Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6388
Tipo: Tese
Título: Plantio direto orgânico de milho-verde sobre diferentes plantas cobertura
Organic no-tillage of green corn on different cover crops
Autor(es): Favarato, Luiz Fernando
Abstract: Entre as premissas da produção orgânica estão o uso adequado do solo, da água e do ar, reduzindo, ao mínimo possível, todas as formas de contaminação desses elementos, garantindo o incremento da atividade biológica do solo. Com relação ao uso adequado do solo e da água o plantio direto tem se apresentado como uma das formas eficientes. No entanto, fazer plantio direto na palha sem o uso de herbicidas é um dos grandes desafios da atualidade para a pesquisa em agricultura orgânica. Porém, a implantação de rotação de culturas com plantas que apresentam grande produção de matéria vegetal para cobrir o solo, na forma de adubação verde com gramíneas e leguminosas, apresenta-se como uma das opções para solucionar tal problema. Dessa forma, o presente trabalho objetivou avaliar cinco sistemas de produção, constituídos por três coberturas de solo no sistema plantio direto orgânico, com palha de aveia-preta; com palha de tremoço-branco; com palha do consórcio aveia/tremoço e dois sistemas sem palhada e com revolvimento do solo, sendo um orgânico e outro convencional. O consórcio de aveia-preta com tremoço-branco produziu maior quantidade de matéria seca, acumulou maiores quantidades de macronutrientes, liberando-os em maior proporção, apresentando-se como boa opção para formação de palha no SPD orgânico, garantindo o crescimento e produtividade satisfatórios para a cultura do milho-verde. A imobilização do nitrogênio, proporcionada pelo uso da palha de aveia-preta no sistema plantio direto orgânico, limitou o crescimento das plantas e o potencial produtivo do milho-verde. Os diferentes sistemas de produção não influenciaram os atributos de qualidade e a conservação pós-colheita das espigas de milho-verde. O uso de palha de aveia-preta solteira ou em consórcio com tremoço-branco, no sistema plantio direto orgânico de milho-verde, proporcionou redução do percentual de infestação e densidade absoluta de plantas daninhas.
Among the assumptions of organic production are the appropriate use of soil, water and air, reducing to a minimum all forms of contamination of these elements, ensuring the increased soil biological activity. With respect to the appropriate use of soil and water, the no-tillage has showed as one of the efficient ways. However, making no- tillage in the straw without the use of herbicides is one of the great challenges of nowadays for research in organic agriculture. However, the implementation of crop rotation with plants that have large production of vegetable material to cover the soil, in the form of green manure with grasses and legumes, presents as one of the options to solve this problem. Thus, the present study evaluated five systems of production, consisting of three soil covers in an organic no-tillage system, with black oat straw; with white lupine straw; with straw of the intercropping oat/lupine and an organic and a conventional system, both without soil cover and with soil disturbance. The intercropping oat/lupine produced a greater amount of dry matter, accumulated higher amounts of macronutrients, releasing them to a greater proportion, presenting itself as a good option for straw formation in an organic no-tillage, ensuring satisfactory growth and productivity for green corn crop. The immobilization of nitrogen provided by the use of oat straw in the organic no-tillage limited plants growth and yield potential of green corn. The cultivation of the green corn in different production systems did not affect the quality attributes and post-harvest conservation of corn ears. The use of black oat straw alone or intercropped with white lupine, in an organic no-tillage corn cropping, caused a reduction in the infestation percentage and absolute density of weeds.
Palavras-chave: Milho - Cultivo
Zea mays
Agricultura orgânico
Adubação verde
CNPq: Fitotecnia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: FAVARATO, Luiz Fernando. Plantio direto orgânico de milho-verde sobre diferentes plantas cobertura. 2015. 73 f. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6388
Data do documento: 17-Mar-2015
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo896,04 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.