Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6632
Tipo: Tese
Título: Climate change, farm size and land use in Brazilian Legal Amazon
Mudanças climáticas, tamanho das propriedades e uso da terra na Amazônia Legal brasileira
Autor(es): Ferreira, Marcelo Dias Paes
Abstract: Brazilian Legal Amazon is strategic to Brazilian environmental and social achievements and land use plays an important role in this context. This study aimed to assess how climate change and farm size would affect the land use pattern in this region. We developed two chapters to address these issues: Climate Change, Climate Risk and Land Use in Brazilian Legal Amazon and Farm Size and Land Use Efficiency in Brazilian Legal Amazon. In the first chapter, we set up a risk-averse land use model. Results pointed out that the amount of rainfall, inter-annual temperature variance and inter-annual rainfall variance are associated to land use allocation in Brazilian Legal Amazon. There is evidence that farmers are risk-averse and the establishment of pasture is positively associated to rainfall risk. Our climate change simulations indicate that there will be re-allocation of land from forest and crops to pasture. Depending on the increase in climate variability and time horizon, deforestation ratios range between 10% to 16% of total forest areas. In the second chapter, we measure land use efficiency and technical efficiency by Stochastic Frontier Analysis. We found that farm size is negatively associated to the productivity measures. Therefore, larger farms are less productive and waste more land than smaller farms.
A Amazônia Legal é estratégica para os indicadores ambientais e sociais brasileiros e o padrão do uso da terra nessa região influencia tais indicadores. Nesse sentido, este trabalho buscou avaliar como as mudanças climáticas e o tamanho das propriedades afetaram o padrão do uso do solo nessa região. Para responder esses questionamentos, foram desenvolvidos dois capítulos: Climate Change, Climate Risk and Land Use in Brazilian Legal Amazon e Farm Size and Land Use Efficiency in Brazilian Legal Amazon. No primeiro capítulo foi desenvolvido um modelo de uso da terra incorporando aversão ao risco. Os resultados indicam que a quantidade de chuvas, variância interanual da temperatura e variância interanual das chuvas afetam a decisão de uso da terra na Amazônia Legal. Constatou-se que há evidência de aversão ao risco por parte dos produtores rurais na região e que o estabelecimento de pastagens está associado positivamente com risco pluviométrico. Simulações realizadas a partir de projeções climáticas indicam que a estratégia de adaptação por parte dos produtores é a conversão de áreas de lavouras e florestas em pastagens. Dependendo do aumento da variabilidade climática e do horizonte de tempo, a taxa de desmatamento varia de 10% a 16% da área total de florestas nas propriedades rurais. No segundo capítulo, foi medida a eficiência do uso da terra e a eficiência técnica por meio da Análise de Fronteira Estocástica (Stochastic Frontier Analysis). Foi verificado que o tamanho das propriedades na Amazônia Legal está negativamente associado às medidas de produtividade. Assim, propriedades maiores apresentam menor produção e desperdiçam mais terra do que propriedades menores.
Palavras-chave: Solo - Uso - Amazonas
Propriedade rural
Mudanças climáticas - Amazonas
CNPq: Economia dos Recursos Naturais
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: FERREIRA, Marcelo Dias Paes. Climate change, farm size and land use in Brazilian Legal Amazon. 2015. 92f. Tese (Doutorado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6632
Data do documento: 17-Jul-2015
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo972,16 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.