Locus  

Potencial de híbridos e população segregante de abóbora para a produção de óleo e redução do porte da planta

Show simple item record

dc.contributor Carneiro, Pedro Crescêncio Souza
dc.contributor Gomes, Carlos Nick
dc.contributor.advisor Silva, Derly José Henriques da
dc.creator Laurindo, Renata Dias Freitas
dc.date.accessioned 2015-11-12T08:38:51Z
dc.date.available 2015-11-12T08:38:51Z
dc.date.issued 2015-07-23
dc.identifier.citation LAURINDO, Renata Dias Freitas. Potencial de híbridos e população segregante de abóbora para a produção de óleo e redução do porte da planta. 2015. 36f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6641
dc.description.abstract A abóbora (Cucurbita moschata Duch.) desempenha papel importante na alimentação humana, podendo-se consumir a parte vegetativa e os frutos, inclusive suas sementes. As sementes possuem elevado valor nutritivo, devido ao alto teor proteico e oleoginoso. A presença de ácidos graxos insaturados e compostos bioativos no óleo das sementes de abóbora, o eleva a classe de alimentos funcionais. Mesmo com esse potencial, o rendimento de óleo é baixa, pois as abóboras possuem hábito de crescimento rastejante, necessitando de espaçamentos maiores, podendo uma única planta ocupar uma área de até 25m2. No entanto, quando se utiliza abóboras tipo moita, esse espaçamento pode ser reduzido para até 1m2. A alternativa para a redução do espaçamento utilizado na cultura é a introgressão do gene de nanismo (gene Bush). O objetivo com o presente estudo foi promover a caracterização e avaliação de populações híbridas e segregantes provenientes do cruzamento entre acessos de C. moschata do Banco de Germoplasma de Hortaliças da Universidade Federal de Viçosa (BGH-UFV) com potencial oleaginoso e cultivares que possuem o gene de nanismo (Bush) visando a obtenção de genótipos com elevada produtividade de óleo das sementes e com reduzida arquitetura da planta. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com três repetições. Cinco plantas dos acessos do BGH-UFV (BGH-7319 e BGH-7765), cultivares (Piramoita e Tronco Verde) e híbridos F1 (BGH-7319 x Piramoita, BGH-7319 x Tronco Verde, BGH-7765 x Tronco Verde) foram utilizadas por repetição, sendo consideradas as três plantas centrais das parcelas como úteis e trinta plantas para cada uma das três populações F 2 (‘População 1 F2’, ‘População 2 F2’, ‘População 3 F2’). Foram aplicados 28 descritores, sendo 9 relativos a fase vegetativa das plantas, 12 referentes aos frutos e 7 às sementes. Os dados experimentais foram submetidos à análise de variância e as médias dos tratamentos contrastadas com as médias das testemunhas a 5 % de probabilidade, pelo teste Dunnett. As análises foram realizadas utilizando-se o Aplicativo Computacional em Genética e Estatística GENES. Na predição do potencial das populações para obtenção de linhagens superiores, foi utilizada a metodologia de JINKS & POONI (1976). Para as características da fase vegetativa, foi observada reduzida variabilidade. O comprimento da rama aos 7, 14, 21, 28 e 35 dias após o transplantio não possibilitou diferenciar os genótipos do tipo moita e rastejante. O comprimento do entrenó aos 30 e 60 dias após o transplantio e o hábito de crescimento para todos os tratamentos avaliados obtiveram padrão intermediário às testemunhas tipo moita e rastejante. O híbrido BGH-7319 x Piramoita se destacou para as características prolificidade, diâmetro e comprimento da cavidade interna do fruto, diâmetro do fruto, massa e número de sementes por fruto e carotenoides totais na polpa. Dentre essas, com exceção de carotenoides totais, este híbrido superou seu genitor de melhor desempenho para todas as demais características. O híbrido BGH- 7319 x Tronco Verde, se destacou em relação às características massa média do fruto, diâmetro da cavidade interna e diâmetro do fruto, massa de sementes por fruto, massa de 100 sementes, comprimento, largura e espessura da semente. De maneira geral, para as características de semente que obtiveram diferenças significativas, este híbrido também superou o seu genitor de melhor desempenho. Mediante a metodologia de JINKS & POONI (1976), a ‘População 2 F2’ derivada do cruzamento entre os genitores BGH-7319 e Tronco Verde foi considerada a mais promissora, superando os padrões pré- estabelecidos em 53% dos descritores aplicados, dentre estes, descritores relacionados à redução do porte da planta. pt-BR
dc.description.abstract The pumpkin (Cucurbita moschata Duch.) plays an important role in human nutrition. The vegetative part, fruit and seeds can be consumed. Seeds have high nutritional value due to the high protein and oil content. The presence of unsaturated fatty acids and bioactive compounds in the oil of pumpkin’s seeds make this vegetable a functional food. Despite this potential, the oil yield is low because the pumpkins have a creeping growth habit and require larger spacing. A single plant can occupy an area of up to 25m2. When using brush type pumpkins, this spacing can be reduced up to 1m 2. The alternative to reduce the spacing in this crop is the introgression of dwarfism gene (Bush gene). The aim in this study was to promote the characterization and evaluation of hybrid and segregating populations from the cross between access C. moschata the Germplasm Bank of the Federal University of Viçosa vegetables (BGH-UFV) with oily potential and cultivars that have the dwarfism gene (Bush) aimed at obtaining genotypes with high productivity oil seeds and with reduced architecture of the plant. The experimental design was a randomized complete block design with three replications. Five plants of BGH- UFV accesses (BGH-7319, BGH-7765), cultivars (Piramoita and Tronco Verde) and F1 hybrids (BGH-7319 x Piramoita, BGH-7319 x Tronco Verde, BGH-7765 x Tronco Verde) were used by repetition, considering the three central plants of the plots as useful and thirty plants for each of the three F2 populations ('Population 1 F2', 'Population 2 F2', Population 3 F2 '). 28 descriptors were applied, 9 for the growing season of plants, 12 related to fruit and seeds 7. The experimental data were subjected to analysis of variance and treatment means contrasted with the average of the controls at 5% of probability by the Dunnett’s test. The analysis were performed using the software GENES. In the prediction of the potential of the populations for the obtantion of superior strains, the methodology of JINKS & POONI (1976) was used. Low variability was observed for the characteristics of the vegetative phase. The length of the branch at 7, 14, 21, 28 and 35 days after transplanting did not allow the differentiation of genotypes of bush and creeping growth habit. The length of the internode at 30 and 60 days after transplanting and the growth habit for all the treatments obtained intermediate pattern to the bush and creeping type controls. The BGH-7319 x Piramoita hybrid stood out for prolificacy, diameter and length of the inner cavity, diameter of the fruit, mass and number of seeds per fruit and total carotenoids in the pulp. Among these, except for total carotenoids, this hybrid surpassed its genitor of better performance for all other characteristics. The BGH- 7319 x Tronco Verde hybrid stood out in relation to the average fruit mass, diameter of the inner cavity, diameter of the fruit, mass of seeds per fruit, mass of 100 seeds, length, width and thickness of the seed. For seeds characteristics that had significant differences, this hybrid also topped their best performance genitor. By the methodology of JINKS & POONI (1976), the 'Population 2 F2' derived from the cross between the BGH-7319 and Tronco Verde genitors was considered the most promising, exceeding the pre-established standards in 53% of descriptors applied, including, descriptors related to the size reduction of the plant. en
dc.description.sponsorship Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Abóbora - Melhoramento genético pt-BR
dc.subject Cucurbita moschata pt-BR
dc.subject Germoplasma vegetal pt-BR
dc.subject Sementes pt-BR
dc.subject Óleos de semente pt-BR
dc.subject Ácidos graxos pt-BR
dc.title Potencial de híbridos e população segregante de abóbora para a produção de óleo e redução do porte da planta pt-BR
dc.title Potential of hybrids and segregating population of pumpkin for the production of oil and reducing the size of the plant en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Fitotecnia pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/3194356644184330 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Fitotecnia pt-BR
dc.degree.program Mestre em Fitotecnia pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2015-07-23
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Fitotecnia [884]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account