Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/6825
Tipo: Tese
Título: Políticas climáticas, crescimento econômico e bem-estar: uma abordagem dinâmica multirregional
Climate policy, economic growth, and well-being: a multiregional dynamic approach
Autor(es): Sousa, Geovânia Silva de
Abstract: A contenção do aumento da temperatura, gerado pelos altos níveis de concentração dos GEE na atmosfera, tem sido um desafio para os cientistas e formuladores de políticas. Um dos maiores entraves à implementação de políticas climáticas de mitigação têm sido os custos incorridos para as economias. Nesse sentido, buscou-se analisar, neste estudo, o desempenho das economias desenvolvidas e em desenvolvimento com a implementação da política climática de redução das emissões, na presença dos spillovers tecnológicos. Para tanto, foi elaborado uma variante do modelo MIND, que permitiu estender as análises para diversas regiões, considerando o comércio bilateral e os spillovers tecnológicos, em um contexto de mudanças climáticas. Com base nas análises feitas, constatou-se influência positiva dos spillovers tecnológicos, uma vez que a elevação no desempenho econômico das regiões bem como nas negociações internacionais e no bem-estar não acarretaram elevação no nível de emissões, visto que estes níveis se mantiveram inalterados. A política climática aplicada somente para os países desenvolvidos, conforme proposto inicialmente pelo protocolo de Kyoto, não foi suficiente para causar impactos positivos ou negativos sobre as variáveis. Quando aplicada para ambos, países desenvolvidos e em desenvolvimento, verificou-se pequena redução no desempenho das economias e no bem-estar, todavia a intensidade da redução nos níveis de emissões de CO 2 foi expressiva, demonstrando com isso que a cooperação entre os países em prol da estabilização da temperatura atmosférica implica maior eficiência da política climática. Por conseguinte, ao considerar a política climática global em conjunto com os spillovers tecnológicos, que aumentam a eficiência energética, houve redução significativa das emissões de CO 2 e elevação tanto no crescimento como no nível de bem-estar, associadas a uma distribuição aceitável dos custos entre as economias. Depreende-se que a alternativa mais eficaz no sentido de mitigar as emissões de GEE e alcançar a estabilidade da xiitemperatura seja a instituição de uma política climática global, associada aos spillovers tecnológicos, ao passo que as economias foram positivamente influenciadas, houve também considerável redução nos níveis de emissões. Ademais, a adição dos spillovers tecnológicos significa maior potencial de redução das perdas, ou potencialização dos ganhos de bem-estar. Adicionado a isso, a estabilidade climática implica melhor funcionamento dos ecossistemas, reduzindo as incertezas relacionadas às questões ambientais, que se refletem diretamente na sobrevivência da espécie humana.
The containment of the increasing temperature generated by high concentration levels of greenhouse gas (GHG) in the atmosphere has been a challenge for scientists and public policymakers. One of the biggest obstacles to the implementation of climate mitigation policies have been costs incurred for the economies. In this sense, this study sought to analyze the performance of developed and developing economies with the implementation of climate policy for gases emissions in the presence of technological spillovers. Therefore, a variant of the Mind model was created, which allowed extending the analysis for different regions considering the bilateral trade and technological spillovers in a context of climate changes. On the basis of analysis, it was found positive influence of technological spillovers, since the increasing economic performance in the regions, as well as in international negotiations and wellbeing, did not cause increasing emission levels, which maintained unchanged. The climate policy applied only to developed countries, as initially proposed by the Kyoto Protocol, was not enough to cause positive or negative impacts on the variables. When applied to both developed and developing countries, there was slight reduction in performance of economies and well-being, but the levels’ reduction intensity of Cτ 2 emissions was significant, showing that the cooperation among the countries in favor of the atmospheric temperature stabilization involves more efficiency of climate policy. Therefore, when considering the global climate policy together with technological spillovers that increase energy efficiency, there was significant reduction of CO 2 emissions and increasing of both growth and the well-being level associated with an acceptable distribution of costs among economies. It is concluded that the most effective alternative to mitigate GHG emissions and achieve temperature stability could be the establishment of a global climate policy associated with technological spillovers, since there was also considerable reduction in gas emission, while the economies were positively influenced. Furthermore, the addition of technological spillovers means greater potential for xivreducing losses or potentiation of well-being gains. Added to this situation, the climate stability entails better functioning of ecosystems, reducing the uncertainties related to environmental issues, which directly affects the human species survival.
Palavras-chave: Mudanças climáticas
Spillovers tecnológicos
Bem-estar
CNPq: Economia dos Recursos Naturais e Ambientais
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Citação: SOUSA, Geovânia Silva de. Políticas climáticas, crescimento econômico e bem-estar: uma abordagem dinâmica multirregional. 2015. 87 f. Tese (Doutorado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2015.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/6825
Data do documento: 26-Fev-2015
Aparece nas coleções:Economia Aplicada

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdfTexto completo710,94 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.