Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5847
Tipo: Dissertação
Título: Relação metionina mais cistina digestível: lisina digestível em dietas suplementadas com ractopamina para suínos em terminação
Título(s) alternativo(s): Increasing the digestible methionine plus cystine to digestible lysine ratio of finishing pigs fed ractopamine
Autor(es): Pena, Sérgio de Miranda
Primeiro Orientador: Lopes, Darci Clementino
Primeiro coorientador: Rostagno, Horácio Santiago
Segundo coorientador: Donzele, Juarez Lopes
Primeiro avaliador: Silva, Francisco Carlos de Oliveira
Segundo avaliador: Brustolini, Paulo César
Abstract: O experimento foi realizado com o objetivo de determinar a relação metionina mais cistina digestível/lisina digestível (Met+Cis/Lis) em suínos machos castrados suplementados com ractopamina (RAC), selecionados geneticamente para deposição de carne magra na carcaça, na fase de terminação. Foram utilizados 80 suínos machos castrados de alto potencial genético para deposição de carne magra na carcaça, com peso inicial de 84,64±1,28 kg, distribuídos em delineamento experimental de blocos ao acaso composto de cinco tratamentos, oito repetições e dois animais por unidade experimental, durante um período de 28 dias. O peso dos suínos foi adotado como critério na formação dos blocos. Os tratamentos foram constituídos de rações contendo 0,936% de lisina digestível (Lis), suplementadas (5 ppm) com ractopamina (RAC), com os níveis de 54; 58; 62; 66% de metionina + cistina digestível (Met+Cis) em relação à lisina digestível, correspondendo aos seguintes níveis de Met+Cis nas rações, 0,505; 0,543; 0,580; 0,617% e a dieta controle com 0,736% de Lis sem suplementação de ractopamina, com o nível de 62% de Met+Cis em relação à Lis, correspondendo ao nível de Met+Cis na ração de 0,456%. As relações Met+Cis/Lis não influenciaram o consumo de ração (CR), a conversão alimentar (CA) e o ganho de peso diário (GPD) dos suínos que consumiram dietas suplementadas com RAC. O maior índice de rentabilidade foi verificado em suínos suplementados com RAC e relação 0,54 Met+Cis/Lis. Os suínos suplementados com RAC obtiveram peso final de 2,30 kg a mais que os animais não suplementados com RAC, correspondendo a uma melhora de aproximadamente 2%. O GPD dos animais aumentou em 10%, enquanto a CA melhorou em 13% nos suínos suplementados com RAC. A suplementação de RAC não influenciou o CR dos animais. Em animais suplementados com RAC as relações Met+Cis/Lis não influenciaram a espessura de toucinho (ET), a quantidade de carne magra (QCM), o peso da carcaça (PC), a porcentagem de carne magra (PCM) e o rendimento de carcaça (RC). As relações Met+Cis/Lis influenciaram (P<0,01) a concentração de colesterol total no lombo de forma quadrática segundo a equação Y = -227,02+ 967,45X - 835,94X², (R² = 0,99) em que o menor teor de colesterol total foi verificado nos suínos alimentados com dietas na relação 0,66 Met+Cis/Lis, mas as concentrações de colesterol total no músculo Longissimus dorsi (lombo) e no toucinho não foram influenciadas pela suplementação de RAC nas dietas. A suplementação de RAC na dieta melhorou a QCM dos animais em aproximadamente 6% comparado aos suínos não suplementados com RAC. Os terminados suplementados com RAC apresentaram aumento de aproximadamente 4% no PC e 2% no RC quando comparado aos animais que não receberam RAC na ração. A suplementação de RAC não influenciou a ET e nem a PCM dos animais. Conclui-se que a relação 0,54 Met+Cis/Lis, atende as exigências de suínos em terminação de 85 aos 109 kg suplementados com ractopamina para melhor desempenho, características de carcaça e viabilidade econômica. A relação 0,66 Met+Cis/Lis proporciona a menor concentração de colesterol total no lombo e no toucinho de suínos em terminação suplementados com ractopamina.
The purpose of this study was to determine the digestible methionine plus cystine to digestible lysine ratio (Met+Cys/Lys) for barrows with high genetic potential for lean gain fed ractopamine (RAC) in finishing phase. Eighty barrows with an average initial body weight of 84.64±1.28 kg were allotted to dietary treatment on the basis of weight in randomized complete block design. Dietary treatments included a basal diet containing RAC (5 ppm) plus DL-Met, resulting in treatment diets containing Met+Cys/Lys of 0.54, 0.58, 0.62, 0.66 and a diet without RAC containing Met+Cys/Lys of 0.62, control (CONT). There were eight replications of barrows with two pigs per replicate during 28 days. Increasing the Met+Cys/Lys had no effects on average daily feed intake (ADFI), feed: gain ratio (F/G) and average daily gain (ADG) of pigs fed RAC. Barrows fed RAC and Met+Cys/Lys of 0.54 had the highest profitability index. The end weight of RAC-treated pigs was 2% higher compared to CONT pigs (by 2.3 kg). The RAC increased ADG by 10% and improved F/G by 13% compared to control pigs, but there were no differences in ADFI. Increasing the Met+Cys/Lys had no effects on fat depth (FD), fat-free lean mass (FFLM), carcass weight (CW), fat-free lean percentage (FFLP) and dressing (DR) for pigs fed RAC. The digestible methionine + cystine of the diet influenced in a quadratic way the cholesterol concentration, Y = -227,1900+ 9,6809X - 0,0837X², (R² = 0,99), being the Met+Cys/Lys of 0.66 for minimum cholesterol concentration, but the RAC had no effects on cholesterol concentration in muscle (Longissimus dorsi) and fat. The RAC increased FFLM by 6%, CW by 4% and DR by 2% compared to control pigs. However, the RAC had no effects on FD and FFLP of barrows. Thus, the optimum Met+Cys/Lys which will achieve maximal growth performance, carcass characteristics and economic return of finishing pigs (from 85 to 109 kg) fed RAC is 0.54. However, to minimize cholesterol concentration in muscle and fat the optimum Met+Cys/Lys is 0.66.
Palavras-chave: Suíno
Nutrição
Aminoácidos sulfurados
Desempenho
Características de carcaça
Colesterol
Swine
Nutrition
Amino acids
Performance
Carcass characteristics
Cholesterol
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: PENA, Sérgio de Miranda. Increasing the digestible methionine plus cystine to digestible lysine ratio of finishing pigs fed ractopamine. 2007. 76 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5847
Data do documento: 27-Fev-2007
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf249,35 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.