Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6639
Tipo: Dissertação
Título: Análise de um programa privado de fomento florestal no Estado de Minas Gerais
Analysis of a private forest program in the state of Minas Gerais
Autor(es): Jardim, Antônio Freire
Abstract: Programas privados de fomento florestal destacam dentre os demais, pela estruturação e representação econômica para os agentes diretamente envolvidos. Porém os produtores rurais fomentados encontram dificuldades na execução das operações florestais, sobretudo as de colheita e transporte. As características topográficas da região, a produção em pequena escala e a limitação financeira são os principais fatores que podem influenciar na forma como as atividades são executadas, com reflexos negativos na produtividade e no atendimento de normas trabalhistas. O conhecimento da organização e funcionamento desse tipo de parceria produtiva é muito importante para a análise de suas deficiências, bem como para subsidiar a sugestão de melhorias junto aos agentes diretamente interessados: empresa fomentadora e produtores rurais fomentados. Neste sentido, o presente trabalho teve como objetivo geral analisar um programa privado de fomento florestal no Estado de Minas Gerais, descrevendo as suas particularidades e as formas de execução das operações de colheita e transporte florestal. A pesquisa desenvolvida é caracterizada na literatura como exploratória e descritiva, pela forma de obtenção dos dados, as fontes utilizadas e o tipo de análise realizada. As particularidades do programa foram descritas a partir de dados cadastrais, boletins informativos e conversa informal com representantes da empresa, prestadores de serviços e produtores rurais fomentados. Além de conversas informais, foram realizadas visitas as áreas fomentadas, para a descrição das formas de execução das operações de colheita e transporte, cuja programação contemplou a diversidade operacional existente no meio fomentado. O programa de fomento florestal era regido por meio de contratos de compra e venda de madeira, que determinavam as obrigações, responsabilidades e direitos das partes envolvidas. Existiam 1.171 contratos ativos, somando 26.285,78 hectares de áreas manejadas em 88 municípios. As áreas fomentadas apresentavam, em média, 22,45 hectares, sendo que aproximadamente 31,43% dos contratos ativos possuíam dimensões de até 10 hectares. As distâncias de transporte até a fábrica variavam de 10 e 270 km, com média de 137,74 km. A produtividade das regiões fomentadas também era variável, apresentando IMA de 36,75 m 3 /ha.ano. As características do relevo influenciavam na execução das operações de colheita e transporte, no entanto, as condições financeiras do fomentado se mostravam mais iximportantes nas formas de realização das tarefas, pelo baixo grau de mecanização e diversificação de métodos usados. A atividade de corte era realizada de forma semimecanizada, por meio de motosserras. A extração era realizada de forma manual, com auxílio de animais e pelo sistema mecanizado TMO. O carregamento dos caminhões variava do método manual ao emprego de máquinas agrícolas adaptadas e carregador florestal. Já o transporte era realizado por caminhões pequenos, com capacidade máxima de 23 toneladas. A mão de obra era variável em familiar, trabalhadores fixos e autônomos, como também por pequenas e médias empresas. Estas apresentavam melhores estruturas para organização e regularização do trabalho. A conclusão geral foi que o programa de fomento florestal apresentava grande diversidade funcional e operacional, que intensificavam as dificuldades de padronização das atividades para o atendimento das normas que regiam o trabalho no meio rural.
Private forest promotion programs are highlighted among others, because of its structuring and economic representation for agents directly involved. However, promoted farmers confront difficulties when accomplishing forest operations, specially harvesting and carriage. The topographical features of the region, the small-scale production and the financial constraint are the most important issues that can influence in how activities are conducted, resulting in a negative effect on productivity and compliance with labor legislation. The knowledge of organization and operating in this type of productive partnership it is particular important for analysis of its deficiencies, as well as to support the suggestion of improvements along with agents directly concerned: promotion agency and promoted farmers. In this regard, the general goal of this work is to investigate a private program of forest promotion in the state of Minas Gerais, describing its particularities as well as how harvesting and forestry carriage will be implemented. The undertaken research is classified by literature as exploratory and descriptive, due to the means of data collection, sources used and type of analysis being performed. Also, the program particularities were described from record data, newsletters and casual conversations with agency representatives, service suppliers and promoted farmers. Besides casual conversations, visits in promoted areas were fulfilled in order to describe how harvesting and carriage were being executed, which scheduling behold operating diversity existing in the promoted area. The forest promotion program was governed by wood’s purchase and sale agreements, which resoluted obligations, responsabilities and rights of stakeholders. In total, there were 1,171 active agreements with 26,285.78 hectares of managed areas in 88 municipalities. The promoted areas presented an average of 22.45 hectares, wherein about 31.43% of active agreements had dimensions up to 10 hectares. In addition, the transport distances to the factory varied from 10 to 270Km, with an average of 137.74Km and the productivity of promoted areas were also variable, presenting an IMA of 36.75 m 3 /ha.year. The relief features influenced the implementation operations of harvesting and carriage, nevertheless financial constraints of promoted farmers appeared to be more important when tasks were executed, since the methods used had a low level of mechanization and diversification. In addition, cutting activity was performed in a xisemi-mechanized manner with chainsaws while extraction was realized manually, helped either by animals or by TMO system. The loading of trucks ranged from manual method to the use of adapted agricultural machinery and forest conveyor, whereas the carriage was realized by small trucks with a maximum capacity of 23tonnes. The manpower included family labor, permanent employees and independent contractors. As well as small and medium service suppliers companies, which presented better structures to organize and regularize the work. To summarize, the forest promotion program analyzed displayed a measurable functional and operational diversity that increased difficulties in standardizing of the activities to compliance with labor legislation.
Palavras-chave: Florestas
Projeto de desenvolvimento florestal
Madeira - Exploração
Propriedade rural
CNPq: Manejo Florestal
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: JARDIM, Antônio Freire. Análise de um programa privado de fomento florestal no Estado de Minas Gerais. 2015. 70 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6639
Data do documento: 23-Fev-2015
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdfTexto completo1,72 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.