Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6248
Tipo: Dissertação
Título: Biomassa e estoque de carbono de plantas intactas e de brotações de eucalipto em espaçamento amplo
Biomass and carbon stock of intact plants and coppice of eucalypt in wide spatial arrangement
Autor(es): Faria, Ronan Soares de
Abstract: O objetivo do presente estudo foi avaliar o acúmulo de biomassa e o estoque de carbono na parte aérea e no sistema radicular de plantas intactas e de brotações de plantas jovens de clones de eucalipto, para a produção de energia. O estudo foi realizado em povoamentos de dois clones de eucalipto, no arranjo espacial 9,5 x 4,0 m, em Vazante, MG. Os tratamentos incluíram plantas intactas e plantas decepadas aos 9 e 12 meses com diferentes intensidades e idades de desbrota. A biomassa da parte aérea (folhas, galhos e tronco) foi obtida para plantas intactas e todos os brotos da cepa, a cada três meses após a decepa das plantas. A biomassa da parte aérea foi estimada em função da idade, para plantas intactas e brotações. Equações de relação raiz/parte aérea para biomassa foram ajustadas com dados da literatura, para eucalipto. A biomassa de raízes foi, então, obtida com base nos dados desta relação e da biomassa estimada da parte aérea. O estoque de carbono nos componentes das plantas foi calculado utilizando fatores de conversão de biomassa para carbono fixado. Em idades mais jovens, as brotações apresentaram maior produção total de biomassa, sendo superadas, a posteriori, pelas plantas intactas. Aos 96 meses de idade, as plantas intactas do clone 58 estocaram 85,3 Mg C ha-1 (parte aérea + raízes), e, para o clone 19, esse estoque foi de 61,7 Mg C ha-1. O estoque total de carbono para as brotações variou de 16,0 a 57,8 Mg C ha-1 e a média para todos os tratamentos de brotações foi de 35,5 e 26,5 Mg C ha-1, respectivamente, para os clones 58 e 19. As raízes das plantas intactas e das brotações apresentaram, respectivamente, 18,2 e 11,2% do estoque total de C, em média, para os dois clones. Os resultados do presente estudo demonstram que a decepa de plantas jovens pode ser utilizada para produção de biomassa para geração de energia, a depender do ciclo de rotação para a talhadia. Esta técnica pode ser utilizada para manejo de povoamentos em espaçamentos amplos, visando, também, a mitigação de gases de efeito estufa, em razão da antecipação do sequestro de C pelas plantas, devido ao maior crescimento das brotações em idades jovens.
The aim of this study was to evaluate the accumulation of biomass and carbon stocks in the above- and belowground components of intact plants and coppice from juvenile eucalypt clones for energy production. The study was conducted in stands of two eucalypt clones, in the spatial arrangement 9.5 x 4.0 m, in Vazante, MG. The treatments included intact plants and coppice from juvenile plants cut at the age of 9 and 12 months, with variable intensity and age of thinning. The aboveground biomass (leaves, branches and trunk) was sampled for intact plants and all sprouts in the stump, every three months. Aboveground biomass was estimated over an age sequence for intact plants and all coppice treatments. The root/shoot ratio equations for biomass were obtained based on literature data for eucalypt. The root biomass was then estimated based on these ratios and on the estimated aboveground biomass. The carbon storage in plant components was calculated using factors to convert biomass into fixed carbon. At younger ages, the coppice presented higher biomass production, being overcome by the intact plants at later ages. At 96 months of age, the intact plants of the clone 58 stocked a total of 85.3 Mg ha-1 C (shoot + root), whereas for clone 19, this stock reached only 61.7 Mg ha-1 C. The total carbon stock for the coppice ranged from 16.0 to 57.8 Mg C ha-1 and the average for all coppice treatments was 35.5 Mg C ha-1 and 26.5 Mg C ha-1, respectively, for the clones 58 and 19. The roots of intact plants and coppice accounted for, respectively, 18.2 and 11.2% of the total stock of C, on average, for the two clones. The results of this study demonstrate that harvesting juvenile plants may be useful for the production of biomass for power generation, depending on the rotation cycle for coppice. This technique can be used for stands established with low tree planting densities, targeting also the mitigation of greenhouse gases, due to the early C sequestration by plants due to higher coppice growth rate at earlier ages.
Palavras-chave: Eucalipto
Biomassa florestal
Eucalipto - Sequestro de carbono
Brotação
CNPq: Silvicultura
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: FARIA, Ronan Soares de. Biomassa e estoque de carbono de plantas intactas e de brotações de eucalipto em espaçamento amplo. 2015. 60 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6248
Data do documento: 13-Fev-2015
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo535,19 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.