Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5856
Tipo: Dissertação
Título: Desempenho, síntese de proteína microbiana e comportamento ingestivo de novilhas leiteiras alimentadas com casca de café em substituição à silagem de milho
Título(s) alternativo(s): Performance, microbial protein synthesis and ingestive behavior of dairy heifers under replacement of corn silage by coffee hulls.
Autor(es): Teixeira, Rafael Monteiro Araújo
Primeiro Orientador: Campos, José Maurício de Souza
Primeiro avaliador: Valadares Filho, Sebastião de Campos
Segundo avaliador: Lana, Rogério de Paula
Terceiro avaliador: Pereira, Odilon Gomes
Quarto avaliador: Rennó, Luciana Navajas
Abstract: Objetivou-se avaliar a substituição da silagem de milho pela casca de café em dietas de novilhas leiteiras sobre os consumos e as digestibilidades aparentes totais dos nutrientes, o desempenho das novilhas, o comportamento ingestivo, a economicidade das dietas, os parâmetros ruminais, o balanço de nitrogênio e a produção de proteína microbiana. Foram utilizadas 24 novilhas leiteiras da raça Holandesa, puras e mestiças, distribuídas em um delineamento em blocos casualizados com quatro tratamentos e seis repetições formados de acordo com o peso inicial dos animais. Os tratamentos experimentais foram constituídos de quatro níveis de casca de café 0,0; 10,7; 20,7 e 30,7% na matéria natural, substituindo a silagem de milho, o que resultou em substituições médias de 0,0; 7,0; 14,0 e 21,0% na matéria seca total das dietas, respectivamente. Preparou-se uma mistura concentrada, que foi fornecida na quantidade de 2,0 Kg por animal por dia. Os consumos de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), cálcio (Ca), potássio (K) e sódio (Na) expressos em kg/dia aumentaram linearmente (P<0,05) com a adição de casca de café. Já os consumos de extrato etéreo (EE), carboidratos totais (CHO), carboidratos não fibrosos (CNF), fósforo (P), magnésio (Mg) e de nutrientes digestíveis totais (NDT), expressos em kg/dia, não foram alterados pela inclusão da casca de café nas dietas. As digestibilidades de MS, MO, PB, CHO, FDN e a concentração de NDT das dietas reduziram linearmente (P<0,05) com a substituição da silagem de milho pela casca de café. O ganho de peso decresceu linearmente (P<0,05) com a inclusão da casca de café nas dietas, estimando-se redução de 5,51 g/unidade de casca adicionada, porém o crescimento em cm/dia da cernelha e da garupa não foram influenciados pela adição de casca de café. Quanto ao comportamento ingestivo, não houve diferença entre as dietas, com relação aos tempos médios gastos com alimentação, ruminação e ócio, mas detectou-se que a eficiência de alimentação de MS e de FDN aumentaram linearmente (P<0,05) com o aumento dos níveis de casca de café nas dietas. Os consumos de compostos nitrogenados (N) bem como as excreções de N fecal e urinário aumentaram linearmente (P<0,05) com a adição de níveis crescentes de casca de café, resultando num balanço positivo de N em todas as dietas. Porém, a percentagem de N absorvido em relação ao consumido reduziu linearmente (P<0,05). As concentrações de amônia ruminal e a concentração de uréia no plasma (NUS) não variaram com a inclusão da casca de café. As excreções de ácido úrico (ACU), alantoína (ALU) e de derivados de purinas (DP), as purinas aborvidas (PA), os compostos nitrogenados microbianos (Nmic) e a eficiência microbiana (Efic M) reduziram linearmente (P<0,05) com a adição de casca de café. Conclui-se que a casca de café, substituindo a silagem de milho em até um nível de 30,7 % na matéria natural, aumentou o consumo de MS, porém reduziu a digestibilidade dos nutrientes e a eficiência microbiana, diminuindo conseqüentemente o desempenho dos animais. Além disto, foi observado que a utilização da casca de café nas dietas de novilhas leiteiras é viável até um nível de 14 % na matéria seca total da dieta, sendo seu uso dependente da disponibilidade e de recursos financeiros, embora, o maior retorno econômico tenha ocorrido no nível de 7 % na MS total das dietas, de acordo com os dados de consumo e ganho de peso, e para um custo da casca de café de aproximadamente 20 % do custo da silagem de milho.
The nutrients intakes and total apparent digestibility, performance, ingestive behavior, economic use of diet, ruminal parameters, nitrogen balance and microbial protein synthesis and ingestive behavior of dairy heifers under replacement of corn silage by coffee hulls were evaluated in this research. Twenty-four dairy Holstein heifers, purebred and crossbred, were assigned to a randomized block design, with four treatments and six replicates, according to the animal initial weight. The treatments were four coffee hulls levels: 0.0, 10.7, 20.7, and 30.7% as-fed basis, in replacement of corn silage, resulting in average replacements of 0.0, 7.0, 14.0 and 21.0% in dietary total dry matter, respectively. A 2.0 kg concentrate mix was daily fed to each animal. The intakes of dry matter (DM), organic matter (OM), crude protein (CP), neutral detergent fiber (NDF), calcium (Ca), potassium (K) and sodium (Na), expressed in kg/day showed linear (P<0.05) increase as the coffee hulls levels increased. The intakes of ether extract (EE), total carbohydrates (CHO), nonfiber carbohydrates (NFC), phosphorus (P), magnesium (Mg) and total digestible nutrients (TDN), expressed in kg/day, showed no effect as the dietary coffee hulls levels increased. The digestibility of DM, OM, CP, CHO, NDF and the dietary NDT concentration linearly decreased (P<0.05) under replacement of corn silage by coffee hulls. It was observed linear decrease (P<0.05) for weight gain, as the dietary coffee hulls levels increased, and a reduction of 5.51 g/unity added hulls was estimated, but wither and hip growth in cm/day were not affected by the coffee hulls levels increase. Regarding the ingestive behavior, no difference among diets for average time spent in eating, ruminating and idling were detected. However, it was observed that DM and NDF feeding efficiency showed linear increase (P<0.05), as the dietary coffee hulls levels increased. The nitrogen compounds intakes and urinary and fecal N excretion linearly increased (P<0.05) as the dietary coffee hulls levels increased, that resulted in N positive balance for all treatments. However, absorbed N percentage compared to the intaked linearly decreased (P<0.05). The ruminal ammonia concentrations and the plasma urea concentration (NUS) did not vary as the dietary coffee hulls levels increased. The excretions of uric acid, allantoin and purine derivatives, the absorbed purines, the microbial nitrogen compounds and the microbial efficiency linearly decreased (P<0.05) as the dietary coffee hulls levels increased. It was concluded that the replacement of corn silage by coffee hulls, uo to 30.7% as-fed basis, increased DM intake, but reduced the nutrients digestibility and the microbial efficiency and, consequently, animal performance. The use of coffee hulls in the dairy heifers diets is viable up to 14% dietary total dry matter, and it depends on its availability and financial resources, although the highest economic return was obtained at 7% dietary total dry matter, considering intake and weight gain and also a coffee hull cost approximately 20% corn silage cost.
Palavras-chave: Bovino de leite
Alimentação e rações
Silagem
Milho
Casca de café
Recria
Nutrição animal
Dairy cattle
Feeds and feeding
Silage
Corn
Coffee hulls
Reproduction
Animal nutrition
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul
Programa: Mestrado em Zootecnia
Citação: TEIXEIRA, Rafael Monteiro Araújo. Performance, microbial protein synthesis and ingestive behavior of dairy heifers under replacement of corn silage by coffee hulls.. 2005. 69 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Animais Domésticos; Nutrição e Alimentação Animal; Pastagens e Forragicul) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5856
Data do documento: 18-Fev-2005
Aparece nas coleções:Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf191,47 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.