Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5759
Tipo: Dissertação
Título: Pastagens de capim-braquiária em sistema silvipastoril com eucalipto
Título(s) alternativo(s): Pastures of signal grass in silvopastoral system with eucalyptus
Autor(es): Machado, Vitor Diniz
Primeiro Orientador: Fonseca, Dilermando Miranda da
Primeiro coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Primeiro avaliador: Oliveira Neto, Silvio Nolasco de
Segundo avaliador: Chizzotti, Fernanda Helena Martins
Terceiro avaliador: Ribeiro, Karina Guimarães
Abstract: O conhecimento do padrão de crescimento da forrageira quando cultivada sob diferentes arranjos espaciais arbóreos pode auxiliar na definição de metas de manejo mais adequadas para o pasto em sistema silivipastoril.Objetivou-se com este trabalho avaliar a influência do arranjo espacial de plantio do híbrido Eucalyptus grandis x E. urophylla (Urograndis) sobre o estabelecimento e o padrão de crescimento da Brachiaria decumbens (capim-braquiária). Foram avaliados seis arranjos de plantio de eucalipto em consórcio com o capim-braquiária em um fatorial 2x3+1, correspondendo a 2 espaçamentos (2 e 4 m) entre as plantas na linha e 3 espaçamentos entre as linhas de plantio (6, 8 e 10 m) e 1 controle (capim-braquiária). Foram conduzidos dois experimentos distintos na mesma área experimental. No primeiro experimento, o capim-braquiária foi manejado entre 10 e 20 cm de altura, onde se avaliou durante todo ano de 2011 a produção da planta forrageira, a densidade populacional de perfilhos e a relação lâmina: colmo. O segundo experimento teve início em outubro de 2011, ou seja, concomitantemente ao primeiro experimento, com a subdivisão dasunidades experimentais. Nesse segundo experimento, o pasto foi manejado segundo o critério de 95% de interceptação da radiação fotossinteticamente ativa, tendo sido avaliadas as características morfogênicas, estruturais e a produção do capim-braquiária.Em geral, o consórcio do capim-braquiária com eucalipto diminuiu a densidade populacional de perfilhos. Além disso, quando a forrageira foi manejada entre 10 e 20 cm de altura houve redução da produção de massa seca do capim-braquiária consorciado no terço final do segundo ano após o plantio do eucalipto, independentemente do arranjo de plantio do eucalipto. Por outro lado, quando se utilizou o critério de 95% de interceptação da radiação, não foi observada diferença no acúmulo de forragem entre o espaçamento de 10 m as entre linhas de plantio e o monocultivo do pasto até o 26º mês de estabelecimento das culturas. Nessa estratégia de manejo as alturas em que o capim-braquiária consorciado com eucalipto interceptava 95% da radiação fotossinteticamente ativa foram superiores ao monocultivo, atingindo nos espaçamentos mais adensados (6x2) mais de 100% da altura do pasto em monocultivo.
Knowledge of the growth pattern of forage when grown under different spatial arrangements of trees can help define management goals more suitable for pasture in silivipastoril system. The objective of this study was to evaluate the influence of the spatial arrangement of planting hybrid Eucalyptus grandis x E. urophylla (urograndis) on the establishment and growth pattern of Brachiaria decumbens (signal grass). We evaluated six arrangements of eucalyptus plantation intercropped with signal grass in a 2x3 factorial +1, corresponding to 2 spacings (2 and 4 m) between plants in the row and 3 row spacings planting (6, 8 and 10 m) and 1 control (signalgrass). Two experiments were conducted in the same area distinct experimental. In the first experiment, the signal grass was managed between 10 and 20 cm in height, which evaluated throughout the year 2011 the production of forage plant population density of tillers and blade: stem. The second trial began in October 2011, ie, concurrently with the first experiment, with the subdivision of the experimental units. In this second experiment the pasture was managed according to the criterion of 95% interception of photosynthetically active radiation, which we evaluated the morphogenesis, structural and production of signal grass. In general, the consortium of signal grass with eucalyptus decreased tiller density. Furthermore, when the forage was managed between 10 and 20 cm in height was reduced dry matter production of signal grass intercropped in the final third of the second year after planting eucalyptus, regardless of the arrangement of planting eucalyptus. On the other hand, when using the criterion of 95% of radiation interception, there was no difference in forage accumulation between 10 m spacing between rows and planting monoculture pasture until the 26th month of crop establishment. In this management strategy heights where the signal grass intercropped with eucalyptus intercepted 95% of photosynthetically active radiation were higher than monoculture, reaching the denser spacing (6x2) over 100% sward height in monoculture.
Palavras-chave: Brachiaria decumbens
Silvipastoril
Pasto
Forragem
Brachiaria decumbens
Silvopastoral
Pasture
Forage
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: MACHADO, Vitor Diniz. Pastures of signal grass in silvopastoral system with eucalyptus. 2012. 59 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5759
Data do documento: 31-Jul-2012
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf973,84 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.