Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6570
Tipo: Dissertação
Título: Mudanças climáticas: percepção do produtor, balanço de carbono em propriedades rurais e neutralização de evento da Universidade Federal de Viçosa
Climate change: perception of farmer, carbon balance in rural properties and event neutralization of Universidade Federal de Viçosa
Autor(es): Alves, Eliana Boaventura Bernardes Moura
Abstract: De forma a auxiliar o Brasil quanto à redução das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), é necessário empenho conjunto de diversos setores da sociedade. O poder público, as empresas e as pessoas físicas, por meio de suas atividades nas zonas rural e urbana, devem estar cientes da problemática relacionada às mudanças no clima e precisam estar envolvidos com alternativas que permitam a mitigação das emissões desses gases. Dessa maneira, há crescente demanda por serviços de quantificação das emissões de GEE e, consequentemente, a compensação dessas emissões, justificando a realização de estudos que abordem o balanço de GEE relacionados às várias atividades desenvolvidas no país. Assim, objetivou-se com esse estudo verificar a percepção dos produtores rurais com relação às causas e consequências das mudanças climáticas e quantificar as emissões e remoções de gases de efeito estufa no âmbito das propriedades rurais e da organização de um evento da Universidade Federal de Viçosa (UFV). A fim de atender a esse objetivo geral, o trabalho foi dividido em três capítulos. No Capítulo 1, objetivou-se avaliar a percepção dos produtores rurais acerca das alterações climáticas, bem como a respeito das causas e consequências dessas alterações relacionadas à sua produção agropecuária. No xiCapítulo 2, o objetivo foi analisar o perfil das emissões e remoções de gases de efeito estufa em propriedades rurais dos participantes da 84a Semana do Fazendeiro. E, por fim, no Capítulo 3, objetivou-se realizar o inventário de gases de efeito estufa da 84a Semana do Fazendeiro, o cálculo da compensação das emissões por meio do plantio de árvores e a identificação de medidas de redução dessas emissões. O trabalho foi desenvolvido com base no Projeto Carbono Zero, iniciativa da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura em parceria com o Departamento de Engenharia Florestal, ambos da UFV. De modo geral, verificou-se que a maioria dos produtores rurais percebia a existência de mudanças no clima, porém ainda há grande desconhecimento deles acerca da relação entre as atividades desenvolvidas em suas propriedades e a contribuição delas para as mudanças climáticas. Observou-se que a maior parte das propriedades rurais tem balanço positivo de carbono, ou seja, a remoção de carbono é superior à sua emissão. Verificou-se, também, que a criação de animais é a principal fonte de emissões de GEE nas propriedades rurais e as florestas de produção são responsáveis pela principal fonte de remoção. No que se refere ao inventário de GEE da 84a Semana do Fazendeiro, identificou-se que os setores que envolvem o consumo de combustíveis fósseis são aqueles que mais contribuem para a emissão total desses gases. Por fim, entre outros aspectos, concluiu-se que a compensação das emissões por meio do plantio de árvores, seja em propriedades rurais, seja também em eventos, é estratégia de extrema importância para mitigação das mudanças climáticas. Apesar disso, é uma estratégia que não soluciona completamente os problemas sociais e ambientais decorrentes do aumento das emissões de GEE e deve estar atrelada a medidas de redução dessas emissões. Além disso, o Projeto Carbono Zero demonstra que a Universidade Federal de Viçosa vem contribuindo para a redução e compensação das emissões de GEE, demonstrando sua responsabilidade ambiental e social perante as mudanças climáticas.
In order to help Brazil to reduce the emissions of Greenhouse Gases (GHG), it is necessary a collaborative effort from several parts of society. The public power, companies and individuals, through their activities in rural and urban areas, should be aware of the problems related to climate change and they need to be engaged with alternatives that allow the mitigation of greenhouse gases emission. Thus, there is a growing demand for services related to quantification of GHG emissions and, consequently, the offset of such emissions, justifying the studies that approach the GHG balance related to many activities developed in the country. Thus, the aim of this study was to verify the perception of farmers regarding the causes and consequences of climate change and quantify emissions and removals of greenhouse gases in the context of rural properties and the organization of an event of Universidade Federal de Viçosa (UFV), Brazil. In order to achieve this general goal, the work was divided into three chapters. In Chapter 1, the objective was to evaluate the perception of farmers about climate changes, as well as the causes and consequences of these changes related to their agricultural production. In Chapter 2, the objective was to analyze the emissions and removals profile of greenhouse gases xiiion farms which participate in the 84th Farmer’s Week. Finally, in Chapter 3, the objective was to execute an inventory of greenhouse effect gases from the 84th Farmer’s Week, the offset calculation of emissions through the plantation of trees and identification of reduction measures of these emissions. The work was developed based on the Zero Carbon Project, an initiative of the Pro-Rectory of Extension and Culture in partnership with the Department of Forest Engineering, both from UFV. In general, it was verified that most of the farmers noticed the existence of climate change, but there is still a great lack of knowledge from them about the relation between the activities developed on their properties and its contribution to climate change. It was observed that most farms has a positive carbon balance, in other words, carbon removal is superior to its emission. It was also found that livestock is the main source of GHG emission on farms and the production forests are responsible for the main removal source. Regard to the inventory of GHG from the 84th Farmer’s Week, it was identified that the sectors which involve the consumption of fossil fuels are the ones that contribute the most to the total emission of GHG. Finally, among other aspects, it was concluded that the offset of emissions through the plantation of trees, whether on farms or also in events, it is an extremely important strategy for climate change mitigation. Nevertheless, it is a strategy that does not completely solve social and environmental problems due to increased emissions of GHG and it should be linked to reduction measures of these emissions. Beside, Zero Carbon Project shows that Universidade Federal de Viçosa has been contributing to the reduction and offset of GHG emissions, demonstrating its environmental and social responsibility towards climate change.
Palavras-chave: Mudanças climáticas
Propriedade rural
Produtores rurais
Balanço de carbono
CNPq: Manejo Florestal
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: ALVES, Eliana Boaventura Bernardes Moura. Mudanças climáticas: percepção do produtor, balanço de carbono em propriedades rurais e neutralização de evento da Universidade Federal de Viçosa. 2014. 122 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6570
Data do documento: 18-Jul-2014
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdfTexto completo1,81 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.