Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5635
Tipo: Dissertação
Título: Análise multivariada no estudo de características de carcaça e pernil em suínos para produção de presunto maturado
Título(s) alternativo(s): Multivariate analysis to study carcass and ham traits in a pig population for production of dry cured ham
Autor(es): Ventura, Henrique Torres
Primeiro Orientador: Lopes, Paulo Sávio
Primeiro coorientador: Guimarães, Simone Eliza Facioni
Segundo coorientador: Carneiro, Antônio Policarpo Souza
Primeiro avaliador: Euclydes, Ricardo Frederico
Segundo avaliador: Paulino, Pedro Veiga Rodrigues
Abstract: O objetivo desse estudo foi avaliar grupos genéticos utilizando-se técnicas de análise multivariada, e estudar a associação entre características de carcaça e de pernil com utilização da análise de correlações canônicas, em uma população de suínos para produção de presuntos maturados. Os seguintes grupos genéticos foram utilizados: DULL= Duroc x (Landrace x Large White), DULA=Duroc x Landrace, DUWI= Duroc x Large White, WIWI= Large White, DUDU= Duroc. Foram obtidas as seguintes medidas de carcaça: peso da carcaça quente (PCQ), espessura do toucinho (ET) e profundidade do músculo Longissimus (PM); e as seguintes medidas de pernil: peso bruto do pernil (PB), peso refilado do pernil (PR), espessura de gordura da borda interna do pernil (EIN), espessura de gordura da borda externa do pernil (EEX), pH do músculo Semimembranosus (pH) e cor superficial do músculo Semimembranosus (COR). Na avaliação de grupos genéticos, observou-se no diagrama de dispersão em relação às médias canônicas uma considerável distância entre os grupos genéticos DUDU e WIWI referente às características de carcaça, com abate aos 130 kg e aos 160 kg, e de pernil, com abate aos 130 kg. Os animais com 50% Duroc situaram-se próximos nas características de carcaça com abate aos 130 kg e 160 kg e foram pouco divergentes em relação ao grupo DUDU nas características de pernil com abate aos 130 kg. Na análise de agrupamento pelo método do vizinho mais próximo os animais DULL, DULA e DUWI foram agrupados com um nível de similaridade alto, em relação às características de carcaça, com abate aos 130 kg e aos 160 kg, e às características de pernil com abate aos 130 kg. No método de otimização de Tocher, os animais 50 % Duroc foram agrupados com os animais puros Duroc, nas análises relativas às características de Pernil, com abate aos 130 kg, o que indica que os animais 50 % Duroc são próximos dos animais puros Duroc com relação às características de pernil. Com base nos resultados obtidos pode-se recomendar a utilização de animais produtos de cruzamento Duroc x Large White, Duroc x Landrace e Duroc x (Landrace x Large White) para a produção de presunto maturado. No estudo da associação entre as características de carcaça e de pernil foi observado que as características de carcaça e de pernil não são independentes. As correlações canônicas (r) entre os conjuntos de características de carcaça e de pernil com abate aos 130 kg foram 0,77; 0,24 e 0,20 para o primeiro, segundo e terceiro par canônico respectivamente, sendo todas consideradas significativas pelo teste de Wilks (P<0,01). Para os grupos de características de carcaça e pernil com abate aos 160 kg, as correlações canônicas (r) entre os três pares canônicos foram 0,88; 0,42; 0,14, respectivamente, sendo a última, correspondente ao terceiro par, a única não significativa pelo teste de Wilks (P >0,05). Ao examinar o primeiro par canônico, observou-se que a variável PCQ obteve maior correlação com as variáveis canônicas dentro do grupo de características de carcaça com abate aos 130 kg e aos 160 kg. Nas características de pernil, com relação ao primeiro par canônico, as características PB e PR obtiveram as maiores correlações com as variáveis canônicas nos dois pesos de abate, 130 kg e 160 kg. Com relação ao segundo par canônico, as variáveis com maiores valores de correlação com as variáveis canônicas foram ET e PM, sendo o último com valores negativos, para as características de carcaça com abate aos 130 kg e 160 kg. Dentro do conjunto de características de pernil, com abate aos 130 kg e 160 kg, em relação ao segundo par canônico, a característica com maior valor de correlação foi a espessura de gordura da borda externa do pernil (EEX). As correlações entre as características e as variáveis canônicas possibilitaram observar que existe associação entre o peso da carcaça quente (PCQ), o peso bruto do pernil (PB) e o peso refilado do pernil (PR), bem como entre a espessura de toucinho (ET) e a espessura de gordura da borda externa do pernil (EEX). Deste modo, é possível concluir que o grupo de características de carcaça pode ser usado para descarte prévio de animais que não se enquadrem nos padrões estabelecidos para produção de presunto maturado.
This study aimed to evaluate genetic groups using multivariate analysis, and to study the association between carcass and ham traits using canonical correlation analysis in a pig population for the production of dry cured ham. The genetics groups were: DULL= Duroc x (Landrace x Large White), DULA= Duroc x Landrace, DUWI= Duroc x Large white, WIWI= Large White, DUDU= Duroc. Carcass traits were obtained: hot carcass weight (HCW), backfat thickness (BT) and loin depth (LD), and ham traits were obtained: gross ham weight (GHW), trimmed ham weight (THW), ham inner layer fat thickness (HIFT), ham outer layer fat thickness (HOFT), pH (PH), and color (COL), with animals slaughtered at 130 kg and at 160 kg weights. In the genetic lines evaluation study, the first and the second canonical variables explained 97.51 %, 93.55% and 88.81% of the total variation of the carcass traits at 130 kg and 160 kg, and ham traits at 130 kg, respectively. In the dispersion graph concerning the canonical means, it was observed significant distance between the genetic groups DUDU and WIWI relative to the carcass traits at 130 kg and 160 kg, and ham traits at 130 kg. Pigs with 50% Duroc were little dispersed relative to the carcass traits at 130 kg and 160 kg and were not divergent to the genetic group DUDU relative to the ham traits 130 kg. In the clustering analysis using the single linkage method DULL, DULA and DUWI were grouped with a high similarity level, relative to the carcass traits with at 130 kg and 160 kg, and ham traits with at 130 kg. In the Tocher optimization method, pigs with 50% Duroc and 100% Duroc were grouped relative to the ham traits at 130 kg, suggesting that 50% Duroc pig s ham traits are similar to the 100% Duroc one. In this context, the utilization of the genetic groups Duroc x Large White, Duroc x Landrace and Duroc x (Landrace x Large White) production of dry cured ham should be recommended. In the study of association between carcass and ham traits it was observed that they were not independent. The canonical correlations (r) between the carcass and ham traits with slaughter weight at 130 kg were 0.77; 0.24; and 0.20 for the first, second and third canonical pair, respectively and all were significant using Wilks test (P<0.01). The canonical correlation between the three canonical variate pairs for the carcass and ham traits with slaughter weight at 160 kg was 0.88; 0.42; 0.14, respectively. All the canonical correlations were significant, except the third, that correspond to third canonical variate pair using Wilks test (P>0.05). The hot carcass weight (HCW) was the higher correlation with the first canonical variate pair relative to carcass traits with slaughter weight at 130 kg and 160 kg. The ham traits gross ham weight (GHW) and trimmed ham weight (THW) were the higher canonical correlation values for slaughter weights 130 kg and 160 kg, relative to the first canonical variate pair. The carcass traits backfat thickness (BT) and loin depth (LD), the last one with negative values,were the higher canonical correlation, for slaughter weights at 130 kg and at 160 kg, relative to the second canonical variate pair. In the ham traits group, ham outer layer fat thickness (HOFT) was the higher canonical correlation values for slaughter weights at 130 kg and 160 kg, relative to the second canonical variate pair. The correlations between the traits and the canonical variates showed an association among hot carcass weight (HCW), gross ham weight (GHW) and trimmed ham weight (THW), as well an association between backfat thickness (BT) and ham outer layer fat thickness (HOFT). These results allows to conclude that the carcass traits group should be used to cull pigs that are not suitable to the dry cured ham production.
Palavras-chave: Suíno
Endogamia
Simulação
BLUP
Ganho genético
Swine
Endogamy
Simulation
BLUP
Genetic gain
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::GENETICA E MELHORAMENTO DOS ANIMAIS DOMESTICOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: VENTURA, Henrique Torres. Multivariate analysis to study carcass and ham traits in a pig population for production of dry cured ham. 2010. 67 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5635
Data do documento: 22-Fev-2010
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,44 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.