Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6426
Tipo: Tese
Título: Perimetrias centrais e biomarcadores sanguíneos: associação com a síndrome metabólica e fatores de risco Cardiometabólicos em Homens na Meia Idade
Central circumferences and blood biomarkers: association with metabolic syndrome and cardiometabolic risk factors in middle-aged men
Autor(es): Oliveira, Alessandro de
Abstract: Objetivo: Investigar a associação de perimetrias centrais e biomarcadores sanguíneos com a Síndrome Metabólica (MetS) e fatores de risco cardiometabólico em uma população de homens na meia idade residentes no sudeste brasileiro. Metodologia: Após aprovação do Comitê de Ética em pesquisa com seres humanos da Universidade Federal de Viçosa (Protocolo 96/2010), foram entrevistados 884 sujeitos, sendo que 300 homens na meia idade (idade: 51 ± 5 anos; índice de massa corpórea: 25,8 ± 3,4 kg/m 2), aparentemente saudáveis, participaram de todas as etapas deste estudo. Foram avaliadas as concentrações séricas dos biomarcadores lipídicos (colesterol total e frações e triglicérides) glicídicos (glicose e insulina) pró- inflamatórios [interleucina-18 (IL-18) e proteína C-reativa (PCR)], adiponectina e ácido úrico (AU); os perimetrias centrais (cintura, abdômen e umbilical); a composição corporal (percentual de gordura total e na área abdominal); o nível de atividade física; a ingestão dietética alimentar; o consumo de bebida alcoólica; o uso de tabaco; e o nível educacional. Além disso, foi verificada a prevalência de hipertensão, dislipidemia, hipertrigliceridemia, obesidade central, risco coronariano, resistência à ação da insulina, hiperglicemia e síndrome metabólica. Utilizando-se os pacotes estatísticos SPSS versão 17.0 e STATA versão 9.1, foram realizados: ANOVA, Kruskall-Wallis, teste t ou Mann- Whitney para a comparação de médias ou medianas; regressão de Poisson univariada ou multivariada ou logística ordinal para a verificação de associações entre as variáveis estudadas; e a curva ROC para a determinação de variáveis visando a identificação da ocorrência da MetS e/ou dos riscos cardiometabólicos. Em todas as análises adotou-se o nível de significância de 5 %. Resultados: A medida do perímetro umbilical (WCUL) apresentou maior capacidade de predição [AUC(IC)] do sobrepeso [0,93 (0,89-0,95)], obesidade [0,92 (0,89-0,95)] e obesidade central [0,90 (0,86-0,94)], quando comparado as medidas dos perímetros da cintura e abdômen. A ocorrência de WCUL ≥ 88,8 cm esteve associada positivamente (p <0,01) com o aumento na prevalência da MetS e outros fatores de risco cardiometabólico (hiperglicemia, hipertensão, dislipidemia e hipertrigliceridemia). Maiores concentrações séricas de IL-18 e menores de adiponectina foram encontrados nos indivíduos com MetS (p<0,01), comparados aos sem MetS. Ademais, IL-18 (≥ 336,4 pg/mL) demonstrou ser fator independente para a ocorrência da MetS, obesidade central, hipertrigliceridemia e índice LAP (Lipid Accumulation Product) superior a 51,28. Ao contrário, adiponectina (≥ 7,03 g/mL) demonstrou ser um fator de proteção na ocorrência de MetS, hipertrigliceridemia, dislipidemia e LAP > 51,28. Por sua vez, maiores concentrações séricas de ácido úrico (AU) foram encontradas nos indivíduos com dois ou mais componentes da MetS, quando comparados com indivíduos com um ou nenhum componente (p < 0.05). A inclusão do AU sérico (> 5,25 mg/dL) como um componente adicional no diagnóstico da MetS aumentou a ocorrência em 13%. Além disso, o AU sérico (≥ 5,25 mg/dL) apresentou associações positivas com a ocorrência de todos os componentes da MetS e com maior risco aterogênico (p<0,01). Conclusão: O perímetro umbilical apresentou melhor capacidade para a detecção de sobrepeso, obesidade e obesidade central. Além disso, o ponto de corte de 88,8 cm no perímetro umbilical apresentou associação positiva para a ocorrência de MetS e fatores de risco cardiometabólico. Por fim, os biomarcadores IL-18 e AU séricos apresentaram associação positiva, sendo adiponectina sérica negativa, com a ocorrência da MetS e com fatores de risco cardiometabólico em uma população de homens na meia idade residentes no sudeste brasileiro.
Objective: The aim of this study was to verify the association of central circumferences and blood biomarkers with Metabolic Syndrome (MetS) and cardiometabolic risk factors in a Southeast Brazilian middle-aged men population. Methods: After the approval of the Ethical Committee of the Universidade Federal de Viçosa (protocol 96/2010), eight hundred and eighty four subjects were interviewed and three hundred apparently healthy middle- aged men (age: 51 ± 5 y; body mass index: 25,8 ± 3,4 kg/m 2) were eligible. It was assessed: the serum concentrations of lipid (total cholesterol, high-density lipoprotein, triglycerides) glycemic (glucose and insulin) and serum pro- inflammatory [interleukin-18 (IL-18) and C-reactive protein) as well as high sensitivity adiponectin (hs-adiponectin) and uric acid (UA); central circumferences (waist, abdominal and umbilical); body composition (total body fat and abdominal area fat); physical activity level; usual dietary intake, alcohol consumption and smoking; and education level. In addition, the prevalence of hypertension, dyslipidemia, hipertrigliceridemia, central obesity, atherogenic risk, insulin resistance (IR), hyperglycemia, and MetS were determined. By using the statistical packs SPSS 17.0 and STATA 9.1 it was performed: ANOVA, Kruskall-Wallis, Student t test or Mann-Whitney to compare means or medians; Poisson univariate or multivariate and logistic ordinal regression to verify the associations among studied variables; and ROC curve to determine variables in order to identify the occurrence of MetS and/or cardiometabolic risk factors were used. Results: The umbilical line circumference (WCUL) was the best predictor [AUC (IC)] for overweight [0.93 (0.89-0.95)], obesity [0.92 (0.89- 0.95)] and central obesity [0.90 (0.86-0.94)] as compared to waist and abdominal circumferences. The occurrence of WCUL ≥ 88.8cm was positively associated (p < 0.01) with the prevalence of MetS and other cardiometabolic risk factors (hypertension, hyperglycemic, dyslipidemia and hypertriglyceridemia). Individuals with MetS had higher serum IL-18 and lower adiponectin than those with no MetS (p<0.01). IL-18 (≥ 336.4 pg / mL) was an independent factor for MetS occurrence, central obesity, hypertriglyceridemia and lipid accumulation product (LAP; > 51.28). In contrast, hs-adiponectin (≥ 7.03 g/mL) was a protection factor for MetS occurrence, hypertriglyceridemia, dyslipidemia and LAP (>51.28). Subjects with two or more components of MetS exhibited higher concentrations of serum UA as compared to those with one or none component (p<0.05). The inclusion of serum UA (≥ 5.25 mg/dL) as an additional component of MetS increased the occurrence of this syndrome by 13%. Serum UA (≥ 5.25 mg/dL) was positively associated with all components of MetS and atherogenic risk (p<0.01). Conclusion: The WCUL measure seems to be the best anatomical point to identify waist circumference measurement to predictor overweight, obesity and central obesity in the studied population. The WCUL cutoff point (88.8 cm) is significantly associated with MetS, IR and cardiometabolic risk factors in this population. Finally, serum IL-18 and UA demonstrated a positive, and serum adiponectin a negative, association with MetS occurrence and cardiometabolic risk factors in the studied population.
Palavras-chave: Síndrome metabólica
Distúrbios do metabolismo
Sistema cardiovascular - Doenças
Homens de meia idade
Ácido úrico
Brasil, Sudeste
CNPq: Nutrição
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: OLIVEIRA, Alessandro de. Perimetrias Centrais e Biomarcadores Sanguíneos: Associação com a Síndrome Metabólica e fatores de Risco Cardiometabólicos em Homens na Meia Idade. 2014. 97f. Tese (Doutorado em Ciência da Nutrição) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6426
Data do documento: 15-Ago-2014
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,25 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.