Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6583
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributorMartins, Márcio Arêdes
dc.contributorSantos, Nerilson Terra
dc.contributor.advisorEuclydes, Rosane Maria de Aguiar
dc.contributor.authorMachado, Mariana Fonseca
dc.date.accessioned2015-11-09T13:38:44Z
dc.date.available2015-11-09T13:38:44Z
dc.date.issued2011-02-25
dc.identifier.citationMACHADO, Mariana Fonseca. Cultivo de microalgas (Chlorella sp. e Ankistrodesmus sp. – Chlorophyceae) em água residuária suplementada com uréia e CO2. 2011. 39 f. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2011.pt-BR
dc.identifier.urihttp://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6583
dc.description.abstractA utilização de água residuária como fonte de nutrientes para o crescimento de microalgas é uma medida sustentável que diminui o custo do cultivo e ameniza os impactos causados no meio ambiente. Este trabalho aborda o uso de água residual pré-tratada (ARP) provenientes de efluente produzido na Refinaria Gabriel Passos (unidade de refinaria da Petrobrás), no cultivo de microalgas nativas Chlorella sp. e Ankistrodesmus sp.. O cultivo foi realizado com diferentes doses de uréia em presença ou não de fluxos de dióxido de carbono (CO2). Os tratamentos foram ARP sem adição de uréia (ARP0), ARP com 75 mg (ARP1), ARP com 100 mg (ARP2) e ARP com 125 mg (ARP3), acrescidos de injeção de CO2 no meio. O cultivo de Chlorella sp. teve duração de 18 dias e o de Ankistrodesmus sp. de 25 dias. Para cada tratamento foram obtidas curvas de crescimento, a partir de conteúdo de clorofila a. Foram realizadas análises dos conteúdos celulares: carboidratos totais, proteínas hidrossolúveis e lipídeos totais. Em Chlorella sp. o conteúdo de clorofila a foi maior no meio Watanabe (controle) (20 μg mL-1) do que nos meios alternativos. Foi observada maior produção de biomassa em meio ARP0 comparando-se ao controle. Chlorella sp. demonstrou baixa produção de proteínas, tanto nos meios ARP quanto no meio Watanabe. A quantidade de lipídeos foi menor no meio ARP0 do que no meio Watanabe, entretanto a produtividade lipídica apresentada, sem suplementação de CO2, no meio ARP0 (41,08 mg L-1) foi maior do que a observada no controle (17,9 mg L-1). Em Ankistrodesmus sp., o maior conteúdo de clorofila a foi encontrado nos cultivos com o meio ARP2, apresentando 12 μg mL-1. Foi observado aumento no conteúdo protéico quando o cultivo de Ankistrodesmus sp. (nos meios ARP) foi realizado com maiores concentrações de uréia e na presença de CO2, apresentando 17,56 % de proteínas hidrossolúveis no meio ARP3. A porcentagem de lipídeos foi menor em ARP0 do que em Watanabe. Os dados apresentados neste trabalho mostraram que a água residuária ARP apresentou-se eficaz para produção de biomassa de Chlorella sp., sendo observados valores maiores na produção de biomassa e na produtividade lipídica do que no meio Watanabe. Ankistrodesmus sp. obteve um crescimento significativo em ARP, porém esse crescimento foi equivalente ao crescimento em meio Watanabe. Entretanto, o teor de lipídeos foi menor, o que diminuiu a produtividade lipídica.pt-BR
dc.description.abstractWastewater has been used as feedstock nutrients for microalgae cultivation as a sustainable procedure, minimizing tillage costs and mitigating environment impacts. This work suggests the use of wastewater pre-processed (ARP) from the Refinery of Gabriel Passos (Betim-MG, as Petrobrás unit) as feedstock for the cultivation of native microalgae Chlorella sp. and Ankistrodesmus sp.. The growth was carried out with different amounts of urea in the absence and presence of carbon dioxide (CO2) efflux. The treatments were ARP without urea (ARP0), 75 mg ARP (ARP1), 100 mg ARP (ARP2) and 125 mg ARP (ARP3), added of CO2. The control system was the Watanabe synthetic medium. The cultivation of Chlorella sp. and Ankistrodesmus sp. lasted 18 and 25 days respectively. Growth curves were outlined for each treatment based on the chlorophyll a content (the parameter used for biomass production).The cellular contents were determined as total carbohydrate, hydrosoluble protein and total lipids. For the Chlorella sp., results showed that the bigger biomass content of chlorophyll a was found in the control system (20 μg mL-1). When urea was absence (ARP0), higher biomass content was obtained. Chlorella sp. synthesized lower protein production, in all treatments. The lipid percentage was lower in the ARP0 than in the Watanabe medium. However, the lipidic productivity was higher in ARP0 medium without CO2 supplementation (41,08 mg L-1) than in the control system (17,9 mg L-1). For Ankistrodesmus sp., the higher chlorophyll a content (12 μg mL-1) was found in the ARP2 system. It was observed a higher protein content when the cultivation was carried out with urea and CO2, reaching 17,56 % of hydrosoluble protein in ARP3 medium (the same percentage found in the Watanabe control system). The lipid percentage was higher in the control system than in the ARP0. This research shows that the wastewater ARP seems to be an optional system for the production of Chlorella sp. biomass. It was observed a greater production of biomass and lipidic productivity in this medium than in Watanabe. The Ankistrodesmus sp. demonstrated a significant growth in Watanabe medium. However, the content of lipid was smaller, hence decreasing the lipidic productivity.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt-BR
dc.language.isoporpt-BR
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapt-BR
dc.rightsAcesso Abertopt-BR
dc.subjectMicroalga - Cultivopt-BR
dc.subjectChlorellapt-BR
dc.subjectAnkistrodesmuspt-BR
dc.subjectBiocombustíveispt-BR
dc.titleCultivo de microalgas (Chlorella sp. e Ankistrodesmus sp. – Chlorophyceae) em água residuária suplementada com uréia e CO2pt-BR
dc.titleCultivation of microalgae (Chlorella sp. and Ankistrodesmus sp. - Chlorophyceae) in wastewater supplemented with urea and CO2en
dc.typeDissertaçãopt-BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9807973930254738pt-BR
dc.subject.cnpqBotânicapt-BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal de Viçosapt-BR
dc.degree.departmentDepartamento de Biologia Vegetalpt-BR
dc.degree.programMestre em Botânicapt-BR
dc.degree.localViçosa - MGpt-BR
dc.degree.date2011-02-25
dc.degree.levelMestradopt-BR
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo544,05 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.