Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/5946
Tipo: Dissertação
Título: Influência da DQO do Condensado da Evaporação na Branqueabilidade da Celulose
Título(s) alternativo(s): COD Influence of Condensate Evaporation in Pulp Bleachability
Autor(es): Santos, Dimas Gomes dos
Primeiro Orientador: Gomide, José Lívio
Primeiro coorientador: Colodette, Jorge Luiz
Segundo coorientador: Oliveira, Rubens Chaves de
Primeiro avaliador: Carvalho, Ana Márcia Macedo Ladeira
Abstract: O processo de branqueamento na linha de fibras 2 da Suzano Papel e Celulose (Mucuri-BA) utiliza condensado da evaporação 2 com elevado teor da DQO para a lavagem da polpa pré-branqueada. Neste estudo foi analisado, em laboratório, a influência da DQO do condensado no consumo de cloro ativo e parâmetros de branqueabilidade da polpa, na sequência A/DEpDP. Foram realizadas quatro simulações, nas quais foram utilizados condensados industriais da Suzano e duas outras fábricas do Setor (Fábricas A e B). Também foi avaliada a influência de filtrados diluído e concentrado, coletados no lavador DDW, em comparativo à utilização de condensado. Na caracterização dos condensados foi observado que o valor de DQO da amostra Suzano (2910,8 ppm) é oito vezes superior aos valores das Fábricas A e B (263,3 e 339,2 ppm, respectivamente) e que para esta amostra a composição de metanol equivale a 74,0% do valor integral da DQO. Foi observado que 98,16% da variação da DQO da polpa (entrada do branqueamento) é explicada pela DQO do condensado utilizado na sua lavagem. Nas Simulações 1 e 2 foi avaliada a influência dos condensados Suzano, Fábricas A e B e Suzano otimizado, onde observou-se que a amostra Suzano, com maiores valores da DQO do condensado e da polpa, demonstrou maior dificuldade de branqueabilidade. Não foi verificada influência da DQO do condensado nos valores de viscosidade da polpa. Ainda, foi verificada uma redução no consumo de cloro ativo equivalente a 1,3; 0,9 e 1,8 kg/tsa para as amostras da Fábrica A, B e Suzano otimizada, respectivamente, quando comparado ao consumo da amostra Suzano, para atingir uma alvura final de 89,7 %ISO. Por fim, na Simulação 4, onde foi avaliada a influência da lavagem com condensado e filtrados diluído e concentrado, coletados nos lavadores DDW, foi observada que a lavagem da polpa com os filtrados afetou negativamente a branqueabilidade da polpa, aumentando o valor de número kappa no estágio Ep e interferindo nos valores de alvura em todos os estágios de branqueamento. Também, foi verificado um aumento no consumo de cloro ativo, para atingir uma alvura final da polpa equivalente a 89,0 %ISO, inferindo que esta lavagem com filtrados não se viabiliza economicamente.
The bleaching washing process in Suzano Papel e Celulose (Mucuri-BA) s -fiberline 2 utilizes condensate from evaporation 2, which contains high COD load. This laboratory study was designed to verify the influence of evaporation condensate COD load and chlorine dioxide consumption in pulp bleachability, in A/DEpDP. Four simulations were performed and industrial condensate from Suzano s Mucuri unit and two other Pulp Plants (A and B) were utilized. The influence of DDW filtrate, both diluted and concentrated, in contrast to condensate, was also evaluated. On the condensate characterization, COD content on Suzano s sample (2910.8 ppm) was eight times higher than the values of Plants A and B (263.3 and 339.2 ppm, respectively) and the methanol content was 74.0% of COD s value. Analysis showed that 98.16% of the pulp s COD variation could be explained by the condensate COD load used to wash the pulp. Simulations 1 and 2 evaluated the bleachability influence of the following condensates: Suzano, Plants A and B, and Suzano s optimized. Suzano s sample, with greater condensate and pulp COD values, presented greater bleachability difficulty, where this variation can be attributed to the COD load of the pulp entering the bleach plant. COD influence on pulp viscosity was not significant. Finally, in order to achieve a final brightness of 89.7% ISO, there was an active chlorine consumption reduction equivalent to 1.3; 0.9 and 1.8 kg/tsa for Plant A, B and Suzano optimized respectively, when compared to Suzano s sample consumption. Simulation 4 evaluated the influence of washing the pulp with condensed and filtrates (diluted and concentrated) that were collected from the DDWs. Washing the pulp with filtrate affected pulp bleachability negatively, increasing Ep kappa number and interfering with brightness development in all bleaching stages. Moreover, there was an increase in active chlorine consumption of 5.0 and 13.0 kg/ADT, for the samples washed with diluted and concentrated filtrates, respectively, when compared with the consumption for pulp washed with condensate, to achieve final pulp brightness equivalent to 89.0% ISO. Thereby, it is possible to infer that the use of washer filtrates is not economically attractive, given the increase in active chlorine consumption in the bleaching step.
Palavras-chave: Indústria de celulose
Branqueamento
Cellulose industry
Whitening
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::TECNOLOGIA E UTILIZACAO DE PRODUTOS FLORESTAIS::TECNOLOGIA DE CELULOSE E PAPEL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Qualidade da madeira; Tecnologia de celulose e papel
Programa: Mestrado Profissionalizante em Tecnologia de Celulose e Papel
Citação: SANTOS, Dimas Gomes dos. COD Influence of Condensate Evaporation in Pulp Bleachability. 2013. 79 f. Dissertação (Mestrado em Qualidade da madeira; Tecnologia de celulose e papel) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/5946
Data do documento: 29-Jul-2013
Aparece nas coleções:Tecnologia de Celulose e Papel

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,11 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.