Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/577
Tipo: Tese
Título: Inclusão de critérios sociais na modelagem matemática do planejamento florestal
Título(s) alternativo(s): Inclusion of social criteria in mathematical modeling of forest planning
Autor(es): Monte, Marco Antonio
Primeiro Orientador: Leite, Hélio Garcia
Primeiro coorientador: Ribeiro, Carlos Antônio Alvares Soares
Segundo coorientador: Santos, Heleno do Nascimento
Primeiro avaliador: Nacif, Antonio de Pádua
Segundo avaliador: Nogueira, Gilciano Saraiva
Terceiro avaliador: Oliveira, Márcio Leles Romarco de
Abstract: Numa abordagem pioneira, buscou-se incluir, em modelo de planejamento florestal, abordagens sociais que contribuam para o desenvolvimento regional, que atendam às exigências da empresa e ampliem as oportunidades de geração de renda para a comunidade local. Nesse contexto, foram conduzidos estudos de caso acerca do uso dos modelos propostos, considerando-se povoamentos de eucalipto com 2.191 ha, localizados em três municípios e com idades de plantio variando entre 1 e 7 anos. O horizonte de planejamento utilizado foi de oito anos e a taxa líquida de desconto anual foi de 8,75%. Modelos de regulação florestal foram formulados de acordo com o modelo I de programação linear (PL), com o objetivo de maximizar a receita líquida global da empresa. As abordagens utilizadas compreenderam: 1) regulação da produção florestal com a estratificação espacial por município; 2) doação de árvores de pequeno porte (menor ou igual a 11,0 cm de diâmetro) para a comunidade, no momento da colheita florestal e 3) antecipação da regulação florestal. As abordagens propostas foram comparadas com o modelo usual de regulação florestal. A estratificação espacial por município não reduziu a receita líquida global da empresa e atendeu à demanda de madeira. Além disso, essa restrição promoveu menor variação no volume anual de produção de madeira. A regulação com a doação de árvores de pequeno porte resultou em redução no custo de colheita e, consequentemente, no aumento da renda líquida da empresa em 7,5%. Para a comunidade, foi gerada uma renda bruta significativa equivalente a 0,7% da renda líquida global da empresa. A antecipação da regulação reduziu a receita líquida global em 3,38%, mas promoveu ganho social aos municípios por assegurar que as operações florestais ocorrerão anualmente em cada município. As abordagens utilizadas contribuem inequivocamente para o desenvolvimento regional, favorecendo a arrecadação de impostos para os municípios e gerando renda para a comunidade.
The aim of this study was include social approaches in forest planning model that contribute to regional development, meet the company requirements and expand the income-generating opportunities for the local community. In this context, studies case were conducted about the use of the proposed models, considering eucalyptus stands with 2,191 ha, located in three districts and with planting ages ranging between 1 and 7 years. The planning horizon used was eight years and the net annual discount rate was 8.75%. Forest regulation models were formulated according to the model I of linear programming, with the goal of maximizing the overall net revenue of the company. The approaches used included: 1) Regulation of forest production with the spatial stratification by district; 2) donation of small trees (less than or equal to 11.0 cm diameter) to the community at the time of harvesting and 3) anticipation of the forest regulation. The proposed approaches were compared with the usual model of forest regulation. The spatial stratification by district did not reduce the overall net revenue of the company and met the demand for wood. Furthermore, this constraint promoted less variation in annual volume of wood production. The regulation made by donation of small trees resulted in reduction in cost of harvest and, consequently, increasing the company s net income in 7.5%. To the community, it was generated a significant total income equivalent to 0.7% of the company's overall net income. The anticipation of regulation reduced the overall net revenue at 3.38%, but promoted social gain to districts by ensuring that forestry operations would occur annually in each district. The approaches used clearly contribute to regional development by promoting the collections of taxes to the districts and generating income for the community.
Palavras-chave: Regulação florestal
Restrições sociais
Programação linear
Valor adicionado fiscal
Forest regulation
Social constraints
Linear programming
Value added tax
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Doutorado em Ciência Florestal
Citação: MONTE, Marco Antonio. Inclusion of social criteria in mathematical modeling of forest planning. 2012. 86 f. Tese (Doutorado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/577
Data do documento: 30-Abr-2012
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf603,88 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.