Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/658
Tipo: Tese
Título: Avaliação de diferentes sistemas de ventilação mínima sobre a qualidade do ar e o desempenho de frangos de corte
Título(s) alternativo(s): Evaluation of different minimal ventilation systems on air quality and broiler chicken performance
Autor(es): Menegali, Irene
Primeiro Orientador: Tinôco, Ilda de Fátima Ferreira
Primeiro coorientador: Martins, José Helvécio
Primeiro avaliador: Zolnier, Sérgio
Segundo avaliador: Souza, Cecília de Fátima
Terceiro avaliador: Silva, Fabyano Fonseca e
Abstract: Para a manutenção de um desenvolvimento competitivo da avicultura brasileira, demandam-se medidas que possibilitem a identificação e redução de riscos à saúde das aves e trabalhadores, bem como do meio físico ambiental. Neste trabalho, tem-se por objetivo projetar e avaliar a eficiência de diferentes sistemas de ventilação mínima com ventilação por pressão positiva (SVMP), por pressão negativa (SVMN) e por via natural (SVMNat), associadas ao conforto térmico ambiente, na qualidade do ar, e a influência desses fatores no desempenho produtivo de frangos de corte durante a fase de aquecimento dos pintainhos. O trabalho foi desenvolvido em propriedade avícola comercial integrada a indústria Pif Paf alimentos, no Município de Canaã, Minas Gerais, durante o período de inverno. Foram selecionados três pontos ao longo do comprimento do galpão bem como dois pontos ao longo da altura, caracterizando diferentes gradientes, para verificação das variáveis ambientais, temperatura do ar e de globo negro, umidade relativa e velocidade do ar, ao nível da respiração das aves e dos trabalhadores. Foram verificadas as concentrações de amônia, monóxido de carbono e oxigênio nos horários de 3, 9, 15 e 21 h. As renovações mínimas de ar nos tratamentos com pressão positiva e negativa foram controladas por meio de temporizadores, com renovações diferenciadas para cada semana de vida dos pintainhos. Não houve diferença estatística (P<0,05) para as variáveis, temperatura e índice de temperatura de globo negro e umidade (ITGU) em nenhuma das semanas, com diferença estatísticas para a umidade relativa do ar apenas na segunda semana de observação. A variável de velocidade do ar diferiu estatisticamente (P<0,05) nas três primeiras semanas. As médias de ITGU na primeira, segunda e terceira semana, encontraramse abaixo do nível de conforto para as aves, expondo-as a estresse por frio na maioria dos horários para os três sistemas de ventilação mínima indicando prováveis deficiências no sistema de aquecimento e/ou no sistema de isolamento para pintainhos na sua fase inicial de criação. O conforto térmico, conforme médias de ITGU observadas, só foram atingidos em poucas horas na segunda e terceira semana, e apenas durante o período mais quente do dia na primeira semana de avaliação. As médias do gases poluentes, não ultrapassaram os níveis de tolerância para os três sistemas de ventilação mínima avaliados, que é de 20 e 10 ppm para o nível das aves e 20 e 39 ppm no nível dos trabalhadores, para amônia e monóxido de carbono respectivamente. No entanto, os sistemas de ventilação mínima foram dimensionados adequadamente em termos de renovação mínima necessária ao ar ambiente, não apresentando influências negativas em relação as taxas de ventilação aplicadas para os dois sistemas SVMN e SVMP e com velocidade do ar em níveis não estressores aos pintainhos, inclusive para o SVMNat. Os três sistemas de ventilação mínima estudados, SVMN, SVMP e SVMNat, possibilitaram com que as aves externassem seu desempenho produtivo, com valores próximos aos considerados satisfatórios para os parâmetros avaliados, de acordo com os padrões da avicultura brasileira.
In order to maintain competitive development of Brazilian aviculture, certain measurements must be taken which allow for identification and reduction of health risks to birds and animals, as well as the environment. The objective of this work was to evaluate the efficiency of different minimal ventilation systems including positive pressure ventilation (SVMP), negative pressure ventilation (SVMN) and natural ventilation (SVMNat), associated to the thermal comfort environment, air quality and the influence of these factors on the productive performance of broiler chicken during the heating phase of hatchlings. The study was developed in a commercial poultry house integrated to the Pif Paf industry, in the municipality of Canaã, Minas Gerais, during winter. Three points along the length of the building, as well as two points along the height of the building, characterized different gradients for verification of different environmental variables, air temperature, black globe temperature, relative humidity and air velocity at the level of bird and worker respiration. Ammonia, carbon monoxide and oxygen concentrations were verified at the times of 3, 9 15 and 21 h. Minimal air renovation in the treatments with positive and negative pressures were controlled by means of timing devices, with differential air renovations for each week of life of the hatchlings. No statistical difference (P<0.05) was observed for the variables of temperature and wet bulb globe temperature index (ITGU) in any of the weeks, with statistical difference for the relative humidity of the air noted only in the second week of observation. Average ITGU values in the first, second and third weeks were below comfort levels for the birds, exposing them to cold stress in the majority of the time for the three minimal ventilation systems, indicating probable deficiencies in the heating systems and/or the insulation system for hatchlings in their initial growth phase. Thermal comfort, in accordance with the observed ITGU, was only achieved for short periods during the second and third weed, and only after the warmest period of the day in the first week of evaluation. Average pollutant gas measurements did not surpass tolerable levels for the three minimal ventilation systems evaluated, which are of 20 and 10 ppm at the level of the birds and 20 and 39 ppm at the level of the workers, for ammonia and carbon monoxide, respectively. However, minimal ventilation systems were adequately dimensioned in terms of minimal air renewal, presenting no negative influences in relation to ventilation rates applied for the two systems SVMN and SVMP and with air velocity at non-stressing levels to the hatchlings, inclusive for SVMNat. The three minimal ventilation systems studied, SVMN, SVMP and SVMNat, allowed that birds maximize their production performance, with values near those considered satisfactory for the evaluated parameters, according to Brazilian aviculture standards.
Palavras-chave: Sistemas de ventilação higiênica
Qualidade do ar
Produção avícola
Hygienic ventilation systems
Air quality
Poultry production
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ
Programa: Doutorado em Engenharia Agrícola
Citação: MENEGALI, Irene. Evaluation of different minimal ventilation systems on air quality and broiler chicken performance. 2009. 127 f. Tese (Doutorado em Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/658
Data do documento: 19-Mar-2009
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,28 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.