Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5820
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorZanetti, Diego
dc.date.accessioned2015-03-26T13:55:25Z-
dc.date.available2014-12-10
dc.date.available2015-03-26T13:55:25Z-
dc.date.issued2014-07-22
dc.identifier.citationZANETTI, Diego. Nutritional requirements, feeding frequency and levels of calcium and phosphorus for Holstein x Zebu steers in confinement. 2014. 92 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/5820-
dc.description.abstractO presente trabalho foi desenvolvido com os objetivos de avaliar o consumo, a digestibilidade e o desempenho de bovinos mestiços em confinamento alimentados em diferentes frequências de alimentação com dietas contendo diferentes níveis de cálcio e fósforo; determinar suas exigências nutricionais de energia, proteína e macrominerais; e avaliar o efeito da redução do número de amostras destinadas às análises laboratoriais de sobras pelo agrupamento dessas amostras no período total do confinamento, sobre as estimativas de consumo. Foram utilizados 32 animais mestiços 1&#8260;2 Zebu x Holandês, machos, castrados, com peso corporal médio inicial de 377,46±49,4 kg. Inicialmente, quatro animais foram abatidos e tomados como referência para estimar o peso de corpo vazio (PCVZ) inicial dos animais remanescentes no experimento. 24 animais foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x3x2, com dois níveis de concentrado (30 e 60%), três frequências de alimentação (alimentação completa fornecida pela manhã, às 8:00 horas; volumoso fornecido em sua totalidade pela manhã e concentrado dividido em duas vezes, às 8:00 e às 16:00 horas; e alimentação volumosa e concentrada dividida em duas porções iguais ao dia) e dietas contendo ou não fontes inorgânicas de cálcio e fósforo. Os outros quatro animais foram alimentados diariamente ao nível de mantença, (1,1% do peso corporal em matéria seca). O volumoso foi a cana de açúcar triturada. Ao final de 84 dias, todos os animais foram abatidos, e a partir das amostras de carcaça e dos constituintes não carcaça foi determinada a composição corporal. No capítulo 1: Os consumos de matéria seca (MS) e dos nutrientes não foram afetados (P>0,05) pelas frequências de alimentação, mas foram superiores (P<0,05) para as dietas com 60% de concentrado. A suplementação com fosfato bicálcico afetou apenas o consumo de fósforo, superior para as dietas suplementadas. Não houve efeito da frequência de alimentação, nem da suplementação com fosfato bicálcico ou das suas interações (P>0,05) sobre as digestibilidades dos constituintes das dietas. Maiores níveis de concentrado proporcionaram maiores ganhos médios diários e rendimentos de carcaça quente e fria. No capitulo 2: As exigências de energia líquida (ELm) e metabolizável para mantença (EMm) foram obtidas relacionando a produção de calor (PC) e o consumo de energia metabolizável (CEM), enquanto as exigências de energia para ganho de peso (ELg) e as exigências líquidas de proteína para ganho foram obtidas em função do PCVZ e do ganho de peso de corpo vazio (GPCVZ). As exigências diárias de energia líquida e metabolizável para mantença foram de 86,48 e 126,15 kcal/PCVZ 0,75, respectivamente. As exigências de energia líquida para ganho podem ser obtidas pela equação: ELg = 0,0568±0,0025 × PCVZ0,75 × GPCVZ1,095. As eficiências de uso da energia metabolizável para mantença e para ganho são de 64 e 29,68%, respectivamente. As exigências de proteína metabolizável para mantença é de 4,14 g/PC0,75. As exigências liquidas de proteína para ganho de peso podem ser obtidas através da equação PLg = 236,36±30,06 × GPCVZ 19,84±6,14 × ER.. No terceiro capítulo: A relação entre o consumo de cada mineral e sua retenção foi expressa a partir de uma equação linear, sendo o intercepto considerado a exigência de mantença do mineral. Nas amostras de carcaça e não carcaça foram determinados a proporção de cada mineral, determinando- se assim o conteúdo corporal para cada um dos minerais, expressos em função do PCVZ. Não foram encontradas variações nas excreções fecal e urinária diárias de fósforo em função da suplementação com fosfato bicálcico. A ausência suplementação de fosfato bicálcico em dietas para bovinos em fase de terminação implica em menor retenção de cálcio e fósforo na carcaça. Os coeficientes de absorção foram de 83,34, 77,21, 82,57, 40,27 e 92,25% para cálcio, fósforo, magnésio sódio e potássio, respectivamente. As exigências líquidas diárias de mantença são de 28,18, 10,31, 50,11, 25,86, e 91,67 mg/PCVZ para cálcio, fósforo, magnésio, sódio e potássio, respectivamente. As exigências líquidas de cálcio, fósforo, magnésio, sódio e potássio para ganho de peso podem ser calculadas respectivamente pelas equações: Ca = GPCVZ × (51,77 × PCVZ-0,3023) ; P = GPCVZ × (30,87 × PCVZ-3459); Mg = GPCVZ × (0,865 × PCVZ-0,2133) ; Na = GPCVZ × (6,517 × PCVZ-0,3483); K = GPCVZ × (4,06 × PCVZ-0,1875). Conclui-se que o consumo, a digestibilidade dos nutrientes e o desempenho não foram afetados pelas frequências de alimentação adotadas nem pelos níveis de cálcio e fósforo, contudo foram melhorados com o aumento do nível de concentrado. Quanto à amostragem de sobras, recomenda-se fazer uma única amostra composta para 84 dias de confinamento. Os valores e equações obtidos para as exigências de animais mestiços Holandês × Gir diferem das obtidas pelo Br-Corte (2010), ressaltando- se que o número de animais com características semelhantes aos utilizados constituem pequena parte do banco de dados desse sistema.pt_BR
dc.description.abstractThis work was developed in order to evaluate the feed intake, digestibility and performance of crossbred cattle fed in confinement at different frequencies with diets containing different levels of calcium and phosphorus; determine the nutritional requirements of energy, protein and macro minerals; and evaluate the effects on consumption estimates when reducing the number of samples of leftovers for laboratory analyses by grouping these samples in the total period of the confinement. For that were used 32 1&#8260;2 crossbred Gir x Holstein barrows, with mean 377.46 ± 49.4 kg of initial body weight. Initially, four animals were slaughtered and used as a reference to estimate the initial empty body weight (EBW) of the remaining animals in the experiment. 24 animals were used in a completely randomized factorial 2x3x2 design with two concentrate diet levels (30 and 60%), three frequency (full diet fed in the morning, at 8:00 am; roughage provided in its entirety in the morning and concentrate divided into twice, at 8:00 and at 16:00 hours; and feeding roughage and concentrate divided into two equal portions per day) and diets with or without inorganic sources of calcium and phosphorus. The four other animals were fed daily at maintenance level (1.1% body weight on dry matter). The roughage used was crushed sugar cane. At the end of 84 days all animals were slaughtered and samples from the carcasses and not carcass constituents were taken to determinate composition. Chapter 1: The dry matter (DM) and nutrients were not affected (P> 0.05) by feeding frequencies but were higher (P <0.05) for diets with 60% of concentrate. Supplementation with dicalcium phosphate affected only the consumption of phosphorus that was higher for supplemented diets. There was no effect of feeding frequency, supplementation with dicalcium phosphate or their interactions (P> 0.05) on the digestibility of diets constituents. Higher levels of concentrate provided higher average of daily gains and income from hot and cold carcass. In Chapter 2: The net (NEm) and metabolizable energy (MEm) requirements for maintenance were obtained by relating heat production (CP) and metabolizable energy intake (MEI) while the energy requirements for weight gain (NEg ) and net protein requirements for weight gain were obtained as a function of EBW and empty body weight gain (EBWG). The daily requirements of metabolizable and net energy for maintenance were 86.48 and 126.15 kcal / PCVZ 0.75 respectively. The requirements for net energy gain can be obtained by the equation: NEg = 0.0568 ± 0.0025 × × PCVZ0,75 GPCVZ1,095. The efficiency of use of metabolizable energy for maintenance and gain are 64 and 29.68%, respectively. The metabolizable protein requirement for maintenance is 4.14 g / BW 0.75. The net protein requirements for weight gain can be obtained through the equation PLg = 236.36 ± 30.06 × EBW - 19.84 ± 6.14 × ER. Third chapter: The relationship between the consumption of each mineral and it retention was expressed as a linear equation, and the intercept considered the requirement for maintenance of the mineral. Using the samples of the carcass and no carcass were determined the proportion of each mineral, determining the body content for each mineral expressed as a function of EBW. No variations in daily fecal and urinary excretions of phosphorus according to the supplementation with dicalcium phosphate were found. The absence of dicalcium phosphate supplementation in cattle diets in the finishing phase implies lower retention of calcium and phosphorus in the carcass. The absorption coefficients were 83.34, 77.21, 82.57, 40.27 and 92.25% for calcium, phosphorus, sodium, magnesium and potassium, respectively. The net daily maintenance requirements are 28.18, 10.31, 50.11, 25.86, and 91.67 mg / EBW for calcium, phosphorus, magnesium, sodium and potassium, respectively. Net requirements for calcium, phosphorus, magnesium, sodium and potassium for weight gain can be calculated respectively by the equations: Ca = × EBW (EBW-51.77 × 0.3023); P = EBWG × (30.87 × EBW-3459); EBW = mg × (0.865 × EBW-0.2133); In EBW = × (6.517 × EBW-0.3483); EBW = K × (4.06 × EBW-0.1875). It is concluded that the intake, digestibility of nutrients and performance were not affected by the feeding frequencies adopted or by the levels of calcium and phosphorus added, but were improved with increasing level of concentrate. About the sampling of leftovers, it is recommended to make a single composite sample for 84 days of confinement. The values and equations obtained for the requirements of crossbred Holstein × Zebu differs from that obtained by Br- Corte (2010), emphasizing that the number of animals with similar characteristics like those used are a small part of the database of this system.eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectNutrição animalpor
dc.subjectMinerais na nutrição animalpor
dc.subjectFósforopor
dc.subjectCálciopor
dc.subjectBovino - Alimentação e raçõespor
dc.subjectAnimal nutritioneng
dc.subjectMinerals in animal nutritioneng
dc.subjectPhosphoruseng
dc.subjectCalciumeng
dc.subjectCattle - Food and feedeng
dc.titleExigências nutricionais, frequência de alimentação e níveis de cálcio e fósforo para bovinos Holandês x Zebu em confinamentopor
dc.title.alternativeNutritional requirements, feeding frequency and levels of calcium and phosphorus for Holstein x Zebu steers in confinementeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/2732067531322465por
dc.contributor.advisor-co1Rennó, Luciana Navajas
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4703874J9por
dc.contributor.advisor-co2Detmann, Edenio
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4760013T1por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGenética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragiculpor
dc.publisher.programMestrado em Zootecniapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMALpor
dc.contributor.advisor1Valadares Filho, Sebastião de Campos
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787028J6por
dc.contributor.referee1Valadares, Rilene Ferreira Diniz
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787025E4por
dc.contributor.referee2Paulino, Mário Fonseca
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787752E3por
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf820,38 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.