Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/56
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorPais, Paloma Santana Moreira
dc.date.accessioned2015-03-19T19:30:08Z-
dc.date.available2012-08-22
dc.date.available2015-03-19T19:30:08Z-
dc.date.issued2012-02-15
dc.identifier.citationPAIS, Paloma Santana Moreira. Demand of eletricity in Brazil in the post-rationing. 2012. 92 f. Dissertação (Mestrado em Economia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/56-
dc.description.abstractO cenário de crescimento econômico do país no período posterior à implantação do Plano Real, com um crescimento acelerado da demanda de energia elétrica, associado à exaustão da capacidade de investimento do governo nos níveis necessários à expansão do sistema elétrico e ao regime hidrológico desfavorável deram origem ao programa de racionamento de energia, instituído no país entre junho de 2001 e fevereiro de 2002. Esse programa modificou os hábitos da população, que passou a adotar práticas mais eficientes no consumo de energia, indicando que um novo padrão de consumo poderia ter sido estabelecido. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi analisar as relações entre a demanda de energia elétrica do Brasil e seus principais determinantes (renda e tarifa) nas classes de consumo Residencial, Comercial e Industrial no período pós-racionamento, com vistas a identificar a existência de novos padrões de consumo. Para isso, foi realizada, inicialmente, uma análise da evolução do consumo de cada classe no período em questão, sendo, em seguida, estimadas as elasticidades-renda e preço da demanda a partir do modelo Estrutural de Autorregressão Vetorial (SVAR). Os resultados estimados indicaram que as elasticidades-renda das classes analisadas foram inferiores às obtidas na literatura, sugerindo que houve uma queda da intensidade elétrica da economia, resultante de um ajuste no setor elétrico depois do racionamento, que levou ao aumento da eficiência no uso da eletricidade. Para a elasticidade-preço, os resultados de todas as classes não foram significativos, indicando que não existe uma relação contemporânea entre consumo e tarifa de energia elétrica. A partir dos resultados das elasticidades-renda, e com as projeções de crescimento do PIB determinadas pelo Banco Central, foram feitas previsões para a taxa de crescimento da demanda de energia elétrica, as quais foram comparadas à taxa de crescimento da oferta, no período de 2012 a 2016. Dessa forma, observou-se que a oferta de energia elétrica deverá crescer a taxas superiores à demanda, o que indica um maior ajuste no setor elétrico nacional, com redução das perspectivas de desequilíbrio entre demanda e oferta. No entanto, isso só deverá ocorrer se não houver atrasos na operação das usinas hidrelétricas que estão em construção ou se o crescimento econômico não for superior ao previsto. Por isso, apesar da mudança no padrão de consumo ocasionada pelo racionamento, o governo deve continuar investindo na expansão da geração de energia elétrica e no gerenciamento do setor, a fim de que os riscos de cortes de energia ou de racionamento sejam minimizados, fazendo com que a falta de energia elétrica não se torne um entrave ao crescimento econômico nacional.pt_BR
dc.description.abstractThe scenario of the country's economic growth after the Real (Brazilian currency) Plan implementation, with accelerated growth of electricity demand, coupled with the capacity exhaustion of government investment in needed levels to expand the electric system and the unfavorable hydrological regime led to establish in the country the electricity rationing program between June 2001 and February 2002. This program has changed the population habits; they began to adopt more efficient practices in energy consumption, indicating that a new consumption pattern could have been established. Thus, this study aimed to analyze the relationship among electricity demand in Brazil and its main determinants (income and price) to Residential, Commercial, and Industrial consumption classes in the post-rationing, in order to identify the existence of new consumption patterns. For this reason, initial analysis of consumption trends for each class in the mentioned period was performed, and then the income elasticities and price of demand from Structural Vector Autoregressive (SVAR) models was estimated. Results indicated that the income elasticities of analyzed classes were lower than those ones from literature, suggesting that there was a decrease of electric intensity of the economy, resulting from adjustment in the electricity sector after the rationing, which led to increased efficiency in the use of electricity. For the price elasticity, the results of all classes were not significant, indicating that there is no contemporaneous relationship between consumption and electricity tariff. By results of the income elasticities, and with the projections of Gross Domestic Product (GDP) growth determined by the Brazilian Central Bank, forecasts were made for the growth rate of electricity demand, which were compared to the supply growth rate from 2012 to 2016. Thus, it was observed that the electricity supply should grow at rates higher than the demand, which indicates a greater adjustment in the national electricity sector, reducing the prospects of imbalance between demand and supply. However, this should only occur if there is no delay in operation of hydropower plants that are in construction or if economic growth is not higher than that one expected. Therefore, despite the changes in consumption patterns caused by rationing, the government should continue investing in the generation expansion of electricity and the in sector management, so that the risk of power cuts and rationing are minimized, making that the lack of electricity does not become an obstacle to national economic growth.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEnergia elétricapor
dc.subjectRacionamentopor
dc.subjectConsumopor
dc.subjectEletricityeng
dc.subjectRationingeng
dc.subjectConsumptioneng
dc.titleDemanda de energia elétrica no Brasil no período pós-racionamentopor
dc.title.alternativeDemand of eletricity in Brazil in the post-rationingeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1528455516493293por
dc.contributor.advisor-co1Lima, João Eustáquio de
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783228J6por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentEconomia e Gerenciamento do Agronegócio; Economia das Relações Internacionais; Economia dos Recursospor
dc.publisher.programMestrado em Economia Aplicadapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA DO BEM-ESTAR SOCIAL::ECONOMIA DO CONSUMIDORpor
dc.contributor.advisor1Mattos, Leonardo Bornacki de
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4735944Y0por
dc.contributor.referee1Gomes, Marília Fernandes Maciel
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780074U1por
dc.contributor.referee2Cassuce, Francisco Carlos da Cunha
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf737,64 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.