Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5731
Tipo: Dissertação
Título: Estratégias de suplementação para vacas de corte gestantes no período seco e suplementação de bezerros de corte lactentes com diferentes níveis de proteína
Título(s) alternativo(s): Strategies of supplementation of beef cows pregnant during the dry season and supplementation of beef suckling calves with different protein levels
Autor(es): Lopes, Sidnei Antônio
Primeiro Orientador: Paulino, Mário Fonseca
Primeiro coorientador: Detmann, Edenio
Segundo coorientador: Valadares Filho, Sebastião de Campos
Primeiro avaliador: Queiroz, Augusto César de
Segundo avaliador: Valadares, Rilene Ferreira Diniz
Abstract: O presente trabalho foi elaborado com base em dois experimentos relacionados a avaliações, produtiva e nutricional de bovinos de corte, suplementados a pasto. O primeiro experimento teve como objetivo avaliar os efeitos da suplementação infrequente com substituição do farelo de soja pelo grão de soja sobre o desempenho produtivo, características nutricionais e eficiência de síntese microbiana de vacas de corte prenhes em pastagens de Uruchloa decumbens, no período seco. Utilizaram-se 35 vacas mestiças com predominância de sangue zebu, com idade média de aproximadamente 6 anos, com peso inicial e escore de condição corporal inicial médio de 450 ± 0,8 Kg e 4,3 ± 0,2 (escala de 1 a 9), respectivamente. O delineamento foi inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 2 x 2 +1, e sete repetições. Os tratamentos avaliados foram: dois suplementos múltiplos isoprotéicos, constituídos com duas fontes de proteína (Farelo de soja ou grão de soja), fornecidos em duas freqüências semanais de suplementação: diariamente ou 3 vezes por semana (segunda, quarta e sexta-feira), e um tratamento controle recebendo mistura mineral ad libitum. Os suplementos foram fornecidos em cocho conjunto nas quantidades 1,0 kg/animal/dia, e sempre as 10:00 h. Não houve efeito (P>0,10) das freqüências de suplementação e das fontes protéicas sobre o GMD e PCF. Os consumos de MST, FDNcp, e CNF não foram afetados (P>0,10) pela suplementação infrequente e fontes protéicas estudadas. Observaram-se efeitos da suplementação infrequente e fontes protéicas (P<0,10) sobre a digestibilidade da MS e CNF. A digestibilidade da FDNcp foi afetada(P<0,10) pela fonte protéica. A digestibilidade da PB foi afetada pela suplementação infreqüente (P<0,10). A suplementação infreqüente e a substituição do farelo de soja pelo grão de soja demonstram ser alternativas de manejo viáveis para sistema de produção de bovinos, uma vez que permitem desempenhos semelhantes. A suplementação infreqüente não interferiu no consumo dos nutrientes comparado a suplementação diária. O fornecimento diário de suplementos contendo grão de soja aumenta o escore de condição corporal de vacas de corte em pastejo. No segundo experimento objetivou-se avaliar os efeitos da suplementação com diferentes níveis de proteína bruta, sobre o desempenho produtivo, consumo e digestibilidade de nutrientes e eficiência de síntese de proteína microbiana em bezerros de corte lactentes em pastejo. Para tal, foram utilizados 55 bezerros, com idade média de 100 dias e peso médio inicial de 110 ± 7,5 kg, e suas respectivas mães (vacas de corte com predominância de sangue zebu), com peso inicial e escore de condição corporal inicial médio de 450 ± 15,98 kg e 3,5 (escala de 1 a 9), respectivamente. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com cinco tratamentos e onze repetições. Os tratamentos destinados aos bezerros foram constituídos dos níveis de proteína bruta nos suplementos, 8; 19; 30 e 41% de PB com base na matéria natural. Adicionalmente, estabeleceu-se um grupo controle recebendo apenas mistura mineral ad libitum. Os suplementos foram fornecidos diariamente, na quantidade de 0,5% do peso corporal dos bezerros. As vacas receberam apenas mistura mineral ad libitum. Os bezerros suplementados apresentaram maior (P<0,10) ganho médio diário (GMD). Os níveis de proteína apresentaram efeito quadrático (P<0,10) sobre o GMD. Os consumos de MSP e FDND apresentaram perfis cúbicos (P<0,10) com os níveis de PB nos suplementos. Não houve diferenças entre as ingestões de MST, MOT e FDNcp (P>0,10). A suplementação elevou (P<0,10) a digestibilidade dos nutrientes, com exceção da digestibilidade da fibra em detergente neutro. A suplementação elevou (P<0,10) a produção de nitrogênio microbiano, assim como as perdas de N na urina. O uso de suplementos múltiplos contendo 35% de PB propicia maior ganho de peso dos animais em relação aos animais que recebem apenas mistura mineral. O consumo de suplementos substitui parte do pasto ingerido pelos bezerros, melhorando a digestibilidade da dieta.
This study was based on two experiments on ratings, production and nutrition of beef cattle supplemented on pasture. The first experiment was to evaluate the effects of supplementation with infrequent replacement of soybean meal by soybean on productive performance, nutritional characteristics and microbial efficiency in beef cows pregnant in Uruchloa decumbens pastures in the dry period. Thirty five crossbred cows with predominance of zebu, with an average age of approximately six years, with initial weight and initial body condition score average of 450 ± 0.8 kg and 4.3 ± 0.2 (scale of 1 to 9), respectively. The design was completely randomized in a factorial 2 x 2 +1, and seven repetitions. The treatments evaluated were; two isoprotéicos multiple supplements, made with two protein sources (soybean meal and soybean), provided in two weekly supplmentation, daily or three times a week (Monday, Wednesday and Friday) and control receiving mineral ad libitum. The supplements were provided in the trough in the amounts set 1.0 kg / animal / day, and always 10:00 a.m.. There wasn t effect (P>0.10) the frequency of supplementation and protein source on average gain and end body weight. The intakes of DM, NDF and NFC weren t affected (P>0.10) by supplementation and infrequent protein sources. Effects were observed infrequently and sources of supplementation protein (P<0.10) on digestibility of DM and NFC. The NDF digestibility was affected (P<0.10) by protein sources. The CP digestibility was affected by infrequent supplementation (P>0.10). The infrequent supplementation and replacement of soybean meal by soybean prove to be viable alternative management system for cattle, since they allow similar results. Infrequent supplementation did not affect the intake of nutrients compared to daily supplementation. The daily supply supplements containing soybean increases the body condition score of beef cows on pasture. In the second experiment was to evaluate the effects of supplementation with different levels of crude protein on productive performance, intake and digestibility of nutrients and efficiency of microbial protein synthesis in beef suckling calves grazing pasture. Fifty five calves, with a mean age of 100 days and average weight of 110 ± 7.5 kg, and their mothers (beef cows with predominance of zebu), with initial weight and initial body condition score average of 450 ± 15 , 3.5 and 98 kg (range 1-9), respectively. The experimental design was completely randomized with five treatments and eleven replications. The calves were allocated to treatments consisting of protein levels in supplements, 8, 19, 30 and 41% CP based on natural materials. Additionally, we established a control group receiving only mineral mixture ad libitum. The supplements were daily at a rate of 0.5% of body weight of calves. The cows received only mineral mixture ad libitum. Supplemented calves had higher (P<0.10) average daily again. Protein levels showed quadratic effect (P<0.10) for average daily again. The intakes DM and DNDF, profiles were cubic (P <0.10) with the CP levels in supplements. There weren t differences between the intakes of TMD, TMO, NDF (P> 0.10). Supplementation increased (P<0.10) digestibility of nutrients, except for the digestibility of NDF. Supplementation increased (P<0.10) the production of microbial nitrogen, and N losses in urine. The use of multiple supplements containing 35% CP provides greater weight gain of animals compared to animals receiving only mineral mixture. The intakes of supplements replace part of the pasture ingested by calves, improving the digestibility of the diet.
Palavras-chave: Creep-feeding
Desempenho
Matrizes
Creep-feeding
Desempenho
Matrizes
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL::AVALIACAO DE ALIMENTOS PARA ANIMAIS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: LOPES, Sidnei Antônio. Strategies of supplementation of beef cows pregnant during the dry season and supplementation of beef suckling calves with different protein levels. 2012. 72 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5731
Data do documento: 16-Fev-2012
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf946,45 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.