Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6493
Tipo: Dissertação
Título: Cama de frango e esterco bovino na produção de cana-de-açúcar
Poultry litter and cow manure in sugarcane production
Autor(es): Guimarães, Geicimara
Abstract: Este trabalho teve o objetivo de avaliar diferentes níveis de cama de frango e esterco bovino na produção de cana-de-açúcar, com o intuito de possibilitar ao produtor rural um manejo com a utilização dos insumos produzidos em sua propriedade, preservar o meio ambiente e reduzir custos na produção. Neste sentido, foram desenvolvidos dois experimentos: no primeiro, foi utilizado delineamento experimental em blocos casualizados, com cinco tratamentos e quatro repetições, sendo os tratamentos 0, 3, 6, 9 e 12 t/ha de cama de frango. A calagem (4 t/ha) foi feita após análise do solo, à lanço, seguida de aração profunda (0,30 m) e gradagem, dois meses antes do plantio. Em outubro de 2013, sulcagem foi feita por ocasião do plantio, com 0,30 m de profundidade e espaçamento de 1,00 m. A cama de frango foi colocada no fundo do sulco, coberta com um pouco de terra, seguido do plantio da cana, variedade RB 867515, em espaçamento de 1,00 m entre linhas e duas fileiras de cana por sulco, sendo picada em tamanhos de 0,20 m. O controle de plantas espontâneas foi feito por capina manual. Os resultados não evidenciaram diferença entre os níveis de cama de frango sobre as variáveis avaliadas, aos quatro meses pós-plantio. O maior benefício foi observado no número de plantas emergidas, em que o nível de 6 t/ha proporcionou 39% mais plantas emergidas que o tratamento-controle. No período de corte, o efeito mais evidente da cama de frango sobre a cana foi sobre a produtividade de massa verde aos 12 meses após o plantio, que aumentou de forma linear com o aumento do nível da cama de frango. Portanto, constatou-se que podem ser usadas até 12 t/ha de cama de frango para maximizar o desempenho da cultura. O acúmulo de açúcar solúvel, representado pelo grau Brix, obtido no presente estudo, foi adequado quanto ao aspecto nutricional, com vistas ao uso na alimentação animal. No segundo experimento foi utilizado delineamento experimental em blocos casualizados, com cinco tratamentos e quatro repetições, sendo os tratamentos 0, 4,5, 9,0, 13,5 e 18,0 t/ha de esterco bovino. A calagem (4 t/ha) foi feita após análise do solo, à lanço, seguida de aração profunda (0,30 m) e gradagem, dois meses antes do plantio. Em outubro de 2013, a sulcagem foi feita por ocasião do plantio, com 0,30 m de profundidade e espaçamento de 1,00 m. O esterco bovino foi colocado no fundo do sulco, seguido do plantio da cana, variedade RB 867515, em espaçamento de 1,00 m entre linhas e duas fileiras de cana por sulco, sendo picada em tamanhos de 0,20 m. O controle de plantas espontâneas foi feito por capina manual. Aos quatro meses após o plantio da cana, houve efeito linear positivo do esterco bovino sobre altura da planta e diâmetro do colmo e quadrático positivo sobre largura e comprimento da maior folha. Não houve efeito do esterco bovino sobre o número de plantas/m linear e o número de folhas/planta. Houve efeito quadrático positivo do esterco bovino sobre a altura de plantas aos dez meses e linear positivo sobre a produção de massa verde aos 12 meses. Não houve efeito do esterco bovino sobre número das plantas, diâmetro do colmo, largura e comprimento da maior folha e número de folhas/planta aos dez meses. Não foi observada mudança de composição química, em função dos diferentes níveis de adubação. O efeito mais evidente do esterco bovino sobre a cana, no momento do corte, foi sobre o parâmetro mais desejável, que foi a produtividade de massa verde.
Two trials were performed in order to evaluate different levels of poultry litter and cow manure in sugarcane production, making possible to the producer a management using organic compounds produced in the farm, aiming to preserve the environment and with low cost of production of sugarcane. In the first trial, it was used a randomized blocks design, with five treatments and four replications, being the treatments 0.00, 3.00, 6.00, 9.00 and 12.00 t/ha of poultry litter. The limestone (4.00 t/ha) was applied after soil analysis, followed by deep tilling (0.30 m), two months before planting. The groove was done in October 2013, with 0.30 m deep and 1.00 m spacing. The poultry litter was placed at the bottom of the groove, covered with land, followed by planting sugarcane variety RB 867515, in 1.00 m spacing between grooves and two sugar cane side by side per groove line, being cut in 0.20 m sizes. The control of spontaneous plants was by hand weeding. The results showed big differences between levels of poultry litter on the evaluated variables at four months after planting. The greatest benefit was observed in the number of emerged plants, in which the level of 6.00 t/ha provided 39% greater number that the control treatment. The most evident effect of the poultry litter in the cutting period of sugarcane was on the productivity of green mass at 12 months after planting, which increased linearly. Therefore, up to 12.00 t/ha of poultry litter can be used to maximize the performance of sugarcane. The accumulation of soluble sugar, represented by the Brix degree, obtained in the present study is adequate nutritionaly to be used in animal feeding. In the second trial, it was used a randomized blocks design, with five treatments and four replications, being the treatments 0.00, 4.50, 9.00, 13.50 and 18.00 t/ha of cow manure. The limestone (4.00 t/ha) was applied after soil analysis, followed by deep tilling (0.30 m), two months before planting. The groove was done in October 2013, with 0.30 m deep and 1.00 m spacing. The cow manure was placed at the bottom of the groove, followed by planting sugarcane variety RB 867515, in 1.00 m spacing between grooves and two sugar cane side by side per groove line, being cut in 0.20 m sizes. The control of spontaneous plants was by hand weeding. Four months after planting the sugar cane, there was positive linear effect of cow manure on plant height and culm diameter, and quadratic positive effect on width and length of the largest leaf. There was no effect of cow manure on number of plants/m linear and the number of leaves/plant. There was quadratic positive effect of cow manure on plant height at 10 months and linear positive effect on the production of green mass at 12 months. There was no effect of cow manure on number of plants, culm diameter, width and length of the largest leaf and number of leaves/plant at ten months. It was not observed change of chemical composition as a function of the different levels of fertilization. In conclusion, the most important effect of cow manure at the time of the cut was on the most desirable parameter: the productivity of green mass.
Palavras-chave: Cana-de-açúcar - Cultivo
Saccharum officinarum
Resíduos agrícolas
Calagem do solo
CNPq: Zootecnia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: GUIMARÃES, Geicimara. Cama de frango e esterco bovino na produção de cana-de-açúcar. 2015. 38 f. Dissertação (Mestrado em Agroecologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6493
Data do documento: 3-Jun-2015
Aparece nas coleções:Agroecologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo596,14 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.