Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5609
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorValente, ériton Egidio Lisboa
dc.date.accessioned2015-03-26T13:54:49Z-
dc.date.available2009-12-23
dc.date.available2015-03-26T13:54:49Z-
dc.date.issued2009-07-28
dc.identifier.citationVALENTE, ériton Egidio Lisboa. Strategies of supplementation of female suckling calves and pos weaning and nutrition parameters of beef cows on pasture. 2009. 73 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/5609-
dc.description.abstractRealizaram-se dois experimentos. No primeiro, objetivou-se avaliar o desempenho produtivo de bezerras em creep-feeding recebendo diferentes estratégias de suplementação e a produção de leite, o consumo e a digestibilidade do pasto por vacas Nelore ou mestiças (Nelore x Holandês), em pastagens de Brachiaria decumbens Stapf, durante o período de transição seca-águas. Utilizaram-se 44 bezerras de corte, lactentes, com idade entre 90 e 150 dias e peso médio inicial de 117,7 + 4,3 kg, e suas mães (24 Nelore e 20 mestiças) com peso inicial médio de 417,5 + 8,3 kg. Os tratamentos foram: TMM (controle) - mistura mineral, ad libitum; Estratégia 1 - suplemento fornecido a partir de 112 dias pré-desmama, de forma constante, correspondente a 0,375 kg/animal/dia; Estratégia 2 - suplemento fornecido a partir de 112 dias pré-desmama, de forma crescente, correspondente a 0,15, 0,30, 0,45 e 0,60 kg/animal/dia para os quatro sub-períodos (28 dias cada), nesta ordem; Estratégia 3 suplemento fornecido a partir de 56 dias pré-desmame, correspondente a 0,75 kg/animal/dia. Os animais submetidos à Estratégia 1 apresentaram maior ganho de peso (0,672 kg/dia) em relação aos animais controle (0,582kg/dia) (P<0,10) e melhor eficiência de uso do suplemento. A estratégia de alimentação das bezerras não influenciou o ganho de peso, o escore de condição corporal e a produção de leite das vacas (P>0,10). As vacas mestiças apresentaram maior produção de leite (6,21 kg/dia) em relação às vacas da raça Nelore (5,37 kg/dia) (P<0,10). O consumo de matéria seca (MS) foi maior (P<0,10) em vacas mestiças. Contudo, não houveram diferenças na digestibilidade dos nutrientes entre os grupos genéticos. Conclui-se que estratégia de suplementação em que se distribui de forma equitativa o suplemento, ao longo do período pré-desmama, propicia maior ganho de peso de bezerras. Vacas mestiças apresentam maior produção de leite e consumo de MS. Não há diferenças na digestibilidade dos nutrientes entre vacas Nelore e mestiças (Nelore x Holandês). No segundo experimento, objetivou-se avaliar o desempenho produtivo, produção de proteína microbiana, o consumo e a digestibilidade dos nutrientes ingeridos por novilhas de corte em fase de recria, recebendo níveis de suplementação múltipla ou sal nitrogenado, em auto-controle de consumo, em pastagens de Brachiaria decumbens Stapf, durante a seca. Foram utilizadas 35 novilhas de corte com idade média de 8 meses e peso corporal médio inicial de 203,4 + 4,5 kg. Os tratamentos foram: MM (controle) - mistura mineral; SN (sal nitrogenado) - suplemento com 75 % PB, à base uréia + mistura mineral (50%), na proporção 1:1, e milho (50%); Q1, Q2, Q3 suplementos múltiplos com 40 % de PB, utilizando diferentes percentagens de mistura controladora de consumo (uréia + mistura mineral, na proporção 1:1), milho e farelo de soja. Os consumos observados de suplementos foram: 115, 173, 572 e 1214 g/animal/dia para os tratamentos SN, Q1, Q2, Q3, respectivamente. Os níveis de uréia + sal apresentaram efeito quadrático sobre o consumo de suplemento (P<0,10). Os animais suplementados apresentaram maior (P<0,10) ganho médio diário (GMD). Os níveis de suplementação múltipla apresentaram efeito linear positivo (P<0,10) sobre o GMD. Entretanto, em média, não houve diferenças significativas (P>0,10) entre o GMD de animais que receberam suplementação múltipla ou sal nitrogenado. A suplementação elevou (P<0,10) o consumo e a digestibilidade dos nutrientes, com exceção da digestibilidade da fibra em detergente neutro (FDN), contudo o consumo de fibra em detergente neutro igerida elevou-se (P<0,10). A suplementação elevou (P<0,10) a produção de nitrogênio microbiano, assim como as perdas de N na urina, embora a quantidade de nitrogênio assimilado pelas bactérias, proporcionalmente ao ingerido, foi maior nos maiores níveis de suplementação múltipla. Conclui-se que uréia e sal mineral controlam o consumo de suplemento de forma não linear. Os níveis de suplementação múltipla apresentaram efeito linear positivo (P<0,10) sobre o GMD e, em média, apresentam ganhos similares ao sal nitrogenado. A suplementação incrementa o consumo, a digestibilidade, a produção de nitrogênio microbiano e o GMD.pt_BR
dc.description.abstractTwo experiments were conducted. The first work aimed to evaluate the performance of female calves in creep feeding receiving different supplementation strategies, milk production, intake and digestibility of pasture by Nellore or crossbred cow (Nellore x Holstein), on pasture of Brachiaria decumbens Stapf during the dry-rainy transition season. Forty four female beef suckling calves, with age between 90 and 150 days and average initial body weight of 117.7 + 4.3kg, and their dam (24 Nellore and 20 crossbred) with average initial body weight of 417.5 + 8.3 kg, were used. The treatments were: TMM (control) mineral mixture, ad libitum; Strategy 1 supplement provided from 112 days prior to weaning, 0.375 kg/animal/day. Strategy 2 - supplement provided from 112 days prior to weaning, in increasing amount, 0.15, 0.30, 0.45 and 0.60 kg/animal/day for the four sub-periods, in this order. Strategy 3 - supplement provided from 56 days prior to weaning, 0.750 kg/animal/day. The animals of strategy 1 had higher average daily gain (0.672 kg/day) than control animals (0.582 kg/day) (P<0.10) and better efficiency of supplement use. The strategy of supplementation of female calves did not influence weight gain, body condition score and the milk production of cows (P>0.10). The crossbred cows produced more milk (6.21 kg) than Nellore cows (5.37 kg/day) (P<0.10). The intake of dry matter (DM) were higher (P<0.10) in crossbred cows. However, there were not differences in the nutrients digestibility between the genetic groups. It can be concluded that supplementation strategies in which there are equitable distribution along the period prior to weaning, provides higher weight gain in female calves. Crossbred cows produce more milk production and have higher intake of DM than Nellore cows. There are not differences in the nutrients digestibility between cow Nellore and crossbred cow (Nellore x Holstein). The second work aimed to evaluate the performance, microbial protein synthesis, intake and digestibility of nutrients of beef heifers receiving increasing levels of multiple supplements or nitrogen salt, in self-fed, on Brachiaria decumbens Stapf. pasture, during the dry season. Thirty five beef heifers, with age and average body weight of 8 months and 203.4 + 4.5 kg, respectively, were used. The treatments were: MM (control) mineral mixture, ad libitum; SN (nitrogen salt) supplement with 75 % of CP, based on urea + mineral mixture, in proportion of 1:1 (50%), and corn (50%); Q1, Q2, Q3 multiple supplements with 40 % of CP, using different proportions of intake controller mixture (urea + mineral mixture, in proportion of 1:1), corn and soybean meal. The consumptions observed were: 115, 173, 572 e 1214 g/animal/day for the treatments SN, Q1, Q2 and Q3, respectively. The levels of urea + salt resulted in quadratic effect on consumption of supplement (P<0.10). The supplemented animals had higher (P<0.10) average daily gain (ADG). The supply of multiple supplement resulted on positive linear effect on ADG (P<0.10). However, on average, there was not significant effect (P>0.10) on ADG of animals that received multiple supplements or nitrogen salt. The supplementation increased (P<0.10) the intake and digestibility of nutrients, with exception of digestibility of the neutral detergent fiber (NDF), although the intake of digested FDN had increased (P<0.10). The supplementation increased (P<0.10) the production of microbial nitrogen as well as nitrogen losses in urine, although the quantity of assimilated nitrogen by bacteria, on proportion to intake, was higher on the higher levels of multiple supplements. It can be conclude that urea + salt control the intake of supplement on nonlinear way. The levels of multiple supplement result on positive linear effect on ADG and, on average, have similar gain to nitrogen salt. The supplementation increases the intake, digestibility, microbial nitrogen production and the ADG.eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectBovinospor
dc.subjectCreep feedingpor
dc.subjectDesempenhopor
dc.subjectBovineeng
dc.subjectCreep feedingeng
dc.subjectPerformanceeng
dc.titleSuplementação de bezerras de corte lactentes e em recria e parâmetros nutricionais de vacas de corte em pastejopor
dc.title.alternativeStrategies of supplementation of female suckling calves and pos weaning and nutrition parameters of beef cows on pastureeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9375246302317772por
dc.contributor.advisor-co1Valadares Filho, Sebastião de Campos
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787028J6por
dc.contributor.advisor-co2Detmann, Edenio
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4760013T1por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGenética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragiculpor
dc.publisher.programMestrado em Zootecniapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMALpor
dc.contributor.advisor1Paulino, Mário Fonseca
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787752E3por
dc.contributor.referee1Paulino, Pedro Veiga Rodrigues
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4760235Y6por
dc.contributor.referee2Acedo, Tiago Sabella
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4770944E4por
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf409,4 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.