Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6515
Tipo: Tese
Título: Efluxo de CO2 sob vegetação de cerrado e em áreas cultivadas com cenoura e beterraba
Efflux of CO2 under savannah vegetation and in areas cultivated with carrot and beet
Autor(es): Gonçalves, Paulo Henrique Lopes
Abstract: O bioma Cerrado possui grande diversidade biológica e esta entre os mais importantes ecossistemas florestais do Brasil. Também está entre os com maiores alterações antrópicas. Qualquer sistema florestal e agrícola e composto por componentes físicos (climáticos, edaficos, topográficos entre outros) e componentes biológicos (micro e macroflora e fauna). O bioma Cerrado e o segundo mais importante do Brasil, embora há pouco entendimento sobre o seu funcionamento, particularmente em relação ao ciclo do carbono comparado com sistemas agrícolas. Pesquisas recentes têm demonstrado a importância do carbono no solo como estoque, fonte e potencial sumidouro de CO2. Atualmente é fundamental produzir com baixa emissão de carbono sem expandir a fronteira agrícola, principalmente em áreas preservadas. Um dos grandes desafios da atividade agrícola e reduzir a emissão de gases de efeito estufa (GEE) e incrementar a absorção de dióxido de carbono (CO2) atraves do sequestro do carbono em ecossistemas. A interdependência entre estes componentes dificulta a compreensão do funcionamento do sistema como um todo. Soma-se a isto o pequeno número de estudos experimentais realizados sobre a quantificação dos efluxos de (302 e sua variação temporal associada com variáveis biofísicas que influenciam a magnitude desses efluxos. Diante disto, os objetivos deste trabalho foram: a) Analisar as variações nas fases antes da semeadura, durante e pós-colheita de efluxos de Co2 na superfície do solo; b) Identificar a relação de dependência das taxas de efluxo de Co2 na superfície do solo com a precipitação pluvial e temperatura do solo; 0) Comparar as estimativas de carbono alocado no solo entre as areas de cerrado e lavoura de cenoura e beterraba. Os resultados evidenciaram uma variação temporal dos efluxos de Co2 do solo, tanto nas areas de lavouras de cenoura e beterraba como nas areas de cerrado, em resposta a variabilidade observada no regime pluviométrico e da temperatura do solo. As magnitudes dos efluxos de (302 variaram de 3,97 a 1,02 umol m'ºs'1 com media de 2,09 io,28 umol m'2 5"1 em cerrado, cenoura variaram de 2,60 a 0,21 umol m'2 5"1 com media de 0,98 io,29 e na beterraba variaram de 3,56 a 0,41 umol m'2 s"1 com media de 1,96 10,33. O carbono alocado no período foi de 2,58 Mg ha'1, 1,51 Mg ha"1 e 2,48 Mg ha"1 no cerrado, cenoura e beterraba, respectivamente. O estoque de carbono alocado no cerrado foi 53% e 6% maior em comparação que na area de cenoura e beterraba, respectivamente. Entre beterraba e cenoura a diferença foi de 50%. A razão provável da estabilidade do carbono no cerrado e devido a contribuição material orgânico e abundância de serrapilheira.
The savannah has great biological diversity and is among the most important forest ecosystems of Brazil. Any forest and agricultural system consists of physical components (climatic, edaphic, topographic, etc.) and biological components (plants and animals). Although the savannah be the second most important in Brazil, there is still little understanding on their operation, particularly in relation to the carbon cycle compared With agricultural systems. Recent research has demonstrated the importance of soil carbon stock as a source and potential sink for COz. Note the importance in producing low-carbon Without expanding the agricultural frontier, especially in conservation areas. One of the great challenges of agriculture is to reduce the emission of greenhouse gases (GHG) and increase the absorption of carbon dioxide (COZ) emissions through carbon sequestration in ecosystems. The interdependence of these components hampers the understanding of the functioning of the system as a Whole. Added to this the small number of experimental studies on the quantification of COZ effluxes and its temporal variation associated With biophysical variables that influence the magnitude of these flows. Given this, the objectives of this work are: a) to analyze the changes in the phases before planting, during and post-harvest Co2 efflux at the soil surface, b) identify the dependence of Co2 efflux rates at the soil surface with precipitation rain and soil temperature, c) compare estimates of the soil carbon allocated between the savannah areas and farming. The results show a temporal variation of soil Co2 effluxes, both in the areas of crops and areas of savannah, in response to the observed seasonality in rainfall, and temperature. The results show a temporal variation of soil Co2 fluxes, both in the areas of crops and areas of savannah, in response to the observed variability in rainfall and soil temperature. The magnitudes of Co2 effluxes ranged from 3.97 to 1.02 pmol m'2 s'1 and an average of 2.09 $ 0.28 umol.m'2.s'1 in the savannah, carrots ranged from 2.60 to 0.21 pmol m'2 s'1 and an average of 0.98 1 0.29 and beet ranged from 3.56 to 0.41 pmol m'2 s'1 and an average of 1.96 1 0.33. Carbon allocated for the period was 2.58 Mg ha'1, 1.51 Mg ha'1 and 2.48 Mg ha'1 in the savannah, carrots and beets, respectively. The carbon stock in the savannah was allocated 53% and 6% higher compared to the area of carrot and beet, respectively. Among beets and carrots the difference was 50%. The probable reason of the stability of carbon in the savannah is due to the contribution organic material and plenty of Iitter.
Palavras-chave: Meteorologia agrícola
Carbono
Vegetação
Plantas dos cerrados
Cerrados
CNPq: Climatologia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: GONÇALVES, Paulo Henrique Lopes. Efluxo de CO2 sob vegetação de cerrado e em áreas cultivadas com cenoura e beterraba. 2013. 45 f. Tese (Doutorado em Meteorologia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6515
Data do documento: 31-Jul-2013
Aparece nas coleções:Meteorologia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,23 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.