Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6238
Tipo: Dissertação
Título: Significados e implicações da violência escolar: dissonância e consonâncias nas percepções das famílias e da escola
Meanings and implications of school violence: dissonance and consonance in perceptions of families and the school
Autor(es): Vale, Cláudia Antônia da Silva Almeida
Abstract: A violência escolar vem sendo muito discutida atualmente, cada dia mais vem modificando suas formas no ambiente escolar. Diversos são os fatores externos e internos que contribuem para que a violência e indisciplina se façam presentes no cotidiano escolar, prejudicando a aprendizagem dos alunos, e gerando um clima de insegurança e estresse para os profissionais das escolas. O objetivo deste estudo foi analisar e refletir sobre a temática violência e indisciplina escolar, por meio da percepção das famílias e da escola, considerando seus motivos, significados, implicações. A metodologia utilizada neste estudo baseou-se em diferentes técnicas de coleta de dados, como: revisão de literatura sobre o tema; levantamento de ocorrências policiais e na escola; redação dos alunos sobre significados de violência escolar; pesquisa sobre o perfil pessoal e familiar dos alunos; análise do espaço físico e pedagógico da escola e suas inter-relações com a violência escolar; além de entrevistas com os profissionais da escola, alunos e famílias de alunos que repetitivamente cometem atos de violência ou indisciplina na escola, visando examinar os aspectos consonantes e dissonantes da violência escolar. O referencial conceitual de suporte para as discussões sobre violência escolar foram os apresentados pelos pesquisadores Bernard Charlot, Eric Debarbieux, Myriam Abramovay, Cléo Fante e Camacho. A análise do conteúdo foi feita de acordo com a metodologia proposta por Laurence Bardin, além da estatística descritiva simples. Os resultados evidenciam que os alunos admitem que produzem violência e indisciplina, assim como sofrem violência na escola. As famílias não se veem como produtora da violência escolar e não têm conhecimento das suas implicações na vida de seus filhos. Os profissionais apontaram diferentes tipos e causas da violência escolar, não considerando a escola como uma possível reprodutora deste fenômeno, transferindo a origem do problema exclusivamente para a família e o meio onde os alunos vivem.
External and internal factors contribute to violence and indiscipline in school life, affecting student’s learning, creating a climate of insecurity and stress at school. The aim of the study was to analyze and ponder on violence and indiscipline, through the perception of the families and the school, considering their motives, meanings, implications. The methodology used was based on the literature review on the subject; survey of police incidents at school; writing of students about meanings of school violence; documentary research on the student’s personal profile and their families, physical and educational space of the school and its interrelations with school violence; and interviews with school staff, with students in general and with the families of students who repeatedly commit acts of violence or indiscipline in schools, in order to examine the consonant and dissonant aspects of school violence. The studies of Bernard Charlot, Eric Debarbieux, Myriam Abramovay, Cleo Fante and Luiza Camacho were used as theoretical support. Data analysis was performed according to the methodology proposed by Bardin, added to a simple descriptive statistics. The results show that students admit that they produce violence and indidcipline, and they also suffer violence at school. Families do not consider themselves as school violence producers and they are unaware about its implications for the lives of their children. Professionals pointed out different types and causes of school violence, not considering the school as a possible breeder of this phenomenon, transferring the source of the problem exclusively for the family and the environment in which students live.
Palavras-chave: Violência na escola
Ambiente escolar
Estudantes - Conduta
Estudantes - Relaçoẽs com a família
CNPq: Economia Doméstica
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: VALE, Cláudia Antônia da Silva Almeida. Significados e implicações da violência escolar: dissonância e consonâncias nas percepções das famílias e da escola. 2015. 130 f. Dissertação (Mestrado em Economia Doméstica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6238
Data do documento: 23-Mar-2015
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,58 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.