Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5772
Tipo: Dissertação
Título: Suplementação com farelo de soja ou grão de soja para novilhas de corte semi precoces em pastejo
Título(s) alternativo(s): Soybean meal or soybean supplementation for grazing beef heifers
Autor(es): Almeida, Daniel Mageste de
Primeiro Orientador: Paulino, Mário Fonseca
Primeiro coorientador: Rennó, Luciana Navajas
Segundo coorientador: Marcondes, Marcos Inácio
Primeiro avaliador: Chizzotti, Mario Luiz
Abstract: Esse trabalho foi elaborado a partir de dois experimentos com novilhas Nelore ou mestiças com predominância de sangue nelore submetidas a diferentes estratégias de suplementação a pasto. No primeiro experimento objetivou-se avaliar o efeito da substituição do farelo de soja pelo grão de soja sobre parâmetros nutricionais, eficiência de síntese microbiana e desempenho produtivo e reprodutivo de novilhas neloradas sob pastejo em Uruchloa decumbens durante o período de transição águasseca. Foram utilizadas 39 novilhas, com idade média inicial de 18 meses e peso médio inicial de 292,0±6 kg. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com quatro tratamentos com oito repetições, e o tratamento controle com sete repetições. Os suplementos continham 35% de proteína bruta (PB). Dois tratamentos tinham como fonte proteica o farelo de soja, e os outros dois tratamentos foram à base de substituição do farelo de soja pelo grão de soja em 100%. Os animais do grupo controle receberam apenas mistura mineral ad libitum. Os animais suplementados apresentaram ganho médio diário (GMD) superior aos animais não suplementados (P<0,10), e houve diferença de GMD entre os suplementados (P<0,10). Foi verificado efeito positivo da suplementação (P<0,10) sobre o consumo de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), carboidratos não fibrosos (CNF), nutrientes digestíveis totais (NDT) e fibra em detergente neutro corrigida para cinzas e proteína (FDNcp). Não houve diferenças (P<0,10) no consumo de MO e MS de pasto entre os suplementados e os não suplementados. A suplementação melhorou a digestibilidade da MS e de todos os constituintes da dieta (P<0,10), com exceção da FDNcp (P>0,10). As novilhas atingiram o peso necessário para que houvesse a primeira concepção, porém a genética dos animais não favoreceu o início da puberdade nesta fase. Conclui-se que o fornecimento de suplemento múltiplo otimiza o desempenho de novilhas em pastejo no período de transição águas-seca, e que a substituição do farelo de soja pelo grão de soja fornecido na quantidade de 0,5 kg/animal/dia altera o desempenho produtivo dos animais. No segundo experimento, objetivou-se avaliar o efeito da substituição do farelo de soja pelo grão de soja sobre parâmetros nutricionais, eficiência de síntese microbiana e desempenho produtivo e reprodutivo de novilhas neloradas sob pastejo em Uruchloa decumbens durante o período da seca. Foram utilizadas as mesmas 39 novilhas, com idade média inicial de 21 meses e peso médio inicial de 309,5±7 kg. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com quatro tratamentos com oito repetições, e o tratamento controle com sete repetições. Dois tratamentos tinham como fonte proteica o farelo de soja, e dois tratamentos tinham como fonte protéica o grão de soja, contendo 25% e 40% de proteína bruta. Ofertou-se 1 kg/animal/dia de suplemento. Os animais do grupo controle receberam apenas mistura mineral ad libitum. Os animais suplementados apresentaram GMD superior aos animais não suplementados (P<0,10), e não houve diferença de GMD entre os suplementados (P<0,10). Foi verificado efeito positivo da suplementação (P<0,10) sobre o consumo de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), carboidratos não fibrosos (CNF), nutrientes digestíveis totais (NDT) e fibra em detergente neutro corrigida para cinzas e proteína (FDNcp). Não houve diferenças (P<0,10) no consumo de MO e MS de pasto entre os suplementados e os não suplementados. A suplementação melhorou a digestibilidade da MS e de todos os constituintes da dieta (P<0,10). Conclui-se que o fornecimento de suplemento múltiplo otimiza o desempenho de novilhas em pastejo no período da seca, e que a substituição do farelo de soja pelo grão de soja não alterou o desempenho produtivo dos animais.
This work was prepared from two experiments with beef heifers submitted to different supplementation strategies on pasture. In the first experiment aimed to evaluate the effect of replacing soybean meal by soybean on nutritional parameters, microbial efficiency and productive and reproductive performance of heifers grazing in Uruchloa decumbens in the transition period water-dry. Were used 39 crossbred heifers with initial age and initial weight of 18 months and 292±6 kg, respectively. The experimental design was completely randomized with four treatments with eight replicates, and a control treatment with seven replications. The supplements contained 35% crude protein (CP). Two treatments had soybean meal as protein source and the other two treatments were based on replacement of soybean meal by soybean at 100%. The animals of the control group received only mineral salt ad libitum. The supplemented animals had high average daily gain (ADG) than control animals (P<0.10), and there was difference in ADG among the supplements (P>0.10). There was effect of supplementation (P <0.10) on intake of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), non-fiber carbohydrates (NFC), total digestible nutrients (NDT) and neutral detergent fiber corrected for ash and protein (NDF). There were no differences (P>0.10) on intake of OM and DM grazing between the supplemented and non-supplemented. Supplementation improved DM digestibility and all constituents of the diet (P<0.10), with the exception of NDF (P>0.10). The heifers reached the required weight for there to be the first conception, but the genetics of animals did not favor the onset of puberty in this phase. It is concluded that the provision of multiple supplements optimizes the performance of heifers grazing during the period of water-dry transition and that the substitution of soybean meal by soybean provided in the amount of 0.5 kg/animal/day amending productive performance of animals. The second experiment aimed to evaluate the effect of replacement of soybean meal by soybean in multiple supplements on nutritional parameters, microbial efficiency and productive and reproductive performance of heifers grazing in Uruchloa decumbens during the drought period. Were used the same 39 crossbred heifers with initial age and initial weight of 21 months and 309,5±7 kg, respectively. The experimental design was completely randomized with four treatments with eight replicates, and a control treatment with seven replications. Two treatments had soybean meal as protein source and two treatments had soybean as protein source, containing 25% and 40% crude protein. It was offered 1.0 kg/animal/day of supplement. The animals of the control group received only mineral salt ad libitum. The supplemented animals had high average daily gain (ADG) than control animals (P<0.10), and there was no difference in ADG among the supplements (P>0.10). There was effect of supplementation (P <0.10) on intake of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), ether extract (EE), non-fiber carbohydrates (NFC), total digestible nutrients (TDN) and neutral detergent fiber corrected for ash and protein (NDF). There were no differences (P>0.10) on intake of OM and DM grazing between the supplemented and non-supplemented. Supplementation improved DM digestibility and all constituents of the diet (P<0.10). It is concluded that the provision of multiple supplements optimizes the performance of heifers grazing during the dry season, and that the substitution of soybean meal by soybean did not amending productive performance of animals.
Palavras-chave: Farelo de soja
Soja
Novilhas de corte
Soybean meal
Soybean
Beef heifers
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: ALMEIDA, Daniel Mageste de. Soybean meal or soybean supplementation for grazing beef heifers. 2013. 66 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5772
Data do documento: 20-Mar-2013
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf369,48 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.