Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6658
Tipo: Dissertação
Título: Crescimento e produção do mangarito sob as malhas termorrefletora, difusora e sombrite
Growth and production of tannia under mesh thermoreflective, diffusion and shading
Autor(es): Santin, Carla Regina
Abstract: O mangarito (Xanthosoma riedelianum) é hortaliça tuberosa pertencente à família Araceae. A maioria das espécies dessa família são consideradas plantas pouco exigentes em luz. Neste sentido objetivou-se, neste trabalho, avaliar o crescimento e a produção de rizomas dos mangaritos ‘Gigante’, ‘Pequeno’ e ‘Roxo’ cultivados sob malhas termorrefletora, difusora e sombrite. O experimento foi conduzido na Horta da Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, Minas Gerais, no período de setembro de 2013 a junho de 2014. Os tratamentos foram constituídos do controle (ausência de malha – a céu aberto), de duas malhas termorrefletoras (Aluminet® 30% e Aluminet® 40%), uma malha difusora (ChromatiNet Difusor® 30%) e uma malha Sombrite® 60%. As malhas foram colocadas em telados fechados com dimensões de 2 x 3 x 10 m (altura x largura x comprimento). O delineamento experimental utilizado foi blocos casualizados, com quatro repetições. Durante o ciclo cultural, aos 100, 130, 160, 190 e 220 dias após plantio (DAP), em três plantas por repetição, avaliaram-se características de crescimento das plantas e estado nitrogenado (SPAD; índice de flavonóides – IFLV; índice de clorofila – ICHL e balanço de nitrogênio - IBN). Aos 160, 190 e 220 DAP estimou-se o índice de área foliar (IAF) e na colheita, aos 285 DAP, a produção de rizomas. De maneira geral, as três variedades de mangarito quando cultivadas sob malhas, especialmente sob a malha ChromatiNet Difusor® 30%, apresentaram, comparativamente ao controle, maior altura de plantas e número de folhas/planta a partir dos 160 DAP; maior índice SPAD a partir dos 130 DAP; maior IAF (ChromatiNet Difusor® 30% e Sombrite® 60%) aos 190 e 220 DAP; maior ICHL e IBN a partir dos 130 DAP e maior produção de rizomas (principalmente rizomas mãe e filho grande), sobretudo sob a malha ChromatiNet Difusor® 30%. Por sua vez, plantas do ambiente controle das variedades mangarito ‘Gigante’ e ‘Pequeno’ (aos 100 e 130 DAP), e do mangarito ‘Roxo’ (todas as avaliações), apresentaram maiores valores de IFLV indicando estarem sob condições de estresse. Conclui-se que mangarito é uma espécie tolerante à restrição parcial de luz. Seu cultivo sob malhas proporciona melhor desenvolvimento das plantas, resultando em melhor estado nitrogenado e maior produção de rizomas, em especial no ambiente ChromatiNet Difusor® 30% que demonstrou ser de maior potencial para ser utilizado na cultura.
The tannia (Xanthosoma riedelianum) is a tuberous vegetable belonging to the Araceae family. Most species of this family are considered undemanding plants in light. In this sense it aimed at in this study was to evaluate the growth and production of 'Giant', 'Small' and 'Purple' tannia rhizome’s grown under three different conditions such as thermo-reflective, diffusion and shading. The experiment was conducted in a experimental garden from September 2013 to June 2014. The treatments were consisted of two thermoreflective mesh (Aluminet® 30% and Aluminet® 40%), diffuser mesh (ChromatiNet Difusor® 30%) and shading mesh (Sombrite® 60%) and the control (with no mesh). The meshes were placed in closed roofs with dimensions of 2 x 3 x 10 m (height x width x length). This study is a randomized block design with four replications. During the crop cycle, at the 100, 130, 160, 190 and 220 days after planting (DAP), with three plants per repetition, growth characteristics of plants and nitrogen status (SPAD; index flavonoids - IFLV; index chlorophyll - ICHL and nitrogen balance - IBN) were assessed. At 160, 190 and 220 DAP were estimated the leaf area index (IAF) and in harvesting the production of rhizomes were estimated at 285 DAP. Overall, campared to the control, the three varieties of tannia cultured under meshes, especially under the mesh ChromatiNet Difusor® 30%, showed increased plant height, number of leaves / plant from the DAP 160; most index SPAD from 130 DAP; greater IAF (ChromatiNet Difusor® 30% and Sombrite® 60%) to 190 and 220 DAP; ICHL and IBN from 130 DAP increased production of rhizomes (mainly rhizomes mother and grand son), mostly in the mesh ChromatiNet Difusor® 30%. In turn, environmental control plants of tannia varieties 'Giant' and 'Small' (the 100 and 130 DAP), and tannia 'Purple' (all assessments), had higher IFLV values, indicating they were under stress conditions. In conclusion, tannia is tolerant to partial restriction of light. Its cultivation under meshes provides better plant growth, resulting in improved nitrogen status, and increased production of rhizomes, in particular ChromatiNet Difusor® 30% environment, which proved to be the greatest potential to be used in the culture.
Palavras-chave: Xanthosoma riedelianum
Mangarito - Cultivo
Planta - Efeito da luz
CNPq: Fitotecnia
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SANTIN, Carla Regina. Crescimento e produção do mangarito sob as malhas termorrefletora, difusora e sombrite. 2015. 51f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6658
Data do documento: 30-Jul-2015
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo4,68 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.