Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5617
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorSousa, Marilú Santos
dc.date.accessioned2015-03-26T13:54:50Z-
dc.date.available2011-01-31
dc.date.available2015-03-26T13:54:50Z-
dc.date.issued2009-06-23
dc.identifier.citationSOUSA, Marilú Santos. Behavior, welfare and productivity of nursing nuts in function of the type of maternity in the winter. 2009. 69 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/5617-
dc.description.abstractO experimento foi realizado com o objetivo de verificar o comportamento de porcas lactantes durante 28 dias alojadas em diferentes tipos de maternidade no período do inverno. As matrizes foram distribuídas em delineamento inteiramente casualizado com três tratamentos e nove repetições, com ordens de parto variando entre o 1º e o 6º. O tratamento um compreendeu a maternidade convencional com abrigo escamoteador e cela parideira; o tratamento dois foi maternidade convencional com abrigo escamoteador e cela parideira com o aquecimento do piso na parte dos leitões e o tratamento três maternidade alternativa, sem cela parideira e com abrigo escamoteador, com acesso de porcas e leitões a piquetes por duas horas durante todos os dias do experimento no período da tarde. Os animais foram filmados aos 7, 14, 21 e 27 dias por 24 horas, e após o desmame, as porcas permaneceram no ambiente, sendo filmadas por mais 12 horas. As temperaturas máximas e mínimas diárias estiveram dentro da zona de conforto térmico preconizado para a fase de lactação. Não houve efeito (P>0,10) quanto ao desempenho das porcas, relacionados ao consumo de ração, energia digestível, lisina digestível, peso corporal e espessura de toucinho. Não foram encontradas diferenças significativas (P>0,10) para o peso do leitão, ganho de peso, peso da leitegada e produção de leite, mas foram encontradas diferenças significativas (P≤0,10) para consumo de ração médio diário da leitegada em gramas por dia, no qual, os leitões mantidos em piquetes consumiram menor quantidade de ração quando comparados aos leitões alojados nas maternidades convencionais. As porcas mantidas em maternidades alternativas com acesso a piquetes permaneceram por mais tempo no comedouro (P≤0,10) e freqüentaram e despenderam mais tempo no bebedouro em relação às matrizes alojadas nas maternidades convencionais. As matrizes mantidas nas maternidades convencionais tiveram limitação dos seus movimentos instintivos diários, devido à presença de grades protetoras. O que provocou maior índice de estereotipias, comprovando neste sentido, que elas permaneceram maior tempo em outras posições (P≤0,10). Tanto aos 21 como aos 28 dias, o maior valor para eficiência energética foi verificado para as matrizes mantidas nas maternidades convencionais, por outro lado, os leitões alojados em piquetes apresentaram maiores valores de ganho de peso quando comparados aos leitões das maternidades convencionais. Conclui-se que o aquecimento do piso dos leitões na maternidade convencional no período do inverno e maternidades alternativas com acesso a piquetes proporcionam melhores condições de bemestar, tanto para porcas como para leitões.pt_BR
dc.description.abstractThe experiment was carried through with the objective to verify the behavior of nursing nuts during 28 days lodged in different types of maternity in the period of the winter. The matrices had been distributed in a completely randomized design with three treatments and nine replications, orders of childbirth varying between 1º and 6º. The treatment one understood the conventional maternity with shelter in creep and birth cage; treatment two was conventional maternity with shelter in creep and birth cage with the heating of the floor in the part of the pigs and treatment three alternative maternity, without parturition cage with shelter and access of piglets and sows during a two hours a day to outdoor in the period of the afternoon. The animals were filmed at 7, 14, 21 and 27 days for 24 hours and after weans it, the nuts had remained more in the environment, being filmed by 12 hours. Daily the maximum and minimum temperatures had been inside of the zone of praised thermal comfort for the lactation phase. It did not have a effect (P>0,10) how much to the performance of the nuts, related to the ration consumption, energy digestible, lysine digestible, corporal weight and thickness of lard. Significant differences (P>0,10) for the weight of the pig, profit of weight, weight of litter and the milk production, but they had been found(P≤0,10) for daily consumption of average ration of the litter one in gram per day, in which, the pigs kept in poles had consumed lower amount of ration when compared with the pigs lodged in the conventional maternities . The nuts kept in alternative maternities with access the poles had remained for more time in the feeder (P≤0,10) and had frequented and expended more time in the water through in relation to the matrices lodged in the conventional maternity. The matrices kept in the conventional maternities had limitation in its daily movements, due to presence of protective gratings, what it provoked greater index of stereotypes, proving in this direction, that they had remained in bigger time in other positions (P≤0,10). As much to the 21 as to the 28 days, the biggest value for energy efficiency was verified for the T1, on the other hand, the pigs of the T3 had presented greaters values of profit of weight when compared with the pigs of the T1. It appears that heating the floor of the piglets in the nursery during the winter conventional and alternative maternity paddocks with access to provide better conditions of welfare, both forsows and for piglets.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectComportamentopor
dc.subjectPorcas lactantespor
dc.subjectInvernopor
dc.subjectBehavioreng
dc.subjectNursing nutseng
dc.subjectWintereng
dc.titleComportamento, bem-estar e produtividade de porcas lactantes em função do tipo de maternidade no invernopor
dc.title.alternativeBehavior, welfare and productivity of nursing nuts in function of the type of maternity in the wintereng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1986576246153599por
dc.contributor.advisor-co1Donzele, Rita Flávia Miranda de Oliveira
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3783585152234703por
dc.contributor.advisor-co2Silva, Francisco Carlos de Oliveira
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4762759P6por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGenética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragiculpor
dc.publisher.programMestrado em Zootecniapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMALpor
dc.contributor.advisor1Ferreira, Aloízio Soares
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783902J8por
dc.contributor.referee1Donzele, Juarez Lopes
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787766D0por
dc.contributor.referee2Tinôco, Ilda de Fátima Ferreira
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783628D6por
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf257,8 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.