Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5804
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorOliveira Neto, Ariolino Moura de
dc.date.accessioned2015-03-26T13:55:23Z-
dc.date.available2014-10-03
dc.date.available2015-03-26T13:55:23Z-
dc.date.issued2013-07-16
dc.identifier.citationOLIVEIRA NETO, Ariolino Moura de. Evaluation of methionine sources in diets for broilers growing. 2013. 59 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/5804-
dc.description.abstractObjetivou-se com esse trabalho avaliar os efeitos das diferentes bioeficiências da MHA (Metionina Hidróxi-Análoga), quando utilizada como fonte de metionina em comparação a DL- Metionina, em diferentes relações de Proteína Ideal (PI), sobre o desempenho e qualidade de carcaça de frangos de corte na fase de crescimento. Foram utilizados 2400 frangos de corte machos da linhagem Cobb 500, de 14 a 28 dias de idade, distribuídos em delineamento em blocos casualizados divididos em 6 tratamentos e 16 repetições com 25 animais por unidade experimental. Os tratamentos com as respectivas fontes de metionina foram identificados como: T1 - assumiu-se que a MHA continha 88% de bioeficiência (BE) e um nível esperado de Metionina + Cistina de 0,750% com nível de lisina (Lis) de 1,01%, T2 - a fonte de metionina foi substituída pela DL-metionina considerando uma BE de 65% sem considerar a proteína ideal e mesmo nível de Lis que T1, T3 - utilizando a MHA considerando uma BE de 65% a um nível de lisina de 0,936%, T4 - é o mesmo do T3 somente com a substituição da MHA pela DLM, T5 - utilizando a MHA considerando uma BE de 65% ,so que a um nível de Lis de 1,01% e T6 - o mesmo do T5 só que substituindo a MHA pela DL-metionina. Avaliou-se as características de desempenho consumo de ração (CR), ganho de peso (GP), conversão alimentar (CA), peso final (PF) as características de carcaça, peso corporal (PC), peso de peito com osso (PPCO) e sem osso (PPSO), rendimento de peito sem pele com osso (RPCO) e sem osso (RPSO) e as características econômicas, Receita Bruta Média (RBMe), Custo Médio de Arraçoamento (CMeA), Margem Bruta Média (MBMe) e Índice de Rentabilidade (IR). Nenhuma diferença foi encontrada entre os tratamentos para o CR (P>0,05), entretanto no GP foi observada diferença menor (P<0,05) para T3 e T4 em relação a T1, T2, T5 e T6, aos quais não diferenciaram entre si (P>0,05). A CA foi melhor (P<0,05) para os T1 e T2 em relação a T3 e T4, porém os mesmo não diferiram (P>0,05) de T5 e T6. O mesmo aconteceu no PF de T3 e T4 que tiveram médias estatisticamente menores (P<0,05) que os demais. As ixmédias do PC de T3 e T4 foram menores (P<0,05) que a dos outros tratamentos, aos quais não diferenciaram entre si. O PPCO de T5 e T6 foram melhores (P<0,05) que as de T3 e T4, no entanto T1 e T2 não diferiram aos demais. O PPSO dos tratamentos 1, 2, 5 e 6 foram melhores (P<0,05) quando comparados a T3 e T4. Para a característica RPCO, não foi observada diferença (P>0,05) entre os tratamentos. A média do RPSO foi melhor (P<0,05) em T5 e T6 quando comparados com T3 e T4, contudo nos tratamentos 1 e 2 não foram observadas diferença em relação aos demais. A RBMe dos tratamentos 1, 2, 5 e 6 não diferiram entre si (P>0,05), no entanto foram melhores quando comparados a T3 e T4.O inverso foi observado no CMeA onde T1 e T2 tiveram um custo menor (P<0,05) que os demais tratamentos. Na avaliação do parâmetro MBMe T5 e T6 foram melhores (P<0,05) que os T3 e T4 enquanto T1 e T2 não diferiram de nenhum dos outros tratamentos. Nenhuma diferença (P>0,05) foi encontrada para o IR. Concluiu-se que não a diferença entre as fontes de metionina MHA e DLM, quando levada em consideração uma bioeficiência de 65% e mesma relação Lis:M+C, nas características de desempenho e qualidade de carcaça em frangos de corte de 14 a 28 dias de idade.pt_BR
dc.description.abstractThe objective of this study was to evaluate the effects of different bio efficiencies (BE) of MHA (Methionine Hydroxy-Analogue), when used as a source of methionine compared to DL-Methionine (DLM) in different ratio of Ideal Protein (IP) on the performance and quality of carcass of broilers during growth. Were used 2400 Commercial Cobb 500 broilers, from 14 to 28 days of age in randomized blocks divided into 6 treatments and 16 repetitions with 25 birds per experimental unit. The treatments with the respective sources of methionine were identified as: T1 - it was assumed that 88% of MHA contained BE and an expected level of Methionine + Cystine 0.750% with level of lysine (Lys) of 1.01 %, T2 - a source of methionine has been replaced by considering a DLM with 65% of BE and without considering the PI and Lys same level as T1, T3 - using the MHA considering an BE of 65% to a level of lysine 0.936%, T4 - is the same of T3 only with the replacement of the MHA to DLM, T5 - using MHA considering a 65% of BE, however Lys at a level of 1.01%, T6 just the same of T5 but replacing DLM for MHA. Was evaluated the performance characteristics of feed intake (FI), weight gain (WG), feed conversion (FC), final weight (FW), the carcass characteristics, body weight (BW), Breast with skin & bone weight (BSBW), Breast fillet weight (BFW), Breast with skin &bone yield (BSBY) Breast fillet yield (BFY) and the economic characteristics, Average gross revenue (AGR), Average cost of feed management (ACF), Average gross margin (AGM) and Profitability index (PI). No differences were found between treatments for FI (P> 0.05), however the WG minor difference was observed (P <0.05) for T3 and T4 compared to T1, T2, T5 and T6, which no differ from each other (P> 0.05). The FC was better (P <0.05) for T1 and T2 compared to T3 and T4, but the same did not differ (P> 0.05) of T5 and T6. The same happened in the FW of T3 and T4 that had means statistically lower (P <0.05) than the other. The average BW of T3 and T4 were lower (P <0.05) than the other treatments, which did not differ among themselves. The BSBW of T5 and T6 were better (P <0.05) than those of T3 and T4, xihowever T1 and T2 did not differ to others. The BFW of treatments 1, 2, 5 and 6 were higher (P <0.05) as compared to T3 and T4. For the characteristic BSBY, no difference was observed (P> 0.05) between treatments. The average of BFY was better (P <0.05) at T5 and T6 compared to T3 and T4, however in treatments 1 and 2 were not observed difference in relation to others. The AGR of treatments 1, 2, 5 and 6 did not differ (P> 0.05), but was better when compared to T3 and T4.O opposite was observed in ACF where T1 and T2 had a lower cost (P <0.05) than the other treatments. In the evaluation of the parameter AGM, T5 and T6 were higher (P <0.05) than the T3 and T4 as T1 and T2 did not differ from any of the other treatments. No differences (P> 0.05) was found for the IR. It was concluded that there is no difference between sources of methionine MHA and DLM when taken into account a 65% of BE on the same Lis: M + C relationship, in the performance characteristics and carcass quality in broilers from 14 to 28 days old.eng
dc.description.sponsorship
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFrango de corte - Nutriçãopor
dc.subjectFrango de corte - Registro de desempenhopor
dc.subjectNutrição animal - Proteínaspor
dc.subjectAminoácidos na nutriçãopor
dc.subjectBroiler - Nutritioneng
dc.subjectBroiler - Performance registryeng
dc.subjectAnimal nutrition - Proteineng
dc.subjectAmino acid in the nutritioneng
dc.titleAvaliação de fontes de metionina em rações para frangos de corte em crescimentopor
dc.title.alternativeEvaluation of methionine sources in diets for broilers growingeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5566847966957520por
dc.contributor.advisor-co1Hannas, Melissa Izabel
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4795538Y6por
dc.contributor.advisor-co2Albino, Luiz Fernando Teixeira
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://lattes.cnpq.br/7930540518087267por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGenética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragiculpor
dc.publisher.programMestrado em Zootecniapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIApor
dc.contributor.advisor1Rostagno, Horácio Santiago
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783356H5por
dc.contributor.referee1Rodrigueiro, Ramalho José Barbosa
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8356524930901036por
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf432,04 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.