Locus  

Avaliação do óleo de orégano em dietas para lambaris-do-rabo-amarelo (Astyanax altiparanae) em diferentes densidades de estocagem

Show simple item record

dc.contributor Salaro, Ana Lúcia
dc.contributor.advisor Zuanon, Jener Alexandre Sampaio
dc.creator Kanashiro, Márcio Yoshiyuki
dc.date.accessioned 2015-11-18T08:41:42Z
dc.date.available 2015-11-18T08:41:42Z
dc.date.issued 2015-05-15
dc.identifier.citation KANASHIRO, Márcio Yoshiyuki. Avaliação do óleo de orégano em dietas para lambaris-do-rabo-amarelo (Astyanax altiparanae) em diferentes densidades de estocagem. 2015. 36 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015. pt-BR
dc.identifier.uri http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6733
dc.description.abstract A densidade de estocagem pode influenciar o crescimento dos peixes, podendo levar a diminuição do bem-estar e comprometer a saúde dos animais. Para minimizar os efeitos adversos de densidades de estocagem inadequadas, tem-se utilizado promotores de crescimento em suas dietas. Dentre os produtos utilizados na produção animal com esse propósito destacam-se as plantas aromáticas, seus extratos e óleos essenciais. Um dos óleos essenciais com potencial para ser usado como aditivo em rações animais é o óleo de orégano, extraído da planta Origanum vulgare, em função de suas propriedades antibacteriana, antifúngica, antioxidante, anti-inflamatória, anti- helmíntica e digestiva. Assim, com o presente estudo objetivou-se avaliar o efeito da densidade de estocagem sobre o desempenho produtivo e o bem estar de lambari-do- rabo-amarelo (Astyanax altiparanae), bem como avaliar o potencial do óleo de orégano como modulador das respostas de estresse. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial com quatro densidades de estocagem e duas dietas, com quatro repetições. Foram avaliadas quatro densidades de estocagem (0,17; 0,42; 0,58 e 0,75 peixes L-1) e duas dietas práticas, sendo uma controle, sem óleo de orégano, e uma contendo 0,5 g kg-1 de óleo de orégano. Os peixes (3,44 ± 0,06 g) foram mantidos em aquários contendo 60L de água, dotados de aeração, filtro biológico e temperatura controlada por aquecedores e termostatos (27 ± 1°C). Os peixes foram alimentados até a saciedade aparente quatro vezes ao dia, durante 120 dias. Ao final do período experimental foram avaliados o desempenho produtivo, a qualidade da água, as respostas de estresse, estresse oxidativo e patologias nas brânquias. A avaliação dos efeitos da densidade de estocagem e suplementação com óleo de orégano na dieta sobre as variáveis estudadas foi realizada por meio de análise de variância e de regressão polinomial ao nível de 5% de probabilidade. Não houve interação significativa entre as densidades de estocagem e a suplementação de óleo de orégano na dieta para as variáveis estudas, exceto para amônia tóxica. Houve efeito da densidade sobre o oxigênio dissolvido, pH e nitrito na água. Para o oxigênio dissolvido observou-se efeito linear decrescente, para nitrito, efeito linear crescente e para o pH, efeito quadrático da densidade de estocagem, com valor estimado que minimiza essa variável igual a 0,62 peixes L-1. Para amônia tóxica, observou-se efeito quadrático da densidade para os peixes alimentados com a dieta controle, com valor estimado que minimiza essa variável igual a 0,31 peixes L-1, enquanto que para os peixes alimentados com a dieta suplementada com óleo de orégano observou-se efeito linear crescente da densidade. A concentração de amônia tóxica na água dos peixes alimentados com a dieta controle foi maior que a dos peixes alimentados com a dieta suplementada com óleo de orégano, na densidade de 0,75 peixes L-1. Para a glicose houve efeito quadrático da densidade de estocagem, sendo estimado o valor que minimiza essa variável igual a 0,31 peixes L-1. Para o cortisol plasmático houve efeito quadrático da densidade de estocagem, sendo estimado o valor que maximiza essa variável igual a 0,53 peixes L-1. Para a concentração de malondialdeído houve efeito linear crescente da densidade de estocagem e para a enzima superóxido dismutase houve efeito quadrático da densidade, com valor estimado que minimiza essa variável igual a 0,57 peixes L-1. Para a enzima catalase houve efeito significativo da dieta, com menor valor para os peixes alimentados com a dieta suplementada com óleo de orégano. Para o índice de histopatologia branquial houve efeito linear crescente da densidade de estocagem. Os resultados de qualidade de água (amônia tóxica) e da concentração de glicose sanguíneo indicam que a melhor densidade de estocagem para essa espécie é de 0,31 peixes L-1. Dessa forma, pode-se concluir as mais altas densidades de estocagem utilizadas comprometem o desempenho produtivo, o bem estar e a integridade branquial de Astyanax altiparanae. O óleo de orégano não atua como modulador das respostas de estresse, porém, atua no metabolismo do nitrogênio, com menor excreção de amônia em Astyanax altiparanae. pt-BR
dc.description.abstract The stocking density can influence positively or negatively the fish growth and can lead to decreased welfare and compromise the health of animals. To minimize the adverse effects of inadequate stocking densities, growth promoters have been used in their diets. Among the products used in animal production for this purpose there are the herbs, their extracts and essential oils. One of the essential oils with the potential to be used as a growth promoter in animal feed is the oregano oil, extracted from the plant Origanum vulgare, due to its antibacterial, antifungal, antioxidant, anti- inflammatory, anthelmintic and digestive properties. Thus, the present study aimed to evaluate the effect of stocking density on growth performance and welfare of the lambari (Astyanax altiparanae), and to assess the oregano oil's potential as a modulator of the stress responses. The experimental design was completely randomized in a factorial design with four stocking densities and two diets, with four replications. Four stocking densities (0.17; 0.42; 0.58 and 0.75 fish L-1) and two diets were evaluated, being one control without oregano oil and one containing 0.5 g kg-1 of oregano oil. Fish (3.44 ± 0.06 g) were kept in aquaria containing 60L of water, equipped with aeration, biological filter and temperature controlled heaters and thermostats (27 ± 1 ° C). Fish were fed to apparent satiation four times a day during 120 days. At the end of the experiment were evaluated the productive performance, water quality, stress responses, oxidative stress and diseases in the gills by calculating the gill histopathology index. The assessment of the effects of stocking density and oregano oil supplementation on the variables studied was performed by analysis of variance and polynomial regression at 5% probability. There was no significant interaction between stocking densities and the oregano oil supplementation in the diet for the studied variables, except for toxic ammonia. There was a significant effect of density for dissolved oxygen, pH and nitrite in the water. It was observed decreasing linear effect for dissolved oxygen, increasing linear effect for nitrite, and quadratic effect for pH, with the estimated value that minimizes this variable equal to 0.62 L-1 fish. To toxic ammonia was observed quadratic effect the density for fish fed the control diet, estimated that minimizes this variable equals 0.31 fish L-1, while for fish fed the diet supplemented with oil oregano there was a linear increase in density. The toxic ammonia content in the water of the fish fed the control diet was higher than that of fish fed the diet supplemented with oregano oil in the stocking density 0.75 fish L-1. For glucose, quadratic effects of stocking density was observed, with the estimated value that minimizes this variable equal to 0.31 fish L-1. For plasma cortisol, it was observed quadratic effects of stocking density, with the estimated value that maximizes this variable equal to 0.53 fish L-1. For the malondialdehyde content there was a linear increase of stocking density and the enzyme superoxide dismutase there was a quadratic effect of stocking density, with the estimated value that minimizes this variable equal to 0.57 fish L-1. For the enzyme catalase, it was observed significant effect of diet with lower value for fish fed the diet supplemented with oregano oil. For the gill histopathology index it was observed increasing linear effect of stocking density. The results of water quality (toxic ammonia) and blood glucose level indicates that the best stocking density of this species is 0.31 fish L-1. Thus, it can be concluded that high stocking densities used undertake productive performance, welfare and gill integrity of the Astyanax altiparanae. Oregano oil does not act as a modulator of stress responses, however, operates on nitrogen metabolism, with lower ammonia excretion in Astyanax altiparanae. en
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior pt-BR
dc.language.iso por pt-BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.rights Acesso Aberto pt-BR
dc.subject Peixes - Alimentação e rações pt-BR
dc.subject Peixe - Desempenho pt-BR
dc.subject Astyanax altiparanae pt-BR
dc.subject Extratos vegetais pt-BR
dc.subject Estresse oxidativo pt-BR
dc.title Avaliação do óleo de orégano em dietas para lambaris-do-rabo-amarelo (Astyanax altiparanae) em diferentes densidades de estocagem pt-BR
dc.title Oregano oil assessment in diets for minnows from the lambari-do-rabo- amarelo (Astyanax altiparanae) at different stocking densities en
dc.type Dissertação pt-BR
dc.subject.cnpq Zoologia pt-BR
dc.creator.lattes http://lattes.cnpq.br/9522196832188280 pt-BR
dc.degree.grantor Universidade Federal de Viçosa pt-BR
dc.degree.department Departamento de Biologia Animal pt-BR
dc.degree.program Mestre em Biologia Animal pt-BR
dc.degree.local Viçosa - MG pt-BR
dc.degree.date 2015-05-15
dc.degree.level Mestrado pt-BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Biologia Animal [157]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account