Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6792
Tipo: Dissertação
Título: Ricoseius loxocheles (ACARI: PHYTOSEIIDAE): relações biológicas e fontes alimentares
Ricoseius loxocheles (ACARI: PHYTOSEIIDAE): biological relations and food sources
Autor(es): Vacacela Ajila, Henry Eduardo
Abstract: O café constitui um dos principais produtos agrícolas mundiais devido às grandes rendas econômicas que gera nos países onde é cultivado. Nesta cultura, comumente podemos observar pragas como Brevipalpus phoenicis e doenças como Hemileia vastatrix que podem ocasionar grandes perdas econômicas, caso medidas de controle não sejam tomadas. O controle destas pragas e doenças usualmente é feito com a aplicação de agrotóxicos, que podem ocasionar problemas tanto nas pragas que se deseja atingir (resistência) como nos inimigos naturais que podem ser afetados indiretamente. O controle biológico torna-se uma opção viável para a diminuição do uso de agrotóxicos e o ácaros predadores fitoseídeos são objeto de muitas pesquisas sobre sua capacidade de explorar diversos recursos na sua alimentação e sua aplicabilidade nesse tipo de controle. O predador Ricoseius loxocheles (Ácari: Phytoseiidae) tem a capacidade de se alimentar e carregar esporos de ferrugem do cafeeiro e por ser membro de uma família de ácaros predadores possui potencial para agente de controle biológico. No entanto, pouca informação existe sobre sua função ecológica no sistema cafeeiro. Nesse contexto, o objetivo do estudo foi determinar a capacidade predatória de R. loxocheles sobre B. phoenicis e o desempenho do fitoseídeo em diferentes fontes alternativas de alimento avaliando sua sobrevivência e reprodução. Os resultados mostraram que o ácaro B. phoenicis não representa uma presa potencial para o fitoseídeo R. loxocheles, já que o sucesso reprodutivo desse ácaro predador foi negativo quando unicamente tinha a presença da praga, ocasionando a morte do fitoseídeo. O crescimento populacional (ri) de R. loxocheles foi positivo em mudas de café infectadas por ferrugem. Adicionalmente, foi demonstrado que o ácaro aproveita diversos recursos alimentícios alternativos, como ferrugem de café, ferrugem de trevo e o pólen de taboa para seu sucesso reprodutivo. Das fontes testadas, apenas o pólen apícola foi o único recurso não viável que reduziu a oviposição e ocasionou a sua morte.
Coffee is one of the main crops in the world, due to the large economic importance that generates in the countries where it is cultivated. This culture is commonly attacked by some pests and diseases, such as Brevipalpus phoenicis and Hemileia vastatrix, respectively, that can produce great economic losses if a not appropriate control is used. The control of these pests and diseases is usually done applying chemicals products that can cause several problems: the target pests can become resistant and the natural enemies can be also indirectly affected. So, biological control becomes a viable option for the reduction of pesticide use, considering that the phytoseiids has been the subject of many studies due their ability to explore various food sources. The phytoseiid mite Ricoseius loxocheles (Acari: Phytoseiidae) has the ability to feed and carry coffee leaf rust spores. However, the little information about this behavior limits to understand their role in agricultural systems, especially in the coffee crops. Then, the objective of this study was to evaluate the predatory ability of R. loxocheles on B. phoenicis and the performance (survival and reproduction) of this phytoseiid on different food sources. The results showed that B. phoenicis does not represent a potential prey for R. loxocheles, considering that the reproductive success of this predatory mite was negative when this pest was the diet, resulting in the death of the phytoseiid. Population growth (ri) of R. loxocheles was positive on coffee plants infected by the rust, but the mite had also good population performance on several alternative food resources, such as coffee rust, rust clover and the cattail pollen for their reproductive success. However, from all alternative food sources tested bee pollen was the only non-viable resource that reduced oviposition of R. loxocheles and caused the death of the phytoseiid mite.
Palavras-chave: Ricoseius loxocheles
Brevipalpus phoenicis
Hemileia vastatrix
Café - Doenças e pragas - Controle biológico
Ferrugem do cafeeiro
Pólen
CNPq: Entomologia Agrícola
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: VACACELA AJILA, Henry Eduardo. Ricoseius loxocheles (ACARI: PHYTOSEIIDAE): relações biológicas e fontes alimentares. 2015. 43 f. Dissertação (Mestrado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6792
Data do documento: 19-Fev-2015
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdftexto completo1,68 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.