Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6353
Tipo: Dissertação
Título: Fisiologia do estresse em pimenteiras Capsicum annuum L. ornamentais
Stress Physiology in pepper Capsicum annuum L. ornamentals
Autor(es): Lima, Paula Cristina Carvalho
Abstract: A resposta e a sensibilidade ao etileno são dependentes do estádio de desenvolvimento, da variedade e da percepção por parte do órgão da planta. O valor e a aceitabilidade dos vasos de plantas ornamentais dependem, principalmente, da longevidade na fase de pós-produção que é influenciada por tratamentos de pré e pós-colheita e das condições ambientais. O objetivo foi avaliar os fatores que afetam a qualidade durante o desenvolvimento e na fase de pós-produção de pimenteiras ornamentais da espécie Capsicum annuum L. cultivadas em vaso. Foram estudados os efeitos da exposição ao etileno e a eficiência do uso de inibidores da ação do etileno (1-MCP e do STS) em minimizar os efeitos produzidos pelos estresses em três estádios de desenvolvimento e sobre a longevidade das pimenteiras, variedades ‘Calypso’ e ‘MG 302’. Foram avaliados os efeitos da baixa e da alta temperatura e do estresse hídrico na adequação comercial das plantas durante a pós-produção da variedade ‘MG 302’. Quanto aos níveis de sensibilidade ao etileno, a variedade ‘Calypso’ é altamente sensível e na variedade ‘MG 302’ foi intermediária. O tratamento mais eficiente em retardar a ação do etileno nas fases de desenvolvimento estudadas foi a pulverização com 2 mmol de tiossulfato de prata (STS), que não apresentou abscisão foliar durante 36 dias após a aplicação do tratamento na fase de mudas, em ambas as variedades. O tratamento com STS + Etileno foi eficiente apenas na fase de mudas na variedade ‘Calypso’ e na fase de início de floração na variedade ‘MG 302’, quanto às demais fases de desenvolvimento causou fitotoxidez. Os tratamentos com 1 μL L -1 de 1-metilciclopropeno (1-MCP) e 1-MCP + Etileno foram mais eficientes na variedade ‘MG 302’ nas três fases de desenvolvimento estudadas. Na fase de pós-produção da ‘MG 302’ foram aplicados os seguintes tratamentos: controle, baixa temperatura (5o C), alta temperatura (35o C), baixa temperatura com estresse hídrico (5o C EH) e alta temperatura com estresse hídrico (35o C EH). Houve decréscimo dos teores de clorofilas totais (ICHL) e índice de balanço de nitrogênio (IBN) no controle e no tratamento 5o C. As porcentagens de abscisão de folhas, flores e frutos aumentaram significativamente após os tratamentos 5o C EH e 35o C EH. Houve maior acúmulo de carboidratos (açúcares viiisolúveis totais, açúcares redutores e açúcares não redutores) após o tratamento 35o C EH. O conteúdo de amido decresceu em todos os tratamentos estudados. Os danos celulares avaliados pelo extravasamento de eletrólitos e quantificação de malonaldeído (MDA) foram mais expressivos nos tratamentos 35o C, 5o C EH e 35o C EH. Em relação aos pigmentos, houve pequeno aumento na concentração de clorofila a e totais nos tratamentos 35o C e 35o C EH. No tratamento 35o C EH ocorreu expressivo aumento de carotenoides. A fotossíntese, condutância estomática, transpiração e potencial hídrico (Ψ w ) diminuíram significativamente nos tratamentos com estresse hídrico, enquanto nesses mesmos tratamentos houve aumento da concentração interna de CO 2 e razão Ci/Ca. O Tratamento 35o C EH causou menor eficiência fotoquímica do fotossistema II (Fv/Fm).
The response and sensitivity to ethylene are dependent on the stage of development, variety and perceived by the plant organ. The value and the acceptability of potted plants depend mainly on longevity in the post-production stage which is influenced by pre and post-harvest treatments and environmental conditions. The objective was to evaluate the factors that affect the quality during development and in the post- production of ornamental pepper species Capsicum annuum L. cultivated in pots. The effects of exposure to ethylene and the efficiency of the use of ethylene action inhibitors (1-MCP and STS) have been studied to minimize the effects produced by the stresses in three stages of development and longevity of the pepper varieties 'Calypso' and 'MG 302'. Were evaluated the effects of low and high temperature and water stress in merchantability of plants during the post-production of the variety 'MG 302'. As for the ethylene sensitivity levels, the variety 'Calypso' is highly sensitive and variety 'MG 302' was intermediate. The most effective treatment to slow the action of ethylene on developmental stages studied was spraying with 2 mmol of silver thiosulfate (STS), who failed to submit leaf abscission for 36 days after treatment application in the initial growth period, in both varieties. Treatment with STS + Ethylene was effective only in the initial growth period in the variety 'Calypso' and flowering early stage in the variety 'MG 302', for the other development stages caused phytotoxicity. Treatment with 1 μL L -1 of 1- methylcyclopropene (1-MCP) and 1-MCP + ethylene were more effective in the variety 'MG 302' in the three development stages studied. In the post-production of 'MG 302' the following treatments were applied: control, low temperature (5° C), high temperature (35° C), low temperature with water stress (5° C EH) and high temperature with stress water (35° C EH). There was decrease in total chlorophyll contents (ICHL) and nitrogen balance index (NBI) in the control and treatment 5o C. The leaves, flowers and fruits abscission percentages increased significantly after treatments 5° C EH and 35° C EH. There was higher accumulation of carbohydrates (soluble sugars, reducing sugars and non-reducing sugars) in the treatment 35° C EH. The starch content decreases in all treatments. Cellular damage evaluated by xelectrolyte leakage and quantification of malondialdehyde (MDA) were more expressive in treatments 35° C, 5° C EH and 35° C EH. Regarding the pigments, there was a slight increase in the a and total chlorophyll concentration in the treatments 35° C and 35° C EH. In the treatment 35o C EH occurred significant increase of carotenoids. Regarding the pigment, there was a small increase in the a and total chlorophyll concentration in the treatments 35° C and 35° C EH. In addition to the treatment 35° C EH showed a high accumulation of carotenoids. Photosynthesis, stomatal conductance, transpiration and water potential (Ψ w ) decreased significantly in the treatments with water stress, while these same treatments were increased internal CO 2 concentration and Ci/Ca. The treatment 35° C EH showed lower photochemical efficiency of photosystem II (Fv/Fm).
Palavras-chave: Capsicum annuum
Plantas - Efeito da temperatura
Plantas - Efeito do etileno
Plantas - Consumo hídrico
CNPq: Fisiologia das plantas cultivadas
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6353
Data do documento: 19-Fev-2015
Aparece nas coleções:Fisiologia Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdfTexto completo2,32 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.