Locus  

Caracterização morfogênica de oito cultivares do gênero Brachiaria e dois do gênero Panicum

Show simple item record

dc.creator Silveira, Márcia Cristina Teixeira da
dc.date.accessioned 2015-03-26T13:55:13Z
dc.date.available 2007-04-17
dc.date.available 2015-03-26T13:55:13Z
dc.date.issued 2006-09-27
dc.identifier.citation SILVEIRA, Márcia Cristina Teixeira da. Morphogenetic characterisation of eight cultivars of the Brachiaria and two cultivars of the Panicum genus. 2006. 111 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006. por
dc.identifier.uri http://locus.ufv.br/handle/123456789/5749
dc.description.abstract O experimento deste estudo foi conduzido em área do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Viçosa (UFV), em Viçosa, MG, e teve início no dia 30/12/2004, estendendo-se até 30/06/2005. O objetivo foi utilizar a morfogênese comparativa de diferentes cultivares de plantas forrageiras, de forma a identificar características que pudessem melhorar o atual protocolo de avaliação e seleção de plantas forrageiras. Os tratamentos corresponderam a 10 cultivares, sendo oito pertencentes ao gênero Brachiaria e dois ao Panicum, todos avaliados em condições de crescimento livre. O delineamento utilizado foi o de blocos completos ao acaso com três repetições. Avaliaram-se: altura, características morfogênicas e estruturais de perfilhos, variação do número de folhas nos perfilhos (número de folhas surgidas, vivas e mortas), as taxas de aparecimento, mortalidade e sobrevivência de perfilhos e o padrão demográfico de perfilhamento. Os cultivares pertencentes ao gênero Panicum foram os que apresentaram maior altura, sendo que a B. brizantha cv. Xaraés se mostrou semelhante a esse gênero. No outro extremo, plantas forrageiras de menor porte foram identificadas, dentre elas B. humidicola cultivar Tupi. Os outros cultivares do gênero Brachiaria se posicionaram de maneira intermediária. Houve diferença entre os cultivares com relação ao número de dias para o florescimento e separação deles em dois grupos: (1) Florescimento tardio: Mombaça, Tanzânia, Capiporã e Xaraés; (2) Florescimento precoce: Marandu, Piatã, Arapoty, Basilisk, Tupi e Humidicola Comum. O cultivar Tupi apresentou maior taxa de aparecimento de folhas (TApF), bem como uma das menores TAlF e menor Filocrono (Filoc). Maiores valores de filocrono foram registrados nos cultivares Capiporã, Xaraés e Piatã. Valores mais altos de TAlF foram encontrados entre os cultivares de P. maximum e mais baixos nos cultivares Humidicola Comum, Basilisk e Tupi. A B. humidicola cv. Tupi apresentou elevada taxa de alongamento de colmo (TAlC), e B. brizantha cv. Capiporã teve os menores valores dessa variável. A duração de vida das folhas (DVF) foi menor no cultivar Tupi, seguido pelos cultivares Humidicola Comum e Arapoty, relativamente aos cultivares Piatã, Xaraés, Capiporã, Mombaça e Tanzânia, demonstrando maior renovação de tecidos nos três primeiros cultivares. Com relação à taxa de senescência de folhas (TSeF), não se encontrou diferença entre os cultivares, sendo o número de folhas vivas (NFV) variável entre estes. Tupi foi o cultivar que apresentou o maior NFV por perfilho. De maneira geral, na variação do número de folhas nos perfilhos foi observado que as B. brizantha apresentaram comportamento parecido com os cultivares de P. maximum e B. decumbens mais próximo das B. humidicola. As taxas de aparecimento, mortalidade e sobrevivência de perfilhos variaram entre os cultivares estudados, de forma que genótipos com alta TApF demonstraram maior potencial em emitir perfilhos. No que se refere à taxa de mortalidade de perfilhos, os cultivares de B. humidicola e B. decumbens cv. Basilisk apresentaram os maiores valores. Maiores taxas de sobrevivência de perfilhos foram registradas para os cultivares Xaraés, Capiporã e Mombaça, não diferindo dos cultivares Marandu, Arapoty e Tanzânia. Com relação à demografia de perfilhos, observou-se que ela variou substancialmente entre as gramíneas. Verificou-se também que o aparecimento de perfilhos foi inicialmente elevado, sendo que a segunda e, ou, terceira geração apresentaram importante contribuição no número total de perfilhos de todos os cultivares ao final do período de avaliação. Uma análise multivariada, denominada análise de componentes principais, feita originalmente com as 17 variáveis estudadas, demonstrou ser interessante para agrupar cultivares, segundo características funcionais. Porém, com o objetivo de reduzir o número de variáveis de forma a explicar a maior proporção possível da variação no banco de dados, uma nova análise foi realizada, eliminando-se as variáveis altamente correlacionadas. A nova análise resultou na identificação de três grupos funcionais, sendo um formado pelos cultivares Mombaça, Xaraés e Tanzânia, um segundo formado pelos cultivares Piatã, Capiporã, Marandu e Arapoty e um terceiro pelos cultivares Basilisk, Humidicola Comum e Tupi. Dentre as oito variáveis utilizadas, aquelas que se mostraram mais eficientes na discriminação de cultivares foram TApF, TAlF, CFiF e TMNTo. Nesse caso, cerca de 85% da variação total foi explicada pela variação nessas quatro variáveis, indicando o potencial de aplicação da morfogênese em estudos desta natureza. pt_BR
dc.description.abstract The present experiment was carried out at Departamento de Zootecnia, Federal University of Viçosa (UFV), MG, from 31/12/2004 until 30/06/2005. The objective was to use the comparative morphogenesis of different forage grass plant cultivars in order to identify some characteristics that could enhance the current protocols used to evaluate and select forage plants. Treatments corresponded to 10 grass cultivars, eight belonging to the Brachiaria genus and two to the Panicum genus, all evaluated under continuous growth condition. The experimental design used was a complete randomised block with three replications and response-variables studied were: tiller height; tiller morphogenetic and structural characteristics; number of leaves per tiller (emerged, live and dead); tiller appearance, death and survival rates; and tiller demography. Tiller height of the two Panicum cultivars was higher than all the Brachiaria cultivars, except the Xaraés cultivar of B. brizantha. The lowest value of tiller height was recorded for the Tupi cultivar of B. humidicola, with the other Brachiaria cultivars ranking in intermediate positions. Cultivars differed in relation to number of days to flowering and could be separated into two groups: (1) Late flowering cultivars: Mombaça, Tanzânia, Capiporã and Xaraés; (2) Early flowering cultivars: Marandu, Piatã, Arapoty, Basilisk, Tupi and Humidicola Comum. The Tupi cultivar of B. humidicola showed the highest rate of leaf appearance (LAR) and the lowest rate of leaf elongation (LER) and phyllochron. Large phyllochron values were recorded for cultivars Capiporã, Xaraés and Piatã. Highest values of leaf elongation rate were recorded for the two Panicum cultivars and the lowest for cultivars Humidicola Comum, Basilisk and Tupi. The cultivar Tupi of B. humidicola and Capiporã of B. brizantha showed high and low stem elongation rates (SER), respectively. Leaf lifespan was lowest for the Tupi cultivar, followed by cultivars Humidicola Comum and Arapoty in relation to cultivars Piatã, Xaraés, Capiporã, Mombaça and Tanzânia, indicating higher tissue turnover on the former three cultivars. There was no difference among cultivars in rates of leaf senescence. The number of live leaves per tiller (NLL) varied with grass cultivar, with Tupi being the cultivar with the highest recorded value. In general, considering the pattern of variation in NLL, the B. brizantha cultivars showed a similar behaviour to the Panicum cultivars, and B. decumbens similar to the B. humidicola cultivars. Rates of tiller appearance, death and survival varied with grass cultivars, with higher tillering potential being associated with cultivars with high leaf appearance rates. Tiller death was higher for the B. humidicola cultivars and B. decumbens cv. Basilisk, and tiller survival higher for cultivars Xaraés, Capiporã and Mombaça, which were not different from cultivars Marandu, Arapoty and Tanzânia. There was also difference among cultivars in relation to tiller demography. In general, tiller appearance was initially high, and the second and/or third generation of tillers contributed significantly for tiller population at the end of the experiment. A principal component analysis (PCA) carried out initially on the 17 response-variables studied, showed the potential for grouping cultivars according to functional characteristics. A second PCA was carried out with a lesser number of variables, obtained by suppressing those that were calculated as derived variables. This new PCA sorted all the grass cultivars into three functional groups: (1) Mombaça, Tanzânia and Xaraés; (2) Piatã, Capiporã, Marandu and Arapoty; and (3) Basilisk, Humidicola Comum and Tupi. Among the eight response-variables used in the analysis, the most efficient in discriminating groups and cultivars were leaf appearance and elongation rate, final leaf length and tiller mortality rate. This four variables explained around 85% of the total variation in the data set, suggesting the potential for using morphogenesis as part of the protocols used for evaluating and selecting new forage plant cultivars. eng
dc.description.sponsorship Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
dc.format application/pdf por
dc.language por por
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa por
dc.rights Acesso Aberto por
dc.subject Morfogênese por
dc.subject Perfilhamento por
dc.subject Brachiaria brizantha por
dc.subject Brachiaria humidicola por
dc.subject Brachiaria decumbens por
dc.subject Panicum maximum por
dc.subject Morfogenesis eng
dc.subject Tiller eng
dc.subject Brachiaria brizantha eng
dc.subject Brachiaria humidicola eng
dc.subject Brachiaria decumbens eng
dc.subject Panicum maximum eng
dc.title Caracterização morfogênica de oito cultivares do gênero Brachiaria e dois do gênero Panicum por
dc.title.alternative Morphogenetic characterisation of eight cultivars of the Brachiaria and two cultivars of the Panicum genus eng
dc.type Dissertação por
dc.contributor.advisor-co1 Euclides, Valéria Pacheco Batista
dc.contributor.advisor-co1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783984P3 por
dc.contributor.advisor-co2 Silva, Sila Carneiro da
dc.contributor.advisor-co2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4784102D0 por
dc.publisher.country BR por
dc.publisher.department Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul por
dc.publisher.program Mestrado em Zootecnia por
dc.publisher.initials UFV por
dc.subject.cnpq CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::PASTAGEM E FORRAGICULTURA por
dc.creator.lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4702818U6 por
dc.contributor.advisor1 Nascimento Júnior, Domicio do
dc.contributor.advisor1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4727632A3 por
dc.contributor.referee1 Valle, Cacilda Borges do
dc.contributor.referee1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780046J2 por
dc.contributor.referee2 Fonseca, Dilermando Miranda da
dc.contributor.referee2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780539D6 por


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Zootecnia [1031]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Zootecnia

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account