Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6779
Tipo: Dissertação
Título: Perímetro do pescoço, adiposidade e risco cardiometabólico em adultos de Viçosa (MG): estudo de base populacional
Nek perimeter, adiposity and cardiometabolic risk in adults in Viçosa: population- based studies
Autor(es): Zanuncio, Virgínia Vinha
Abstract: As doenças cardiovasculares representam a maior causa de morbi-mortalidade nos países desenvolvidos e está em ascensão nos países em desenvolvimento. Novos marcadores, como as medidas antropométricas relacionadas aos fatores de risco cardiometabólico, especialmente à síndrome metabólica (SM), são importantes no contexto de saúde pública devido à necessidade de intervenções eficazes, de baixo custo, acessíveis à maior parte da população e de caráter preventivo. O perímetro do pescoço (PP) vem sendo estudado devido a sua associação com o acúmulo de gordura subcutânea no segmento superior do corpo e risco cardiometabólico. Estudo transversal, de base populacional, foi desenvolvido com o objetivo de associar o PP com fatores de risco cardiometabólico na população adulta e estabelecer pontos de corte para predição da SM e risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares pelo escore de risco de framinghan. Um total de 954 adultos, de ambos os sexos, com 20 a 59 anos, foram avaliados. A SM foi definida segundo o Critério Harmonizado (2009). O PP foi a variável preditora principal e SM e seus componentes foram utilizados como variáveis dependentes. As análises foram ponderadas por idade, escolaridade e sexo e a associação entre o PP e a carga da SM avaliada por regressão logística multinomial. A associação entre o PP e fatores de risco cardiometabólico foi avaliada com regressão linear múltipla. Calculado os pontos de corte dessa medida antropométrica que prediz SM de acordo com sexo através da curva ROC. O nível de significância adotado foi menor ou igual a 0,05. O PP é um preditor independente para a carga da SM, com maior associação nas mulheres e está associado com outros fatores de risco cardiometabólicos como, HDL colesterol, triglicerídeos, resistência à insulina e pressão arterial, com outras medidas antropométricas como, perímetro da cintura e índice de massa corporal e com medidas de composição corporal, sendo um preditor de obesidade. O ponto ótimo de corte, do PP, para predição da síndrome foi de 39,5cm para homens e 33,3cm para as mulheres. Indivíduos com PP abaixo do ponto de corte estabelecido possuem menor probabilidade de evento coronariano em 10 anos que aqueles com PP acima do ponto de corte de acordo com o escore de risco de Framinghan. O PP é uma medida antropométrica simples, de baixo custo e fácil obtenção na prática clínica e em estudos epidemiológicos. Por tratar-se de um marcador adicional de risco, recomenda-se o uso deste parâmetro antropométrico como ferramenta de triagem de indivíduos adultos assintomáticos.
Cardiovascular diseases are the major morbidity and mortality cause in developed countries and are increasing in developing ones. New markers, such as anthropometric measurements, related to cardiometabolic risk factors and the metabolic syndrome (MS) are important in the public health context due to the need of effective interventions with low cost and affordable for most populations. The neck perimeter (NP) has been studied because of its association with the upper body subcutaneous fat and cardiometabolic risks. A population-based and cross-sectional study was developed aiming to associate the NP with cardiometabolic risk factors and to establish cut-off values for the predicting of MS. 954 adults of both genders, 20 to 59 years, were evaluated. The MS was defined according to the Harmonizing Criteria(2009). The NP was the main independent variable and the MS and its components as dependent variable. Age and gender were weighted and the association between NP with the burden of MS was evaluated by multinomial logistic regression. The association between NP and cardiometabolic risk factors was assessed with linear regressions. Receiver operating characteristic (ROC) curves were used for gender-specific cut-off values for the prediction of MetS. A P value < 0.05 was considered statistically significant. The NP is an independent predictor for the MS with highest association in women. The cut-off value of the NP for the prediction of the syndrome was 39.5cm for men and 33,3cm for women. Therefore, NC is a useful screening tool in clinical and research settings.
Palavras-chave: Sistema cardiovascular - Doenças
Sindrome metabólica
Antropometria
CNPq: Nutrição
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: ZANUNCIO, Virgínia Vinha. Perímetro do pescoço, adiposidade e risco cardiometabólico em adultos de Viçosa (MG): estudo de base populacional. 2015. 76 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Nutrição) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6779
Data do documento: 12-Ago-2015
Aparece nas coleções:Ciência da Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo760,74 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.