Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/587
Tipo: Tese
Título: Isolamento e seleção de rizobactérias para a produção de mudas de Pinus spp
Título(s) alternativo(s): Rhizobacteria isolation and selection for Pinus spp. seedlings production
Autor(es): Brunetta, Juliana Margarido Fonseca Couto
Primeiro Orientador: Gomes, José Mauro
Primeiro coorientador: Alfenas, Acelino Couto
Segundo coorientador: Gonçalves, Wantuelfer
Primeiro avaliador: Fonseca, ésio de Pádua
Segundo avaliador: Lopes, Eli Sidney
Abstract: Os objetivos deste trabalho foram isolar e selecionar rizobactérias promotoras de crescimento de Pinus taeda, bem como verificar a especificidade destas para diferentes espécies de pinus (P. taeda, P. elliottii, P. oocarpa e P. caribaea hondurensis). Foram determinadas também a capacidade de solubilização de fosfato de isolados de rizobactérias selecionados e a colonização desses nas raízes das mudas das diferentes espécies de Pinus. Os isolados das rizobactérias foram obtidos de mudas de 150 dias de idade e a seleção das rizobactérias foi feita por meio da inoculação dos isolados em substrato comercial usado para produção de mudas. Após 150 dias de semeadura, avaliaram-se as variáveis morfológicas como altura da parte aérea, peso de matéria seca da parte aérea e do sistema radicular e o índice de qualidade de Dickson (IQD). O valor do IQD estabelecido como padrão para o estudo foi de 0,20. Na seleção dos isolados, para a variável peso de matéria seca da parte aérea e do sistema radicular das mudas das diferentes espécies, foram observadas diferenças significativas com relação às mudas-testemunha nos isolados 12 e 19, respectivamente. Quanto ao índice de qualidade de Dickson, constataram-se diferenças significativas entre as mudas-testemunha e as crescidas sobre os isolados UFV-D6, UFV-A3, UFV-C4, UFV-F4, UFV-E2 e UFV-B3, porém com valores abaixo do estabelecido como padrão no estudo. Dos 99 isolados testados, seis, UFV-AL9, UFV-AM5, UFV-AM2, UFV-F3, UFV-G2 e UFV-G4, foram selecionados por estimular o crescimento e melhorar a qualidade das mudas de P. taeda. Para a segunda etapa, esses seis isolados selecionados, bem como os isolados UFV-X2, UFV-Z1 e UFV-F6, foram utilizados nos testes para as demais espécies de pinus. O peso de matéria seca da parte aérea e de raízes e o índice de qualidade de Dickson (IQD) foram avaliados 150 dias após a semeadura. Foi constatada diferença significativa dos isolados UFV-AM5 e UFV-Z1 para o P. taeda, quanto ao peso de matéria seca da parte aérea e sistema radicular e ao índice de qualidade de Dickson. Para essas variáveis, foram observados também resultados positivos para as mudas de P. elliottii, destacando-se os isolados UFV-AM5, UFV-X2 e UFV-G2. De modo geral, pode-se concluir que existe especificidade dos isolados para diferentes espécies de pinus, indicando que as melhores médias para todas as variáveis foram para as mudas de P. taeda. Para observar a capacidade de colonização das rizobactérias, sementes de P. taeda foram microbiolizadas com os isolados de rizobactérias pré-selecionados na primeira etapa deste trabalho. A avaliação foi realizada visualmente aos 30 dias da semeadura. Todos os nove isolados testados apresentaram capacidade de colonização in vitro de raízes, porém apenas o isolado UFV-AM5 foi capaz de solubilizar fosfatos in vitro.
The objectives of this research were to isolate and select P. taeda growth promoting rhizobacterias and test the especificity of P. taeda strains on different pinus species (P. elliottii, P. oocarpa e P. caribaea hondurensis). Their capacity of colonizing P. taeda roots germinated in vitro and their ability to solubilize phosphates were also determinated. The bacterias were isolated from 150 day-old Pinus seedlings and the selection was carried out by the strains inoculation in comercial substract used for seedling production. After 150 days of sowing, the morphological variables as aerial part height, aerial part and root system dry matter, and Dickson s quality index (DQI) were evaluated. The DQI standard value used in his research was 0,20. In the strains selection, significantly differences were observed for the aerial part and root system dry matter weight for the different seedling species with relationship to the isolated control seedlings 12 and 19, respectively. In relation to Dickson s quality index, significantly differences were verified between the control seedlings and the ones grown on the strains UFV-D6, UFV-A3, UFV-C4, UFV-F4, UFV-E2 e UFV-B3, but with values below to that established as pattern in the study. From the 99 tested strains, six were selected (UFV-AL9, UFV-AM5, UFV-AM2, UFV-F3, UFV-G2 and UFV-G4) due to their capacity of stimulating the growth and quality improvement of P. taeda seedling. On the second part of the research, those six selected strains, as well as the strains UFV-X2, UFV-Z1 and UFV-F6, were used to test other species of pinus. The aerial part and roots dry matter weight and Dickon s quality index were evaluated after 150 days of sowing. The strains UFV-AM5 and UFV-Z1 presented significantly differences for P. taeda in relation to the aerial part and root system dry matter weight, and for Dickson´s index quality. These variables also presented positive results at the P. elliottii seedlings, especially the strains UFV-AM5, UFV-X2 and UFV-G2. In general, it was possible to conclude that there is strain especifity for the different pinus species, indicating that P. taeda seedlings had the best averages for all the variables. To observe the rhizobacteria colonization capacity, P. taeda seeds were microbiolized with rhizobacteria pre-selected strains on the first part of this research. The evaluation was accomplished visually on the 30th day of sowing. All the nine tested strains were able to colonize the roots in vitro, but only the strain UFV-AM5 was efficient on phosphates solubilization.
Palavras-chave: Rizobactérias
Pinus
Qualidade de mudas
Rhizobacterias
Pinus spp
Seedlings quality
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::SILVICULTURA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Doutorado em Ciência Florestal
Citação: BRUNETTA, Juliana Margarido Fonseca Couto. Rhizobacteria isolation and selection for Pinus spp. seedlings production. 2006. 70 f. Tese (Doutorado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/587
Data do documento: 21-Jul-2006
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,24 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.