Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5612
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação de dietas com glutamina e glicina para pintos de corte contendo diferentes relações treonina : lisina
Título(s) alternativo(s): Evaluation of diets with glutamine and glycine for young chicks contend differents threonine : lysine ratio
Autor(es): Carvalho, Thony Assis
Primeiro Orientador: Rostagno, Horácio Santiago
Primeiro coorientador: Albino, Luiz Fernando Teixeira
Segundo coorientador: Lopes, Darci Clementino
Primeiro avaliador: Toledo, Rodrigo Santana
Segundo avaliador: Barreto, Sérgio Luiz de Toledo
Abstract: Foram conduzidos dois experimentos com objetivo de avaliar o efeito da adição ou não de suplemento contendo glutamina ou de glicina em dietas contendo diferentes relações treonina:lisina digestíveis. No primeiro experimento, foram utilizados 384 pintos machos, da linhagem Cobb, alojados em baterias metálicas, entre 10-21 dias de idade, em arranjo fatorial 3 x 2 (três relações treonina:lisina digestíveis - 60, 65 e 70% - com adição ou não de 0,75% de suplemento contendo glutamina1 com oito repetições). As aves foram desafiadas com vacina virulenta2 com dose dez vezes superior à preconizada para a imunoprofilaxia da coccidiose. Não foi observada interação entre os tratamentos. O aumento das relações treonina: lisina digestíveis de 60 para 70% melhorou a conversão alimentar. Os demais parâmetros de desempenho, uniformidade do peso vivo e contagem de oocistos na excreta não foram influenciados pelas relações treonina:lisina digestíveis. A relação treonina:lisina digestíveis de 65% melhorou a saúde intestinal das aves. A adição do suplemento contendo glutamina não alterou o desempenho e a uniformidade do peso vivo, contudo, reduziu as lesões intestinais no duodeno e a contagem de oocistos em mais de 25%. O escore de lesão no intestino médio (jejuno e íleo) e nos cecos aumentaram quando o produto comercial foi utilizado. A relação treonina:lisina digestíveis de 65% associada a 0,75% de suplemento contendo glutamina, são suficientes para atender asexigências de pintos de corte entre 10-21 dias de vida e proporcionam efeito benéfico quanto à saúde nas porções proximais do intestino, quando as aves são desafiadas com oocistos de diferentes espécies de Eimeria spp. No segundo experimento, foram utilizados 1440 pintos machos da linhagem Cobb, alojados em boxes, em arranjo fatorial 3 x 2 (três relações treonina:lisina digestíveis - 55, 65 e 75% - com suplementação ou não de 0,4% de glicina com oito repetições). As fases experimentais foram de 1 a 6, 1 a 12 e 1 a 18 dias de idade. Não foi observada interação entre os tratamentos sobre os parâmetros de desempenho. As relações 65 e 75% de treonina:lisina proporcionaram consumo de ração e ganho de peso similares. As relações treonina:lisina digestíveis alteraram a conversão alimentar apenas na fase de 1 a 6 dias de idade. A suplementação de glicina na dieta não alterou o consumo de ração. Nas fases de 1 a 6 e 1 a 12 dias, maior ganho de peso foi observado quando a dieta foi suplementada com glicina. A adição de glicina na dieta melhorou a conversão alimentar das aves nas fases de 1-12 e 1-18 dias de idade. Os tratamentos não modificaram a glicemia de pintos de corte entre 1 e 18 dias, entretanto, diferentes teores de glicose sanguínea foram obtidos em função da idade das aves. Com base nos dados observados, a relação treonina:lisina digestíveis de 65% associada à 2,23% de glicina+serina na dieta é suficiente para atender as exigências de pintos de corte entre 1 e 18 dias de idade. O aumento nas relações treonina:lisina digestíveis e a suplementação de 0,4% de glicina na dieta não alteraram a glicemia das aves entre 1 e 18 dias de vida.
Two experiments were conducted to evaluate the effect of addition or not supplement containing glutamine1 or glycine in diets with different digestible threonine:lysine ratios. In the first experiment, we used three hundred eighty four, male Cobb broilers were housed in metal cages between 10 to 21 days of age, in a factorial 3x2 (three digestible threonine:lysine ratio - 60, 65 e 70% - with or without addition of 0,75% supplement contend glutamine with eight replicate). The broilers were challenged with virulent vaccine against coccidiosis2 with ten times recommended dose for manufacturer. There was no significant interaction between treatments. The increased in digestible threonine:lysine ratio from 60 to 70% provided improvement on feed conversion. Other performance parameters, body weight uniformity and the faecal oocyst counting were not been influenced by digestible threonine:lysine ratio. The digestible threonine:lysine ratio of 65% improved intestinal health. Adding supplement contend glutamine has not change the performance and body weight uniformity, however, reduced the duodenal lesion score and oocyst counting in more than 25%. In the middle portion and in caecum the lesion score increased when the commercial product has been used. The digestible threonine:lysine ratio of 65% associated with 0,75% supplement containing glutamine to meet the requirements of broilers between 10 to 21 days old and provide a beneficial effect on health in the proximal portions of the intestine, when challenged with different species of Eimeria spp. In the second experiment, we used one thousand four hundred forty male Coob broilers, housed in floor pens, in a factorial 3x2 (three digestible threonine:lysine ratios - 55, 65 e 75% - with or without 0,4% glycine, with eight replications). The experimental phases were: 1 to 6, 1 to 12 and 1 to 18 days of age. There was no interaction between the treatments on the performance parameters. The digestible threonine:lysine ratios of 65 and 75% provided similar feed consumption and body weight gain. The digestible threonine:lysine ratio affected the feed conversion only at the phase from 1 to 6 days of age. The addition of glycine did not influence the feed intake. Between 1 to 6 and 1 to 12 days of age, greater weight gain was observed when the diet was supplemented with glycine. The feed conversion was improved at the phases 1 to 12 and 1 to 18 days of age, when the diet was supplemented with 0,4% of glycine. The blood glucose levels were not influenced by treatments between 1 to 18 days of age, however, different levels of blood glucose levels were obtained according to the age. Based on the observed data, the digestible threonine:lysine ratio of 65%, associate to 2,23% of glycine+serine in the diet is sufficient to meet the requirements of broilers between 1 to 18 days of age. The increase in digestible threonine:lysine ratio and addition of 0,4% of glycine in the diet not modified the blood glucose levels between 1 to 18 days of age.
Palavras-chave: Probiótico
Glutamina
Desempenho
Probiotic
Glutamine
Performance
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL::EXIGENCIAS NUTRICIONAIS DOS ANIMAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: CARVALHO, Thony Assis. Evaluation of diets with glutamine and glycine for young chicks contend differents threonine : lysine ratio. 2009. 118 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5612
Data do documento: 13-Jul-2009
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf450,77 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.