Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/723
Tipo: Tese
Título: Irrigação com déficit hídrico controlado na cultura da mangueira no semiárido baiano
Título(s) alternativo(s): Regulated deficit irrigation on mango tree in semiarid of Bahia
Autor(es): Santos, Marcelo Rocha dos
Primeiro Orientador: Martinez, Mauro Aparecido
Primeiro coorientador: Coelho, Eugênio Ferreira
Segundo coorientador: Sediyama, Gilberto Chohaku
Primeiro avaliador: Pereira, Silvio Bueno
Segundo avaliador: Oliveira, Rubens Alves de
Terceiro avaliador: Cotrim, Carlos Elizio
Quarto avaliador: Donato, Sérgio Luiz Rodrigues
Abstract: Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da irrigação com déficit controlado, aplicado ao período de floração à maturação dos frutos, sobre a produção comercial, eficiência do uso da água, trocas gasosas, temperatura foliar, extração de água e distribuição do sistema radicular de mangueira Tommy Atkins , cultivada em região semiárida. O trabalho foi desenvolvido numa área experimental da CODEVASF, localizada no Perímetro Irrigado de Ceraíma, Município de Guanambi, Sudoeste da Bahia, em um Neossolo Flúvico eutrófico. O experimento foi conduzido por dois ciclos produtivos do pomar aos 11 e 12 anos de idade, com árvores espaçadas de 8,0 m x 8,0 m, irrigadas por microaspersão. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com cinco tratamentos e seis repetições. Os tratamentos foram: 1 Irrigação suprindo 100% da ETc da floração à colheita dos frutos; 2 50% da ETc do início da floração ao início da expansão dos frutos e 100% deste até a maturação fisiológica; 3 100% da ETc do início da floração ao início da expansão dos frutos, 50% do início da expansão até início da maturação fisiológica e 100% na maturação fisiológica dos frutos; 4 100% da ETc do início da floração ao final da expansão dos frutos e 50% na maturação fisiológica; 5 Sem irrigação. As irrigações foram realizadas com base na evapotranspiração de referência (ETo) determinada diariamente por meio do método de Penman-Monteith FAO 56. O teor de água do solo foi monitorado com uso de TDR. Durante as fases I, II e III e para todos os tratamentos, as taxas de transpiração e de fotossíntese, a condutância estomática, a concentração interna de CO2 e a temperatura foliar foram determinadas por meio de um analisador de gás infravermelho (IRGA). Os tratamentos foram comparados quanto à produtividade total, em número de frutos, à produtividade e número de frutos por classes de peso, quanto à eficiência de uso da água, trocas gasosas e densidade de comprimento de raízes total e por classes de diâmetros. A extração de água, independentemente do tratamento, dá-se, principalmente, à distância inferior a 1,50 m do caule e nos primeiros 0,50 m de profundidade. Não houve diferenças significativas na densidade de comprimento de raízes (DCR) entre os tratamentos 1, 2, 3 e 4, assim como entre os tratamentos 1, 4 e 5. A maior DCR está compreendida de 0 a 1,0 m de distância do caule e 0,20 a 0,90 m de profundidade. Houve influência do manejo com RDI na produtividade. A aplicação da RDI com 50% da ETc na terceira fase de desenvolvimento do fruto resultou em maior número de fruto, maior produtividade e melhor eficiência de uso da água. A aplicação da RDI com 50% da ETc na fase de pegamento dos frutos ocasiona redução significativa no número de frutos e decréscimo na produtividade. As classes de peso de fruto 400 e 500g apresentam maiores contribuições na produtividade total nos tratamentos 1, 2, 3 e 4. O déficit hídrico total ou parcial no solo ocasionou redução na taxa fotossintética, na transpiração e na condutância estomática das folhas da mangueira Tommy Atkins . O déficit hídrico parcial no solo não ocasiona alterações significativas na concentração interna de CO2 e na temperatura foliar da mangueira Tommy Atkins .
The objective of this study was to evaluate the effect of regulated deficit irrigation applied to the flowering period of fruit ripening on the commercial production, water use efficiency, gas exchange, leaf temperature, water extraction and distribution of root system mango 'Tommy Atkins' grown in the semiarid region. The study was conducted in an experimental area located in the CODEVASF Irrigated Perimeter of Ceraíma, Guanambi County, southwest of Bahia, in Fluvic Eutrophic Neosol. The experiment was conducted for two production cycles at 11 and 12 years old orchard, with trees spaced at 8.0 m x 8.0 m, irrigated by microsprinkler. The experimental design was randomized blocks with five treatments and six replications. The treatments were: 1 - Irrigation supplying 100% of ETc flowering to harvest the fruit, 2 - 50% of ETc from beginning of flowering to the beginning of the expansion of fruit and 100% of up to physiological maturity, 3 - 100% ETc the onset of flowering to the beginning of fruit growth, 50% from the beginning to start the expansion of physiological maturation and 100% during physiological maturation of the fruit, 4-100% ETc the beginning of bloom after the expansion of the fruit and 50% at physiological maturity, 5 - Without irrigation. Irrigation was performed based on reference evapotranspiration (ETo) determined daily using the Penman-Monteith FAO 56. The soil water content was monitored using TDR. During phases I, II and III and for all treatments the rate of transpiration and photosynthesis, stomatal conductance, internal CO2 concentration and leaf temperature were determined by means of an infrared gas analyzer (IRGA). The treatments were compared in terms of total yield, fruit number, yield and number of fruits per weight classes, and the water use efficiency, gas exchange and total root density length and diameter classes. The extraction of water regardless of the treatment is primarily a distance less than 1.50 m from the plant and the first 0.50 m depth. No significant differences in the root density length (RDL) between treatments 1, 2, 3 and 4, as well as between treatments 1, 4 and 5. Most RDL is comprised from 0 to 1.0 m from the plant and 0.20 to 0.90 m long. There was influence of RDI management with productivity. The application of RDI with 50% of ETc in the third stage of fruit development resulted in a greater number of fruit, higher yield and improved water use efficiency. The application of the RDI 50% ETc phase of fruit set causes significant reduction in the number of fruit and reduction in yield. Weight classes 400 and 500 g have higher contributions to total yield for treatments 1, 2, 3 and 4. The total or partial water deficit in the soil decreased the photosynthetic rate, transpiration and stomatal conductance of leaves of mango 'Tommy Atkins'. The water deficit in soil part does not cause significant changes in internal CO2 concentration and leaf temperature of mango 'Tommy Atkins'.
Palavras-chave: Cultura da mangueira
Irrigação
Culture of mango
Irrigation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ
Programa: Doutorado em Engenharia Agrícola
Citação: SANTOS, Marcelo Rocha dos. Regulated deficit irrigation on mango tree in semiarid of Bahia. 2012. 94 f. Tese (Doutorado em Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/723
Data do documento: 6-Jul-2012
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,97 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.