Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5832
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorPereira, Adriana Aparecida
dc.date.accessioned2015-03-26T13:55:27Z-
dc.date.available2007-07-19
dc.date.available2015-03-26T13:55:27Z-
dc.date.issued2007-02-26
dc.identifier.citationPEREIRA, Adriana Aparecida. Dietary digestible tryptophan levels for high genetical barrows for lean deposition from 97 to 125 kg. 2007. 44 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/5832-
dc.description.abstractO experimento foi conduzido para avaliar o efeito dos níveis de triptofano digestível sobre o desempenho e as características de carcaça de suínos pesados. Foram utilizados 80 suínos machos castrados híbridos comerciais, de alto potencial genético para deposição de carne magra na carcaça, com peso inicial de 97,0 ± 2,81 kg, distribuídos em delineamento experimental de blocos ao acaso, com cinco tratamentos (0,124; 0,133; 0,142; 0,151 e 0,160% de triptofano digestível), correspondendo às relações de 16,5; 17,7; 18,9; 20,1 e 21,3%, de triptofano: lisina digestíveis, com oito repetições e dois animais por unidade experimental. Os animais permaneceram no experimento até atingirem o peso final de 125,0 ± 3,31 kg. Os níveis de triptofano digestível das rações influenciaram o ganho de peso dos animais, que melhorou de forma quadrática até o nível estimado de 0,144%. O consumo de triptofano digestível aumentou de forma linear em função dos níveis de triptofano da dieta. Não houve efeito significativo dos tratamentos sobre o consumo de ração, conversão alimentar e características na carcaça. Concluiu-se que o nível estimado de 0,144% de triptofano digestível correspondente à uma relação de 19,2% com a lisina digestível, proporcionou a melhor resposta de ganho de peso dos suínos machos castrados de alto potencial genético, dos 97,0 aos 125,0 kg.pt_BR
dc.description.abstractThe experiment was conduced with objective of evaluate the effect of digestible tryptophan levels on the performance and carcass characteristics of heavy swine. A number of 80 commercial hybrid castrated swine males of high genetic potential for lean deposition on carcass were used, with initial and final body weight; respectively, of 97.0 ± 2.81 kg and 125.0 ± 3.31 kg distributed in a randomized experimental block design, with five treatments (0.124; 0.133; 0.142; 0.151 e 0.160% % of digestible tryptophan), respectively to the relationships of 16.5; 17.7; 18.9; 20.1 e 21.3% of digestible tryptophan lysine, with eight repetitions and two animals in each experimental unit. The digestible tryptophan level influenced the daily gain that improved by a quadratic way until the level of 0.144 %. The digestible tryptophan intake increased in a linear way when the tryptophan intake level was increased in the diet. It was not observed effect of the treatments on feed intake, feed conversion and carcass characteristics. It was concluded that the level of 0.144% of digestible tryptophan, corresponding a relationship of digestible tryptophan: lysine of 19.2%, provided the best results of weight gain for barrows with high genetic potential for lean deposition, from 97.0 to 125.0 kg.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAminoácidopor
dc.subjectCarcaçapor
dc.subjectDesempenhopor
dc.subjectTerminaçãopor
dc.subjectAmino acideng
dc.subjectCarcasseng
dc.subjectPerformanceeng
dc.titleNíveis de triptofano digestível em rações para suínos machos castrados de alto potencial genético dos 97 aos 125 kgpor
dc.title.alternativeDietary digestible tryptophan levels for high genetical barrows for lean deposition from 97 to 125 kgeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4779015A8por
dc.contributor.advisor-co1Donzele, Rita Flávia Miranda de Oliveira
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3783585152234703por
dc.contributor.advisor-co2Silva, Francisco Carlos de Oliveira
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4762759P6por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGenética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragiculpor
dc.publisher.programMestrado em Zootecniapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMALpor
dc.contributor.advisor1Donzele, Juarez Lopes
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787766D0por
dc.contributor.referee1Ferreira, Aloízio Soares
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783902J8por
dc.contributor.referee2Abreu, Márvio Lobão Teixeira de
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4701110A0por
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf357,85 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.