Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5604
Tipo: Dissertação
Título: Efeito do resfriamento do piso da maternidade sobre o desempenho produtivo e reprodutivo de porcas em lactação no verão
Título(s) alternativo(s): Effect of cooling the cage floor in maternities on the productive and reproductive performance of lactating sows in the summer
Autor(es): Silva, Bruno Alexander Nunes
Primeiro Orientador: Donzele, Rita Flávia Miranda de Oliveira
metadata.dc.contributor.referee1: Donzele, Juarez Lopes
metadata.dc.contributor.referee2: Fernandes, Haroldo Carlos
metadata.dc.contributor.referee3: Ferreira, Aloízio Soares
metadata.dc.contributor.referee4: Silva, Francisco Carlos de Oliveira
Abstract: Foi realizado um experimento com o objetivo de avaliar os efeitos do resfriamento do piso da maternidade sobre o desempenho produtivo e reprodutivo da porca lactante durante o verão. Utilizaram-se 40 porcas mestiças Landrace x Large White de diferentes ordens de parto. Os animais foram distribuídos em delineamento experimental de blocos ao acaso, de acordo com a ordem de parto (1º, 2º, 3º ao 5º e 6º ao 7º) e o peso corporal, em dois tratamentos com 20 repetições, sendo cada animal considerado a unidade experimental. O Tratamento 1 correspondeu ao resfriamento do piso da maternidade que fica sob a porca e o Tratamento 2, ao grupo-testemunha (sem resfriamento). Os valores de temperatura de bulbo seco, bulbo úmido e globo negro foram registrados durante o período experimental e convertidos no índice de temperatura de globo negro e umidade (ITGU), que foi usado para caracterizar o ambiente térmico em que as porcas foram mantidas. A duração da lactação foi de 21 dias, e durante esse período as porcas foram alimentadas ad libitum com uma mesma ração. Observou-se efeito (P<0,01) dos tratamentos sobre o desempenho das porcas, em que aquelas mantidas no piso resfriado apresentaram maior (P<0,01) consumo de ração (6,474 x 5,605 kg/dia). Apesar do maior consumo de ração, as fêmeas mantidas em piso resfriado sofreram maior perda (P<0,01) de peso e de proteína corporal durante a lactação, fato atribuído provavelmente ao aumento da capacidade de produção de leite. Os consumos de 61,5 e 53,2 g de lisina diários pelas porcas alimentadas com a ração experimental atenderam ao valor mínimo de 46 g/dia para que porcas apresentem mínima perda de peso durante a lactação, sem comprometimento do seu desempenho e de sua leitegada. Os tratamentos influenciaram (P<0,01), também, os parâmetros fisiológicos dos animais submetidos ao piso resfriado, exibindo menores valores em todas as variáveis avaliadas (temperatura retal, temperaturas superficiais e freqüência respiratória). As porcas mantidas em piso resfriado apresentaram aumento (P<0,01) da produção de leite e, conseqüentemente, maior ganho de peso dos leitões e da leitegada, bem como menor (P<0,01) número de dias para o retorno do cio fértil após a desmama. Concluiu-se que o resfriamento do piso da maternidade melhora o desempenho produtivo e reprodutivo da porca em lactação, bem como o desempenho de sua leitegada.
An experiment was realized with the objective of evaluating the effects of cooling the cage floor under the lactating sow on its productive and reproductive performance in conditions of high temperature. Forty crossbred sows (Landrace x Large White) with different parturition orders were used. The animals were distributed in a completely randomized experimental block design, in agreement with the parturition order (1º, 2º, 3º to the 5º and 6º to the 7º) and body weight in two treatments with 20 repetitions, being each animal considered the experimental unit. Treatment 1 corresponded to the cooled floor that was under the sow and the Treatment 2, the witness group (without cooling). The data of the temperature of dry bulb, humidity bulb and black globe were registered in the experimental period and converted in to the index of temperature of black globe and humidity (ITGU), which was used to characterize the thermal environment in which the sows were maintained. The duration of the lactation was of 21 days, and during this period the sows were fed ad libitum with a same diet. It was observed effect (P<0.01) of the treatments on the performance of the sows. The sows submitted to Treatment 1 showed larger (P<0.01) feed intake (6.474 x 5.605 kg/day). Although the females maintained on the cooled floor showed a larger feed intake they also showed a larger loss (P<0.01) of body weight and of corporal protein during the lactation, this fact can probably be attributed to the increase on the milk production capacity. The intake of 61.5 and 53.2 g of daily lysine by the sows fed with the experimental diet, attended to the minimum value of 46 g/day necessary for sows to show minimum of weight loss during the lactation without compromising its performance and the litter s performance. It was also observed difference (P<0.01) among the treatments for the physiologic parameters, with the animals submitted to the cooled floor presenting smaller values in all the evaluated variables (rectal temperature, superficial temperatures and respiratory frequency). The sows maintained on the cooled floor had an increase (P<0.01) on there milk production, consequently, this increase influenced the larger weight gain of the piglets and the litter, as also it was observed smallest (P<0.01) number of days to return to estrus after weaning. It was concluded that cooling the floor under the lactating sow, improves its productive and reproductive performance as well as the performance of its litter.
Palavras-chave: Bioclimatologia animal
Suíno
Reprodução
Animal bioclimatology
Temperature
Swine
Reproduction
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PRODUCAO ANIMAL::INSTALACOES PARA PRODUCAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
metadata.dc.publisher.department: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Zootecnia
Citação: SILVA, Bruno Alexander Nunes. Effect of cooling the cage floor in maternities on the productive and reproductive performance of lactating sows in the summer. 2005. 57 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5604
Data do documento: 18-Fev-2005
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf510,51 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.