Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6245
Tipo: Dissertação
Título: Reeleição e eficiência dos gastos municipais: uma análise dos municípios mineiros
Re-election and efficiency municipal spending: an analysis of municipalities of Minas Gerais
Autor(es): Guimarães, Samira Martins
Abstract: A inter-relação entre política e economia é um tema vasto e proporcionou, ao longo do tempo, maior compreensão sobre o comportamento dos agentes políticos e como estas ações afetam o desempenho econômico. Desta forma, a reeleição é um meio de o político maximizar seu bem-estar, ou seja, ao disputar mais um pleito eleitoral e vencer, ele tem a chance de aumentar seu nível de bem-estar. A teoria dos ciclos político- econômicos defende que os formuladores de política econômica não estão preocupados com o bem-estar social, mas em vencer o pleito eleitoral. Para alcançar este objetivo, segundo a teoria, manipulam as variáveis econômicas no primeiro mandato, isto é, são mais eficientes no primeiro período que no segundo. Neste sentido, este trabalho teve como objetivo analisar a eficiência na alocação dos recursos públicos em educação, saúde e segurança dos municípios mineiros durante os mandatos de 2005-2008 e 2009- 2012. Para isso, utilizou-se uma amostra de 180 cidades que tiveram prefeitos reeleitos nas eleições de 2008, tendo como hipótese a alocação eficiente das transferências municipais no primeiro mandato em detrimento do segundo. Para testar tal hipótese, adotou-se a Análise Envoltória de Dados (DEA) com retornos variáveis e orientação de produtos para comparar os mandatos e captar os ganhos em eficiência técnica na produtividade total dos fatores (PTF) e mudanças tecnológicas, tendo sido empregado o Índice de Malmquist em DEA com retornos variáveis e orientação a produtos. Em desacordo com a teoria, os resultados mostraram que o segundo mandato é mais eficiente que o primeiro para os setores de saúde e segurança, ao obter ganhos de eficiência e melhora nos indicadores analisados. Por outro lado, no setor de educação, há indícios de que houve manipulação, uma vez que não foram obtidos ganhos de eficiência de um mandato para outro. Entretanto, a análise feita se refere às variáveis estudadas e não a um estudo aprofundado do setor, sendo sugeridas pesquisas que abordem uma linha temporal mais ampla e um estudo aprofundado de cada área.
The relationship between politics and economics is a broad topic and provided, over time, a greater understanding of the behavior of political actors and how these actions affect economic performance. Thus, re-election is a means of political maximize their well-being, so, the dispute over an electoral contest and win, he has the chance to increase their level of wellness.The theory of political and economic cycles argues that policy makers are not concerned with the social well-being, but in winning the election campaign. To accomplish this, according to the theory, manipulate the economic variables in the first term, that is, are more efficient in the first period than in the second. Thus, this study aimed to avaluate the efficiency in the allocation of public resources in education, health and safety of Minas Gerais municipalities, during the termo of office 2005-2008 and 2009-2012. For this, we used a sample of 180 cities that were re-elected mayor in the 2008 elections, under the hypothesis that the first municipal transfers are allocated more efficiently. To test this hypothesis, we adopted the Data Envelopment Analysis (DEA) with variable orientation and product returns, in order to compare the mandates, and to capture the gains in technical efficiency, total factor productivity (PTF) and technological changes it used the Malmquist index in DEA with variable returns and guidance product. Contrary to the theory, the results showed that the second period is more efficient than the first for health and safety sectors, the efficiency gains and improvement in the indicators analyzed. On the other hand, in the education sector there is evidence that there was manipulation, since not obtained a term of efficiency gains to another. However, the analysis refers the variables studied and not an in-depth study of the sector, and suggested conducting studies that address a broader timeline and a detailed study of each area.
Palavras-chave: Eleições locais - Minas Gerais
Política tributária
Despesa pública
Investimentos - Saúde
Investimentos - Educação
Investimentos - Segurança pública
CNPq: Crescimento, Flutuações e Planejamento Econômico
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: GUIMARÃES, Samira Martins. Reeleição e eficiência dos gastos municipais: uma análise dos municípios mineiros. 2015. 49 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6245
Data do documento: 24-Fev-2015
Aparece nas coleções:Economia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo686,11 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.