Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/567
Tipo: Tese
Título: Análise comparativa de tubetes biodegradáveis e de polietileno na produção de mudas de Paratecoma peroba (Record & Mell) Kuhlm
Título(s) alternativo(s): Comparative analysis of biodegradable and polyethylene tubes in seedlings production of Paratecoma peroba (Record & Mell) Kuhlm
Autor(es): Dias, Bruna Anair Souto
Primeiro Orientador: Borges, Eduardo Euclydes de Lima e
Primeiro coorientador: Silva, Márcio Lopes da
Segundo coorientador: Titon, Miranda
Primeiro avaliador: Oliveira, Maria Neudes Sousa de
Segundo avaliador: Reis, Geraldo Gonçalves dos
Terceiro avaliador: Pires, Ismael Eleotério
Abstract: A qualidade das mudas é fator decisivo para o estabelecimento de povoamentos florestais. Produzir mudas em quantidade e qualidade para atender a grande demanda do setor florestal é um desafio. Para tanto, é crescente a busca por inovações no processo produtivo que venha proporcionar redução de custo de produção e a obtenção de mudas de bom padrão de qualidade. Um dos fatores que influenciam na produção de mudas é o recipiente. Atualmente, os tubetes de plástico (polietileno) são os recipientes mais utilizados em escala comercial na produção de mudas florestais, mas apresentam algumas desvantagens que podem ser solucionadas com o uso de tubetes que possam ser plantados juntamente com as mudas no campo, tais como tubetes biodegradáveis. Porém, estes novos produtos devem ser testados para que se comprove a eficiência e justifique o uso. Neste contexto, o objetivo deste estudo foi avaliar a viabilidade técnica e econômica do uso de tubetes biodegradáveis e de polietileno na produção e qualidade de mudas de Paratecoma peroba (Record & Mell) Kuhlm., e no comportamento após o plantio em campo. Para o estudo de viabilidade técnica, o experimento foi realizado em viveiro e campo e instalado em blocos casualizados, dispostos no esquema fatorial 4 x 2, correspondendo a quatro tipos de tubetes: tubetes biodegradáveis de 43 cm3 (TB 43) e de 60 cm3 (TB 60); tubetes de polietileno de 50 cm3 (TP 50) e de 90 cm3 (TP 90); e duas composições de substrato: 100% comercial (S1) e 90 % comercial acrescimento de 10% de terra de subsolo (S2), com cinco repetições. No viveiro, aos 90 dias após a semeadura, foram avaliadas as características morfológicas das mudas (altura H; diâmetro do coleto DC; matéria seca da parte aérea MSPA; matéria seca das raízes MSR e; número de folhas NF) e o índice de qualidade de Dickson (IQD). Em campo, no momento do plantio das mudas, assim como aos 30, 60, 90 e 120 dias após o plantio, foram realizadas as avaliações de crescimento (H, DC e NF) e sobrevivência das mudas. Para o estudo de viabilidade econômica foram contabilizados, no viveiro, os custos de materiais e operações de todas as etapas de produção das mudas de Paratecoma peroba utilizando os quatro tubetes estudados na análise técnica. No campo, por ocasião do plantio das mudas, foram contabilizados os custos de implantação. Para ambos foram comparados os custos oriundos do uso do TB e do TP. A qualidade das mudas no viveiro foi influenciada pelo volume do tubete e substrato utilizado, sendo que, de modo geral, os melhores valores de H, DC, MSPA, MSR, IQD e NF foram obtidas nas mudas produzidas no TP 90 preenchido com o S1, seguido das mudas produzidas no TB 60, TP 50 e TB 43. A sobrevivência das mudas em campo foi em média 100% para todos os tratamentos testados, induzindo que as mudas plantadas foram de bom padrão de qualidade. O crescimento das mudas pós-plantio foi influenciado significativamente (p ≤ 0,05) pelo tipo de tubete, em todas as avaliações, sendo os melhores resultados de H, DC e NF obtidos com o uso do TP 90 e TB 60, seguido do TP 50 e TB 43. O custo de produção das mudas foi influenciado pelo tipo de tubete utilizado, cujo valor unitário foi de R$ 0,343, R$ 0,344, R$ 0,353 e R$ 0,4205, respectivamente, para aquelas produzidas no TB 43, TB 60, TP 50 e TP 90. O custo total da muda plantada foi de R$ 1,758, R$ 1,764, R$ 1,813 e R$ 1,884, respectivamente para aquelas oriundas do TB 43, TB 60, TP 50 e TP 90. O uso dos tubetes biodegradáveis e de polietileno em mudas de Paratecoma peroba, produz mudas de bom padrão de qualidade e consequente crescimento e sobrevivência pós-plantio e por isso podem ser considerados viável técnica e economicamente. Porém, ressalta-se que para a utilização de tubetes biodegradáveis na produção de mudas e plantios florestais em escala comercial é prudente a realização de outros estudos, tais como avaliar o crescimento e o desenvolvimento das plantas ao longo dos anos; o tempo de decomposição do tubete biodegradável no solo e a arquitetura do sistema radicular das plantas.
Seedlings quality is a decisive factor for plantation forest establishment. Producing seedlings in quantity and quality to meet the great demand of the forestry sector is a challenge. Thus, there is a growing search for innovations in the production process that will provide cost reduction of production and obtaining seedlings of good quality standard. One of the factors that influence the seedlings production is the container. Currently, plastic tubes (polyethylene) containers are commonly used in commercial scale for production of forest seedlings, but there are some disadvantages that can be solved using tubes that can be planted with seedlings in the soil, such as biodegradable tubes. However, these new products must be tested to prove the efficiency and to justify the use. In this context, this study aimed to evaluate the technical and economic feasibility of using biodegradable and polyethylene tubes in the production and quality of Paratecoma peroba seedlings (Record & Mell) Kuhlm., and its behavior after planting in the field. For technical feasibility study, the experiment was carried out in nursery and field and installed in randomized blocks, arranged in 4 x 2 factorial scheme, corresponding to four types of tubes, biodegradable tubes of 43 cm3 (TB 43) and 60 cm3 (TB 60), polyethylene tubes of 50 cm3 (TP 50) and 90 cm3 (TP 90), and two substrate compositions, 100% commercial (S1) and 90% commercial plus 10% of subsoil (S2) with five replications. In the nursery, at 90 days after sowing, morphological characteristics of seedlings were evaluated (height H, collar diameter CD, shoot dry matter SDM, root dry matter - RDM, and number of leaves - NL) and Dickson quality index (DQI). In the field at the time of seedlings planting, as well as at 30, 60, 90, and 120 days after planting, growth (H, CD, and NL) and seedlings survival evaluations were made. To study the economic viability, the costs of materials and operations of all production steps of Paratecoma peroba seedlings were counted in the nursery, using the four studied tubes in technical analysis. In the field during seedlings planting, the deployment cost was counted. For both, costs from TB and TP use were compared. The nursery seedlings quality was influenced by the tube volume and the used substrate, and in general the best values of H, CD, SDM, RDM, DQI, and NL were obtained in seedlings production by TP 90 filled with S1, followed by seedlings production by TB 60, TP 50, and TB 43. The seedlings survival in the field was on average 100% for all tested treatments, concluding the planted seedlings had a good quality standard. The seedlings growth after planting was influenced significantly (p≤ 0.05) by tube type in all evaluations and the best results were H, CD, and NL obtained with TP 90 and TB 60 use, followed by TP 50 and TB 43. The cost of seedlings production was influenced by the used tube type, whose unit value was (in Brazilian currency, Real R) R$ 0.343, R$ 0.344, R$ 0.353, and R$ 0.4205, respectively, to those produced in TB 43, 60 TB, TP 50, and TP 90. The total cost of planted seedling was R$ 1.758 R$ 1.764, R$ 1.813, and R$ 1.884, respectively, for those from TB 43, TB 60, TP 50, and TP 90. The use of biodegradable and polyethylene tubes in Paratecoma peroba seedlings produces seedlings of good standard quality and consequent growth and survive post-planting and therefore can be considered technically and economically viable. However, it is noteworthy that, for the use of biodegradable tubes in the seedlings production and forestry plantations on a commercial scale, it is prudent other studies, such as evaluating the growth and development of plants over the years, the time of decomposition of biodegradable tubes in soil and root system architecture of plants.
Palavras-chave: Plântulas
Qualidade de mudas
Substrato
Seedlings
Quality seedlings
Substratum
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::SILVICULTURA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Doutorado em Ciência Florestal
Citação: DIAS, Bruna Anair Souto. Comparative analysis of biodegradable and polyethylene tubes in seedlings production of Paratecoma peroba (Record & Mell) Kuhlm. 2011. 84 f. Tese (Doutorado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/567
Data do documento: 5-Set-2011
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,78 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.