Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5622
Tipo: Dissertação
Título: Silagem de cana-de-açúcar com uréia e farelo de mandioca
Título(s) alternativo(s): Sugar cane silage with urea and cassava meal
Autor(es): Oliveira, Hellenn Cardoso
Primeiro Orientador: Garcia, Rasmo
Primeiro coorientador: Pereira, Odilon Gomes
Segundo coorientador: Pires, Aureliano José Vieira
Primeiro avaliador: Veloso, Cristina Mattos
Segundo avaliador: Pereira, Mara Lucia Albuquerque
Terceiro avaliador: Obeid, Jose Antonio
Abstract: Dois experimentos foram conduzidos, em delineamento inteiramente casualizado, para avaliar o valor nutritivo, as frações dos carboidratos, as características fermentativas e as perdas das silagens de cana-de-açúcar produzidas sem e com uréia (0 e 5,4 % da matéria seca) e acrescida de farelo de mandioca (0; 7; 14; 21; e 28 % da matéria natural). Foram utilizados silos de PVC com 50 cm de altura e 10 cm de diâmetro, providos de válvula de Bunsen, para saída de gases oriundos da fermentação, e areia no fundo, para captação do possível efluente. No experimento I, a avaliação do valor nutritivo das silagens foi realizada por meio da determinação da composição química, da digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS), dos nutrientes digestíveis totais (NDT) e do fracionamento de carboidratos. A uréia e o farelo de mandioca elevaram os valores de matéria seca e reduziram os teores de fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, hemicelulose, celulose e lignina. A associação da uréia com o farelo de mandioca nas silagens elevou os teores de matéria orgânica, proteína bruta e o NDT e reduziu os teores de extrato etéreo, fibra em detergente neutro isenta de cinza e proteína, nitrogênio insolúvel em detergente neutro e nitrogênio insolúvel em detergente ácido. A adição de farelo de mandioca na produção da silagem de cana-de-açúcar aumentou a DIVMS e reduziu os teores de cinza. A uréia teve efeito sobre todas as variáveis estudadas. À análise de regressão, detectou-se elevação linear crescente do teor de carboidratos totais em função da adição de farelo de mandioca na silagem sem uréia e efeito quadrático na silagem com uréia. A associação da uréia com os diferentes níveis de farelo de mandioca elevou a fração A + B1 e reduziu as frações B2 e C dos carboidratos. No experimento II, foram avaliadas as perdas de matéria seca por gases, as perdas de efluente, recuperação da matéria seca e o perfil fermentativo das silagens, por meio da determinação dos valores de pH, do teor de nitrogênio amoniacal e dos ácidos orgânicos. As perdas por gases e efluente foram influenciadas, apresentando efeito linear decrescente em função dos níveis de farelo de mandioca para ambas as silagens. Já para a variável recuperação de matéria seca, verificou-se efeito linear crescente para silagem sem uréia e efeito quadrático para silagem aditivada com uréia. Em relação às variáveis inerentes às características fermentativas das silagens, a associação uréia e farelo de mandioca resultou em silagens com maiores valores de pH, estando dentro da faixa considerada ideal para uma boa fermentação, e menores teores de ácido lático e nitrogênio amoniacal. Para os teores de ácido butírico e etanol, a análise de regressão revelou que nenhum modelo ajustou-se aos dados. No entanto, para o teor de ácido propiônico, verificou-se efeito linear decrescente em função dos níveis de farelo de mandioca adicionados e efeito quadrático para o teor de ácido acético na silagem com uréia, não sendo observado efeito para silagem sem o aditivo.
Two experiments were conducted, in completely randomized design, to evaluate the nutritive value, the carbohydrates fractions, the fermentation characteristics and the losses of sugar cane silages produced without or with urea (0 and 5.4 % of dry matter) and added of cassava meal (0; 7; 14; 21; and 28 % of natural matter). PVC silos with 50 cm height and 10 cm diameter, provided with Bunsen valve for output of gases from the fermentation, and sand in the bottom to capture the possible effluent, were used. In experiment I, the evaluation of the nutritive value of silages was realized by means of the determination of the chemical composition, the in vitro dry matter digestibility (IVDMD), the total digestible nutrients (TDN) and the carbohydrates fractions. The urea and the cassava meal increased the dry matter values and reduced the contents of neutral detergent fiber, acid detergent fiber, hemicellulose, cellulose and lignin. The association of urea with cassava meal in the silages increased the contents of organic matter, crude protein and TDN and reduced the ether extract, neutral detergent fiber ash and protein free, neutral detergent insoluble nitrogen and acid detergent insoluble nitrogen contents. The cassava meal addition in sugar cane silage production increased the IVDMD and reduced the ash contents. The urea had effect on all the variables studied. In the regression analysis, it was found increasing linear increase of total carbohydrates content in function of cassava meal addition in the silage without urea and quadratic effect in the silage with urea. The association of urea with the different levels of cassava meal increased the A + B1 fraction and reduced the B2 and C fractions of the carbohydrates. In the experiment II, the losses of dry matter by gases, the effluent losses, dry matter recoveryand silage fermentation profile, through the determination of pH values, ammonia nitrogen and organic acids content were evaluated. The losses by gases and effluent were influenced, presenting decreasing lineareffect in function of the cassava meal levels for both silages. For the variable dry matter recovery, it was verified increasing linear effect for the silage without urea and quadratic effect for the silage added with urea. Regarding the variables inherent to the fermentation characteristics of the silages, the association urea and cassava meal resulted in silages with greater pH values, being within the range considered ideal for a good fermentation, and smaller lactic acid and ammonia nitrogen contents. For the butyric acid and ethanol contents, the regression analysis reveled that no model fitted the data. However, for propionic acid content, it was verified decreasing linear effect in function of cassava meal levels added and quadratic effect for acetic acid content in the silage with urea, with no effect observed in the silage without the additive.
Palavras-chave: Valor nutritivo
Aditivos
Perdas
Fracionamento
Nutritive value
Additives
Losses
Fractions
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PASTAGEM E FORRAGICULTURA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: OLIVEIRA, Hellenn Cardoso. Sugar cane silage with urea and cassava meal. 2009. 67 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5622
Data do documento: 24-Jul-2009
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf583,67 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.