Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5896
Tipo: Dissertação
Título: Smelt spout corrosion in a recovery boiler
Título(s) alternativo(s): Corrosão em bicas de fundido
Autor(es): Ribeiro, Júlio César Torres
Primeiro Orientador: Cardoso, Marcelo
Primeiro coorientador: Colodette, Jorge Luiz
Primeiro avaliador: Lins, Vanessa de Freitas Cunha
Resumo: Smelt Spout accidents are reported by Black Liquor Recovery Boiler Advisory Committee, BLRBAC, and constitute a real safety concern from the operational point of view. Typically smelt flows through water cooled spouts from furnace to the smelt dissolving tank and a failure can lead to smelt-water contact explosions. This work studies a real case where severe corrosion led to an in-service failure of one of the six spouts on a recovery boiler at Cenibra. The failure resulted in a large amount of cooling water entering the boiler and contacting smelt around the spout opening, but fortunately no smelt-water explosion occurred. An extensive investigation was conducted to determine the causes of the spout failure. It was concluded that the failure was caused by insufficient cooling water flow to the smelt spout, which, in turn, was caused by a sequence of events that occurred after a general black out of an electrical energy system at the mill. The experience has led to the development and placement of operating and maintenance procedures that ensure adequate cooling water flow to smelt spouts to prevent future failures.
Abstract: Acidentes com Bicas de Smelt são reportados pelo Black Liquor Recovery Boiler Advisory Committee, BLRBAC, e constituem uma preocupação real de segurança sob o ponto de vista operacional. Tipicamente o smelt escorre através de bicas refrigeradas a água da fornalha para o tanque dissolvedor e uma falha pode levar a explosões pelo contato água-smelt. Este trabalho estuda um caso real onde condições severas de corrosão culminaram com a falha em serviço de uma de seis bicas em uma caldeira de recuperação na CENIBRA. A falha resultou em grande volume de água de resfriamento entrando na caldeira e em contato com smelt ao redor da abertura da bica, mas felizmente não ocorreram explosões água-smelt. Uma elaborada investigação foi conduzida para se determinar as causas da falha da bica. Conclui-se que a falha foi causada por fluxo insuficiente de água de resfriamento para a bica de smelt, que, por sua vez, foi causada por uma seqüência de eventos que ocorreram após uma falha geral no sistema de geração de energia elétrica da fábrica. O estudo do evento levou ao desenvolvimento e implantação de procedimentos operacionais e de manutenção que tem por objetivo assegurar fluxo de água de resfriamento adequado para as bicas de smelt para prevenção de falhas recorrentes.
Palavras-chave: Bicas de smelt
Smelt spout
Corrosion
Bicas de smelt
Corrosão
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::TECNOLOGIA E UTILIZACAO DE PRODUTOS FLORESTAIS::TECNOLOGIA DE CELULOSE E PAPEL
Idioma: eng
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Qualidade da madeira; Tecnologia de celulose e papel
Programa: Mestrado Profissionalizante em Tecnologia de Celulose e Papel
Citação: RIBEIRO, Júlio César Torres. Corrosão em bicas de fundido. 2010. 61 f. Dissertação (Mestrado em Qualidade da madeira; Tecnologia de celulose e papel) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5896
Data do documento: 14-Jun-2010
Aparece nas coleções:Tecnologia de Celulose e Papel

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,97 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.