract: Este trabalho teve como objetivo realizar uma avaliação ergonômica de processos e produtos na fabricação de estofados produzidos em indústrias do Arranjo Produtivo Local (APL) de Ubá, MG. O material utilizado foi proveniente de duas indústrias de sofás estofados associadas ao INTERSIND, com perfis de atendimento a dois diferentes segmentos sociais da população. Quanto ao produto, foram avaliados 29 sofás estofados, sendo 12 produzidos pela indústria A e 17 produzidos pela indústria B . Quanto ao processo, foram avaliados: a estrutura e funcionamento do processo de produção de estofados; o perfil socioeconômico do trabalhador; a região anatômica exposta ao risco de distúrbios osteomusculares e os fatores ambientais, como iluminação, ruído e ambiente térmico. Os principais resultados mostraram que os sofás produzidos pelas duas indústrias, de maneira geral, atenderam às recomendações estabelecidas no trabalho quanto à altura de encosto e profundidade útil de assento. Todos os sofás, porém, mostraram-se inadequados aos dados antropométricos e às recomendações de autores, quanto à altura do assento ao piso e às dimensões do apoio para os braços. Os estofados produzidos pela indústria B , em geral, apresentaram dimensões superiores aos produzidos pela indústria A . Nas duas indústrias, os processos de produção apresentaram os mesmos tipos de máquinas, além do uso intensivo de mão de obra. Os trabalhadores de ambas as indústrias apresentaram baixo índice de escolaridade, com trabalho masculino nos setores de transformação da madeira e de produção e por mulheres no setor de costura. Os trabalhadores das duas indústrias apresentaram respostas semelhantes quanto às queixas de dor ou desconforto. As regiões corporais mais afetadas foram as costas, parte superior e inferior. Em relação aos aspectos ambientais, observou-se que, em ambas as indústrias, as atividades, na maioria dos postos de trabalho, são realizadas sob condições adversas à segurança e a saúde dos trabalhadores e em não conformidade com os limites estabelecidos pela NR15, quanto às avaliações de ruído e ao ambiente térmico. A maioria dos postos apresentou níveis de iluminância abaixo do mínimo estabelecido pela NBR 5413/1992.
This work aimed to perform an ergonomic evaluation of processes and products in the upholstered furniture manufacture produced in the furniture cluster (APL) of Ubá, Brazil. The material was collected from two upholstered sofas industries associated to the INTERSIND, with profiles of serving two different social segments of the population. As for the product, were evaluated 29 upholstered sofas, being produced 12 by industry "A" and 17 being produced by industry and "B". As for the process, were evaluated: the structure and operation of the upholstered furniture manufacturing process, the worker socioeconomic profile, the anatomical region exposed at risk of musculoskeletal disorders and the environmental factors, such as lighting, noise and thermal environment. The main results showed that the sofas produced by the two industries, in general, fulfilled to the recommendations set out in the work on the backrest height and useful seat depth. All sofas, however, proved to be inadequate in relation to the anthropometrical data and recommendations of authors in relation to the seat height to the floor and the dimensions of the armrests. The upholstery produced by the "B" industry, in general, presented higher dimensions to those produced by "A" industry. In both industries, the production processes had the same kind of machines, beyond the intensive use of manpower. The workers from both industries showed a low level of education, with male labor in the fields of timber processing and production and by women in the sewing section. The workers from both industries had similar answers regarding to complaints of pain or discomfort. The body regions most affected were the back, on top and bottom. Regarding environmental aspects, it was observed that, in both industries, the activities, in most workstations, are performed under adverse conditions to safety and health of workers and in noncompliance with the limits set by NR15, regarding assessments of noise and the thermal environment. The Most stations showed illuminance levels below the minimum established by the NBR 5413/1992.
Palavras-chave: Ergonomia
Estofados
Indústria de móveis
Ergonomics
Upholstery
Furniture industry
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Doutorado em Ciência Florestal
Citação: FIALHO, Patrícia Bhering. Ergonomic evaluation of processes and products in upholstered furniture manufacture. 2011. 180 f. Tese (Doutorado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/560
Data do documento: 28-Fev-2011
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf7,75 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.