Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6668
Tipo: Dissertação
Título: Potencial da biomassa florestal para produção de energia térmica industrial
Potential of forest biomass for industrial thermal energy production
Autor(es): Miranda, Marcos Antonio da Silva
Abstract: O objetivo deste trabalho foi identificar e analisar o potencial da biomassa florestal, como fonte de energia térmica para uso industrial. Inicialmente fez-se uma busca na literatura com objetivo de explorar o conhecimento existente sobre produção de energia térmica com biomassa florestal. Posteriormente, foi estimada a demanda de biomassa florestal para substituição dos principais combustíveis fósseis, com cenários de 100, 75 e 50% de substituição destes combustíveis pela biomassa florestal. Em seguida foi calculado o custo com cada combustível para produção de uma tonelada de vapor, de forma a verificar a competitividade da biomassa florestal frente aos combustíveis fósseis. Os combustíveis comparados foram: gás natural, gás liquefeito de petróleo, óleo combustível, óleo diesel, cavaco de madeira e lenha. Prosseguindo, foi realizada uma análise da utilização da biomassa florestal para produção de energia térmica industrial através da Matriz SWOT. Com isso, foi possível descrever as principais questões técnicas e políticas que influenciam na utilização da biomassa florestal para tal fim e estabelecer recomendações de ações aos diversos agentes envolvidos na cadeia produtiva da biomassa florestal. Verificou-se que a biomassa florestal ocupa a sexta posição na matriz energética do setor industrial e possui maior espaço a ser conquistado. As áreas demandadas para substituição de 100, 75 e 50% dos combustíveis fósseis analisados foram respectivamente, 2,9, 2,2 e 1,5 milhões de hectares. O custo da tonelada de vapor utilizando o cavaco foi no mínimo 34% menor que com os demais combustíveis. Os principais pontos fortes da biomassa florestal são custo competitivo, alta produtividade, combustível renovável, geração de empregos e amplitude regional, enquanto que os pontos fracos são comercialização por volume, logística, baixa concentração de energia, controle de qualidade e representatividade organizacional. Apesar de apresentar menor custo a biomassa florestal enfrenta dificuldades políticas, burocráticas e falta de incentivo por parte do poder público. É necessário mais investimentos em pesquisa e interação entre os stakeholders da cadeia produtiva para desenvolvimento do mercado de biomassa para energia.
The objective of this study was to identify and analyze the potential of forest biomass such as thermal energy source for industrial use. Initially, there was a search of the literature in order to research the existing knowledge about thermal energy production with forest biomass. Thereafter, the demand for forest biomass was estimated using substitution levels of 100, 75 and 50% of the main fossil fuels by forestry biomass. Then, it was calculated the cost of each fuel for producing a ton of steam, in order to verify competitiveness of forest biomass compared to fossil fuels. The compared fuels were natural gas, liquefied petroleum gas, fuel oil, diesel oil, wood chips and firewood. By continuing, an analysis of the use of forest biomass was held for the production of industrial thermal energy through the SWOT matrix. Thus, it was possible to describe the main technical and political issues, which influence the use of forest biomass for this purpose, and to establish recommendations for action to the various agents involved in the production chain of forest biomass. It was found that forest biomass occupies the sixth position in the energy matrix of the industrial sector and has more space to be conquered. The demanded areas for replacing 100, 75 and 50% of fossil fuels analyzed were respectively 2.9, 2.2 and 1.5 million hectares. The cost of steam ton using the wood chips was at least 34% lower than with other fuels. The main strengths of forest biomass are competitive cost, high productivity, renewable fuel, job creation and regional amplitude, while the weaknesses are marketed by volume, logistics, low concentration of energy, quality control and organizational representation. Despite having lower cost, forest biomass is facing political difficulties, bureaucratic and lack of encouragement by the government. It is necessary more investment in research and interaction among stakeholders in the production chain for developing market of biomass to energy.
Palavras-chave: Biomassa florestal
Madeira com combustível
Energia térmica
CNPq: Manejo Florestal
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: MIRANDA, Marcos Antonio da Silva. Potencial da biomassa florestal para produção de energia térmica industrial. 2015. 48 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6668
Data do documento: 3-Mar-2015
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo682,86 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.