Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5807
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorLopes, Daniel dos Santos
dc.date.accessioned2015-03-26T13:55:23Z-
dc.date.available2014-08-25
dc.date.available2015-03-26T13:55:23Z-
dc.date.issued2009-05-08
dc.identifier.citationLOPES, Daniel dos Santos. Physical efectiveness of fiber to goats. 2009. 99 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/5807-
dc.description.abstractO presente estudo apresenta como especulação a possibilidade da existência de interações entre as características químicas e físicas de plantas forrageiras atuando sobre o desempenho de pequenos ruminantes. A literatura apresenta evidências das ações individuais destes fatores, mas existe uma lacuna nas informações quando se busca seus efeitos interativos. Para implantar esta linha de pesquisa objetivou-se avaliar possíveis variações no consumo de alimento bem como variações da massa fibrosa no rúmen de caprinos, em diferentes horários, quando da alteração na qualidade da fonte forrageira fornecida, bem como do tamanho da partícula deste alimento. Analisamos as combinações obtidas entre três níveis de qualidade (alta, média e baixa, em função da idade, respectivamente de 35, 50 e 65 dias) de feno de coast-cross (Cynodon dactylon), desintegrado para obter três tamanhos de partículas (pequeno, médio e grande) em delineamento experimental inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 3x3, com 6 repetições . Os animais utilizados eram cabritos machos, não-castrados, das raças Saanen e Alpina, com idade média de 191 ± 4 dias, e massa corporal de 24,68 ± 3,17 kg, . O perfil granulométrico dos alimentos, sobras e conteúdo ruminal foi avaliado com uso de peneiras com abertura de 4,76 mm; 2,38 mm; 1,19 mm; 0,70 mm e 0,297 mm. A massa e a composição de fibra no rúmen se mantiveram inalteradas ao longo do dia. Os valores de conteúdo ruminal fresco, de MS, de fibra, de fibra fisicamente efetiva e de material indigestível não diferiram entre as diferentes combinações entre qualidade e tamanho de partículas estudadas, tampouco para o tempo médio de renovação da matéria seca e da fibra no rúmen. O tempo médio de retenção da lignina variou com a qualidade da forragm oferecida, sendo menor para o feno de baixa qualidade, o que implica em maior taxa de passagem ruminal da lignina para compensar o consumo de material lignificado. O maior consumo de MS e FDN com o feno de baixa qualidade ocorreu quando da oferta de partículas de maior tamanho permitindo a seleção do alimento. Contrariamente, maiores consumos de FDN e lignina foram observados quando os cabritos recebiam o feno de alta e média qualidade em partículas de tamanho pequeno. O consumo maior de fibra fisicamente efetiva, para feno dos três níveis de qualidade esteve associado aos maiores tamanhos de partícula. Concluímos que a composição e a massa de fibra no conteúdo ruminal de caprinos não é alterada ao longo do dia; o tamanho de partícula associado ao maior consumo varia com a qualidade da forragem, e que por sua vez influencia o tempo médio de renovação da lignina no rúmen.pt_BR
dc.description.abstractThe present study presents as speculation the possibility of existence of interactions between both chemical and physical characteristics of forage plants acting on performance of small ruminants. The literature presents evidences of individual actions of those factors, but there is a lack on informations in respect to interactive effects. The objective of our work was to evaluate possible variations on feed intake, on rumen fiber mass of goats in different moments of the day according to alteration on source of forage offered as well as the particle size of that feed. We analyzed the combinations obtained among three levels of quality, named as high, medium and low based on age of the plant which was considered as 35, 50 and 60 days for haymaking of coast-cross (Cynodon dactylon), chopped to obtain three particle size (small, medium and long) by using an experimental randomized design in a 3 x 3 factorial arrangement with 6 repeats. Animals were non-castrated male Saanen and Alpine kids averaging 191 ± 4 days of age and body mass of 24.68 ± 3.17 kg. Granulometric profile of feed, refusals and ruminal content was evaluated by use of sieve openings of 4.76 mm, 2.38 mm, 1.19 mm, 0.70 mm and 0.297 mm. Mass and composition of fiber in the rumen were kept unaltered throughout the day. Values of fresh ruminal content, of DM, of fiber, of physically effective fiber, and of indigestible material did not differ among the different combinations between quality and particle size studied, nor to the average turnover time of dry matter and of fiber in the rumen. Average time of retention for lignin varied according to the quality of forage offered, with lower values for the hay of low quality, which implies in higher rate of ruminal passage of lignin to compensate the intake of lignified material. The higher intake of dry matter and NDF with the use of hay of low quality occurred as particles of higher size were offered allowing for selection of feed. Conversely, higher intake of NDF and lignin were observed as kids were offered high and medium quality hay chopped to present particles of small size. The higher intake of physically effective fiber was associated to hay with large particle size independent of the quality of the forage. We concluded that composition and fiber mass on rumen content of goats is not altered throughout of day and that the particle size associated with the higher intake varies with the quality of fiber which in turn influence the average turnover time of lignin in the rumen.eng
dc.description.sponsorship
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCaprinospor
dc.subjectRumenpor
dc.subjectFibrapor
dc.subjectExigência nutricionalpor
dc.subjectGoatseng
dc.subjectRumeneng
dc.subjectFibereng
dc.subjectNutritional requirementeng
dc.titleEfetividade física da fibra para caprinospor
dc.title.alternativePhysical efectiveness of fiber to goatseng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0225336389236691por
dc.contributor.advisor-co1Leão, Maria Ignez
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783340T9por
dc.contributor.advisor-co2Queiroz, Augusto César de
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783006P5por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGenética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragiculpor
dc.publisher.programMestrado em Zootecniapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL::EXIGENCIAS NUTRICIONAIS DOS ANIMAISpor
dc.contributor.advisor1Rodrigues, Marcelo Teixeira
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4788161Y5por
dc.contributor.referee1Vieira, Ricardo Augusto Mendonça
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4721711Y8por
dc.contributor.referee2Borges, Iran
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4786499Y1por
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf432,9 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.