Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6519
Tipo: Dissertação
Título: Resistência de genótipos de Ipomoea batatas a Tetranychus ludeni (Acari: Tetranychidae) e correlação com caracteres morfológicos desta planta
Resistance of genotypes of Ipomoea batatas to Tetranychus ludeni (Acari: Tetranychidae) and correlation with morphological characters of this plant
Autor(es): Castro, Bárbara Monteiro de Castro e
Abstract: Práticas culturais inadequadas e materiais genéticos suscetíveis a pragas e doenças são causas da baixa produtividade de Ipomoea batatas (L.) Lam. (Convolvulaceae). Tetranychus ludeni Zacher (Acari: Tetranychidae), espécie polífaga, foi observado causando danos nessa hortaliça. A identificação e o desenvolvimento de resistência em plantas hospedeiras é uma prática sustentável para o manejo integrado de pragas (MIP). O objetivo foi identificar genótipos de I. batatas, do banco de germoplasma da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), resistentes a Tetranychus ludeni Zacher (Acari: Tetranychidae) e identificar caracteres morfológicos envolvidos na resistência dos genótipos de I. batatas. O setor de Olericultura da UFVJM possui um banco de germoplasma com 54 genótipos de batata-doce em vasos em casa de vegetação. Três folhas infestadas, de cada genótipo, foram coletadas para análise da infestação por este ácaro. Caracteres morfológicos que podem estar envolvidos no processo de resistência a T. ludeni como, o número de tricomas foliares, quantidade de cera epicuticular nas folhas, área foliar e espessura da cutícula e da parede celular da epiderme, foram analisados nos cinco genótipos de batata-doce mais suscetíveis (BD 29, BD 08, BD 57, BD 17 e Espanhola) e nos cinco menos suscetíveis à esse ácaro (BD 03, BD 31 TO, Brazlândia Branca, Marmel e BD 33). Os genótipos de I. batatas, apresentaram diferentes graus de resistência a T. ludeni formando três grupos: altamente, medianamente e pouco suscetíveis à esse ácaro. O genótipo BD 29, de I. batatas, foi altamente suscetível, os BD 08, BD 57, BD 17 e Espanhola medianamente e os demais pouco suscetíveis a T. ludeni. Os genótipos, exceto o BD 29, apresentaram folhas glabras. A quantidade de cera extraída foi menor nos mais suscetíveis a T. ludeni. A área foliar dos genótipos BD 29 e BD 17 foram maiores. A resistência ou suscetibilidade a T. ludeni não apresentou correlação com a espessura da cutícula e da parede celular dos genótipos de batata-doce. Folhas glabras com menor área foliar e maior quantidade de cera epicuticular por folha aumentam a resistência dessa planta a T. ludeni.
Inadequate cultural practices and genetic materials susceptible to pests and diseases are causes of low productivity of Ipomoea batatas (L.) Lam. (Convolvulaceae). Tetranychus ludeni Zacher (Acari: Tetranychidae), polyphagous species, was observed causing damage to this vegetable. The identification and development of resistance in host plants is a sustainable practice for integrated pest management (IPM). The objective was to identify genotypes I. batatas, the germplasm bank of the Federal University of the Jequitinhonha and Mucuri (UFVJM), resistant to Tetranychus ludeni Zacher (Acari: Tetranychidae) and identify morphological characters involved in the genotypes resistance of in the I. batatas. The Vegetable Crops sector of UFVJM has a germplasm bank with 54 sweet potato genotypes in pots in the greenhouse. Three infested leaves of each genotype were collected for analysis of infestation by this mite. Morphological characters that may be involved in the process of resistance to T. ludeni as the number of leaf trichomes, amount of epicuticular wax on the leaves, leaf area and thickness of the cuticle and cell wall epidermis, were analyzed in five genotypes of potato sweet more susceptible (BD 29, BD 08, BD 57, BD 17 and Espanhola) and five less susceptible to this mite (BD 03, BD 31 TO, Brazlândia Branca, Marmel and BD 33). The genotypes of I. batatas, showed different degrees of resistance to T. ludeni forming three groups: highly, averagely and little susceptible to this mite. The BD genotype 29, of I. batatas was highly susceptible, the BD 08, BD 57, BD 17 and Espanhola moderately and the others little susceptible to T. ludeni. The genotypes except the BD 29, showed leafs glabrous. The amount of extracted wax was lower in genotypes more susceptible to T. ludeni. The leaf area of the BD 29 and BD 17 genotypes were higher. The resistance or susceptibility to T. ludeni not submitted correlated with the thickness of the cuticle and cell wall of sweet potato genotypes. Glabrous leaves with smaller leaf area and greater amount of epicuticular wax per leaf increase resistance of this plant to T. ludeni.
Palavras-chave: Batata-doce - Resistência a doenças e pragas
Manejo integrado de pragas
Ácaro vermelho
CNPq: Fitotecnia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: CASTRO, Bárbara Monteiro de Castro e. Resistência de genótipos de Ipomoea batatas a Tetranychus ludeni (Acari: Tetranychidae) e correlação com caracteres morfológicos desta planta. 2015. 42 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6519
Data do documento: 24-Fev-2015
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo782,85 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.