Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6454
Tipo: Dissertação
Título: Pesquisa do linfonodo sentinela em cadelas portadoras de tumor de mama
Sentinel lymph node biopsy in dogs with breast tumor
Autor(es): Valadares, Flávia Diniz
Abstract: O câncer de mama é a segunda neoplasia maligna mais incidente em mulheres e a primeira em cadelas, crescendo em importância no cenário mundial. A condição dos linfonodos é um importante fator prognóstico, sendo a sobrevida inferior a dois anos na grande maioria das cadelas com metástases linfonodais. Não há protocolos bem estabelecidos para o estadiamento e tratamento das metástases linfonodais em cadelas. O objetivo deste trabalho é elucidar a taxa de detecção do linfonodo sentinela, bem como sua capacidade em predizer metástases linfonodais inguinais e axilares em cadelas portadoras de câncer de mama. Foram incluídas 26 cadelas portadoras de neoplasia de mama atendidas no Hospital Veterinário da UFV no período de 1o de junho a 30 de setembro de 2014. O protocolo de atendimento incluiu coleta de dados, exame físico, radiológico, hematológico e cirurgia, conforme protocolo vigente desse serviço. Após indução anestésica, procedeu-se a injeção do corante azul patente ao redor do tumor primário mamário. Aguardaram-se 10 minutos para a migração do corante e em seguida procedeu-se a mastectomia regional ou radical conforme protocolo do serviço. Todo o material foi encaminhado para análise histopatológica. De 50 tumores mamários, 14% eram lesões não neoplásicas, 14% eram benignas e 72% eram malignas. Foram detectados linfonodos sentinela inguinal em 73% dos casos e axilar em 50%. A incidência de metástase linfonodal foi de 22,6% somando-se as três metástases inguinais com as duas axilares. A pesquisa do linfonodo sentinela inguinal não muda a conduta cirúrgica, pois tal estação é retirada em monobloco nas mastectomias regional e radical. No entanto, a pesquisa do linfonodo axilar pode otimizar o estadiamento linfonodal das cadelas, sem acrescentar morbidade significativa ao procedimento.
Breast cancer is one of the most common cancers in both women and bitches. The lymphnode condition is one of the most important prognostic factors in both species. Overall survival is less than two years in 85% bitches having lymphnode metastasis. There are no protocols neither for staging nor for treatment of such metastasis in Veterinary Medicine. The main goal of this search is to determinate the sentinel node detection using the blue dye technique, as well as its role in predicting metastasis for the whole lymphnode axillary and inguinal stations in bitches with mammary tumors. Twenty-six bitches with mammary tumors which were operated in UFV Veterinary Hospital were included in this study. The protocol included data collection, clinical examination, blood sampling and radiologic exams before surgery. Blue dye subcutaneous injection was performed just after anesthesia and ten minutes before skin incision. Mastectomy was performed according to the previously established hospital protocol. All tumors and lympnhodes were sent to Pathology Laboratory for histological examination. There were 50 mammary tumors, among them 14% were non neoplastic lesions, 14% were benign lesions and 72% were malignant (carcinomas). The inguinal sentinel lymphnode was detected in 73% of the bitches and the axillary sentinela lymphnode was detected in 50%. Twenty-three percent of all detected lymphnodes contained metastatic carcinoma which would not be found otherwise. The sentinel node biopsy did not change inguinal surgical procedure but definitely helped axillary staging since the axillary lymphnode station is not included in routine meastectomy. The procedure did not cause any additional morbidity. The blue dye injection caused no adverse effects. Thus, the sentinel node biopsy is recommeded for routine mastectomies in Veterinary Medicine.
Palavras-chave: Câncer em animais
Cães
Mama - Tumores
Linfonodo sentinela
CNPq: Clínica e Cirurgia Animal
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: VALADARES, Flávia Diniz. Pesquisa do linfonodo sentinela em cadelas portadoras de tumor de mama. 2015. 43 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6454
Data do documento: 11-Fev-2015
Aparece nas coleções:Medicina Veterinária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,77 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.